Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Novo Benfica

Novo Benfica

15
Jul09

Bons propósitos ...

Miguel Álvares Ribeiro

 

 

Na gestão das contratações para a época 2009/2010, ressalto como especialmente positiva a declaração de intenções de Rui Costa (a propósito da tentativa falhada de contratação de Falcão) de não pretender aceitar atletas que não estejam empenhados em vir para o Benfica. Nas suas palavras: «O Benfica só vai contratar jogadores que tenham a mesma vontade que o clube. Quando há dúvidas, prefiro optar por outro jogador, independentemente do seu valor».

 

Esta tem que ser a postura do Benfica e fico muito agradado por ver o principal dirigente do nosso futebol profissional a declará-la sem tibiezas. O que estranho, neste âmbito, são os casos de Ramires e de Reyes.

 

De facto, ainda antes de pisar o relvado da Luz, Ramires já revelou à imprensa que vem para Portugal “com a intenção de realizar uma boa temporada e sair depois para outro grande clube europeu”. Não me parece que se enquadre no espírito anunciado por Rui Costa quanto ao grande prazer em representar o clube!


No extremo diametralmente oposto temos o caso de Reyes, um dos melhores jogadores do Benfica na época passada. Rui Costa assumiu o desejo de continuar a contar com Reyes, tendo mesmo chegado a dizer que era um dos casos prioritários, e este sim foi um jogador que manifestou claramente o desejo de representar o Benfica! Além disso, não percebo como se vai rentabilizar o importante investimento feito na aquisição de 25% do seu passe.

 

O estabelecimento dos princípios orientadores é importante, mas é preciso um esforço grande de coerência para que seja uma realidade com efeitos consequentes … 

 

P. S. – Dos jogos treino já realizados, e apesar das muitas ausências que ainda se verificam, fica-me a agradável sensação de que temos o melhor ataque desde há muitos anos. As jogadas de entendimento rápido estão já num estado de mecanização muito acima do que seria de esperar nesta fase da preparação mas, infelizmente, mantêm-se imperdoáveis falhas de concentração, como as que deram os dois golos do Sion. Não é que a defesa tenha estado mal; mesmo com a utilização da dupla de centrais mais nova de que me consigo recordar no Benfica, não foi por aí que os problemas surgiram. O Sion não conseguiu criar jogadas verdadeiramente perigosas, mas marcou dois golos!

 

 

 

 

 

 

4 comentários

  • Caro André

    Não concordo consigo; no primeiro golo a falha é de Yebda e o Quim apenas não conseguiu resolver o problema que este criou desnecessariamente. No segundo golo é uma falha incrível de Quim.

    Apesar disso não acho que seja caso para mandar ninguém embora e sim para trabalhar a concentração em situações chave ao longo dos 90 minutos do jogo.

    Um abraço
  • Sem imagem de perfil

    André 15.07.2009

    Não concordo.

    O Yebda também teve culpa é óbvio, foi muito lento, mas o Quim não pode meter a bola ali à frente da área assim.

    Erraram os dois pronto
  • Concedo, o passe para a entrada da área é muito mau e o Yebda complicou desnecessariamente. Erraram os dois e pronto

    Um abraço
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2010
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2009
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2008
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D