Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Novo Benfica

Novo Benfica

07
Dez08

A Avaliação

Paulo Ferreira

Num país onde a iniciativa privada é fraca, e o tecido empresarial ficou entregue a algumas grandes empresas com “carimbo” estatal e muitas micro-empresas “familiares”, o povo português não está habituado a ser profissionalmente avaliado.

Apenas nos últimos anos com a globalização e a entrada de grandes multinacionais e o aparecimento de algumas iniciativas nacionais de maior dimensão, é que as palavras descentralização da decisão, responsabilização e avaliação começaram a entrar no nosso vocabulário.

 

Não estando completamente dentro do problema que leva os professores à rua e sabendo que têm muitas razões de queixa, no essencial o que não querem é ser avaliados! (e alguns como a professora da minha filha ainda têm a lata de dizer que as greves são boas porque permitem fins de semana prolongados – a greve foi 5ª, 2ª era feriado e ela faltou na 6ª…que lindo exemplo e forma de preparar as crianças para o rigor empresarial que as espera um dia). Mas independentemente das motivações dos professores…a ministra também já foi avaliada e ainda não percebeu…

 

Quem avalia tem de ser avaliado! Se não, quem avalia fica num posição de autoritarismo completamente inaceitável…

 

É assim nas empresas e é assim nos clubes. E é aqui no blog, onde temos o direito e dever de avaliar (e também comentar, apoiar,…) e somos avaliados por quem nos comenta…

 

Tudo isto para chegar a uma verdade que me parece inatacável, num clube o treinador avalia os jogadores, é avaliado pelos adeptos, director desportivo e direcção, o director desportivo é avaliado pelos adeptos e direcção…e a direcção tem de ser avaliada também!

E quem avalia desde que o faça objectivamente está apenas a cumprir o seu papel na teia de avaliação, indispensável para a evolução do próprio clube. Avaliar a direcção e a sua acção (desde que objectivamente) não tem nada que ver com ser ou não ser do Benfica ou com gostar mais ou menos do clube… pelo contrário, acho que apenas se pode ajudar apoiando mas chamando a atenção para o que está mal e assim criar condições para o melhorar! Estar calado perante o que está mal e deixar que tal continue não é ser um bom benfiquista…

 

E tal como nas empresas olhar para os outros (benchmarking é o nome habitualmente utilizado) para ver o que fazem, como fazem e trilhar o nosso próprio caminho de acordo com toda a informação obtida e experiências que outros já viveram é sinal de inteligência…permite não alterando a nossa identidade, construir um caminho mais eficaz e até diferenciador.

 

Deixando este tema que de alguma forma comenta os últimos dias de comentários no blog, abordo ainda alguns temas na ordem do dia:

1 – O FCP e o SCP tomaram o gosto às vitórias e começam a apresentar alguma regularidade nas vitórias o que nos deixa hoje numa posição de maior “pressão”. A deslocação à Madeira é difícil mas temos de ser capaz de sair de lá com os 3 pontos. Temos qualidade para tal e espero que desta o assalto ao 1º lugar seja uma realidade!

 

2 – O Benfica terá na 4ª feira mais um grande marco da sua história, o lançamento do Benfica TV. É um passo arrojado, difícil, mas necessário e que pode ter grande sucesso. Espero que apesar de ser a “voz” do Benfica, não se limite a ser um Canal de propaganda, e que seja efectivamente um Canal de informação e entretenimento com o suporte da marca Benfica. Os comentários dos jogos, preocuparam-me…

 

3 – Na onda da avaliação, Quim foi avaliado e bem por Quique e saiu da equipa titular. Tenho dúvidas se relegar o jogador para fora dos convocados é a melhor opção e se é de facto “proteger” o jogador… o tempo o dirá!

 

Saudações Benfiquistas,

Paulo Ferreira  

 

PS - O Pedro Ribeiro ao falar da grandeza do Benfica disse “Quando uma criança de rua passeia descalça na Costa do Sol, em Maputo, só com a camisola do Benfica vestida”. Tenho ido em trabalho várias vezes a Maputo nos últimos tempos e confirmo o quão impressionante é a grandeza do Benfica…na Costa do Sol como em vários outros pontos do país apenas existe um Clube, o Benfica! Qual Porto ou Sporting ou mesmo outros grandes clubes europeus…este povo vive e respira o Benfica muito mais do que possamos pensar e acima dos seus próprios clubes locais. Também a eles, o Benfica e os seus jogadores devem esforço e humildade!

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Paulo Ferreira 07.12.2008

    Aconselho-o a reler o texto que se fosse inteligente (como concluiu que eu não sou) o perceberia e nunca acharia que motivo de divisão entre seja quem for. Vou ficar atento a ver os seus comentários sobre a equipa e quem joga, sendo que também não deve estar por dentro do que se passa durante a semana de treino.

    O facto de não conhecer a fundo uma realidade não implica que não se possa ter uma opinião mediante o que é dado a perceber pl informação disponível. Se assim não fosse, ninguém podia comentar seja o que for!

    PS - Na multinacional onde trabalha deve ser avaliado e duvido que todos na sua empresa achem que o modelo é o melhor. Mas seria melhor não existir ? Definir o seu prémio (se é que o tem) no final do ano pela auto-avaliação seria muito bonito!

    PS - Felizmente existem muitas empresas nacionais com grande rigor e exigência. Onde trabalho é uma delas...

    Saudações Benfiquistas,
    Paulo ferreira
  • Sem imagem de perfil

    Benfiquista Benfiquense 07.12.2008

    "O facto de não conhecer a fundo uma realidade não implica que não se possa ter uma opinião mediante o que é dado a perceber pela informação disponível"

    Claro que uma pessoa pode sempre ter uma opinião. Corre é o risco de cair no rídiculo perante quem está por dentro das questões... Aliás, o grande problema deste país é haver muita gente a versar sobre aquilo que não sabe. Infelizmente, esta é uma das grandes diferenças culturais entre os povos mediterrânicos e os povos alpinos e nórdicos. Em termos europeus, o resultado dessa atitude de "chico esperto" vê-se na diferença de desenvolvimento entre os países que estes diferentes povos ocupam.

    Qualquer avaliação profissional é necessária. Como lhe disse, a minha mulher é professora. E ela sempre quis ser avaliada por um sistema que permitisse a diferenciação entre quem se empenha muito, pouco ou nada. Porque ela se empenha. Mas, também como lhe disse, ela explicar-lhe-ia ao pormenor as razões pelas quais o modelo imposto pelo Ministério da Educação não serve esse desiderato, mas algo perversamente diverso.

    Bem, o que interessa é aglutinar os benfiquistas em torno de um objectivo comum. Estamos sempre a aprender e talvez isto lhe possa servir de ensinamento para que seja mais rigoroso naquilo que aqui afirma, por forma a não criar clivagens desnecessárias entre os benfiquistas.

    E, já agora, claro que pode ficar atento ao que eu aqui disser sobre o futebol praticado pelo clube. É uma coisa sobre a qual poderei opinar com alguma propriedade, visto que até fui "jogador da bola". Mas numa coisa estamos de acordo: queremos que o Benfica ganhe no Funchal e o resto é conversa...

    Assinado: Benfiquista Benfiquense
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2010
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2009
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2008
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D