Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Novo Benfica

Novo Benfica

16
Out08

Portugal 0 - Albânia 0

Miguel Álvares Ribeiro

   

 

Dado a ausência anunciada do Bruno Carvalho não resisto a colocar um post hoje.
 
Ontem assisti ao jogo da Selecção através da televisão. De tão interessante que foi, na primeira parte adormeci ao fim de alguns minutos e só acordei no intervalo. Já mais desperto, assisti à segunda parte mas desejei estar ainda a sonhar, tão mau era o pesadelo.
 
Sou insuspeito pois até gosto de Carlos Queirós e concordei com a sua contratação, como escrevi aqui a 19 de Setembro:
 
"... Queiroz é a melhor solução para substituir Scolari. Pelo seu passado e perfil espera-se que, além dos cuidados com a Selecção A, se dedique a construir um projecto de futuro, desenvolvendo a integração com as Selecções mais jovens, para que o investimento na formação de novos valores possa representar uma aposta que assegure o futuro. Espero sinceramente que seja muito bem sucedido nesta sua experiência."
 
mas infelizmente querem-me dar razão, mais cedo do que eu gostaria, em relação ao que escrevi aqui também a 13 de Junho a propósito de Scolari:
 
"Nem sempre concordei com as suas opções e achei deplorável a sua atitude perante o jogador sérvio Dragutinovic.
... 
Apesar disso, acho que lhe devemos estar muito reconhecidos por uma gestão brilhante dos destinos da Selecção. Já tive muitas discussões a propósito deste tema, com pessoas que acham que o que Scolari fez é apenas normal (para não falar daqueles que acham que qualquer outro faria melhor), dado que nunca tivemos um conjunto de jogadores da qualidade dos actuais.
... 
só desde a era Scolari é que deixámos de depender de milagres nas últimas jornadas da fase de qualificação para estarmos, sistematicamente, presentes nas fases finais dos grandes eventos de futebol a nível mundial. O facto de termos perdido a final do Euro 2004 para a Grécia é frequentemente invocado para justificar a falta de capacidade de Scolari, como se fosse um desastre sermos SÓ vice-campeões europeus.
...
Evidentemente que, embora me pareça muito difícil, espero que quem vier faça ainda melhor. De qualquer modo, por tudo o que já fez e pelo que ainda espero que faça nesta campanha do Euro eu tenho que dizer: MUITO OBRIGADO SCOLARI!"
 
De facto, depois dos últimos jogos, já foi esbanjado um grande capital de afeição do público pela Selecção, fruto também de uma relação muito mais distante de Queirós que, nesse particular, perde de largo para Scolari.
 
Além das más exibições realizadas nos últimos jogos, estamos muito perto daquilo que eu mais temia e referi, voltarmos a ter de fazer contas aos milagres necessários para sermos apurados para as fases finais das grandes competições.
 
Este é um dos casos em que eu até preferia não ter razão, mas nunca tive dúvidas de que Scolari fez um trabalho superior na condução dos destinos da Selecção de Portugal. Por isso eu renovo o meu:
 
MUITO OBRIGADO SCOLARI!
 
e desejo as maiores felicidades a Carlos Queirós, esperando poder também daqui a algum tempo agradecer-lhe o que fez pela nossa Selecção.
 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D