Domingo, 8 de Junho de 2008

Paulo Ferreira em 08/06/08 | comentar

Em dia de "ressaca" de selecção, escolhi outro tema para abordar.

Não sem antes dar os parabéns a Portugal. Fez um jogo muito razoável, imprimindo velocidade, pressão, ofensividade e mostrando um sentido colectivo e de ambição interessante. Não retirando mérito a todos os outros, Deco foi determinante, organizando muito bem o ataque e lançando o contra-ataque de forma exímia. Os nossos Petit (que falta nos fez este ano) e Nuno Gomes (a barra e o poste não quiserem nada com ele) estiveram bem e por último uma palavra para Quim que teve de deixar o grupo por lesão.

 

Quanto ao tema....as modalidades !

Já aqui foram abordadas e com opiniões antagónicas. Deveriam ser extintas ? Deveriam manter-se caso se consigam auto-financiar ? Devem manter-se com o fruto da formação ?

Uma pergunta fez o Presidente do Clube no nosso jantar "Estão preparados para ter as modalidades apenas com a sua formação e assumir que não existem condições para ganhar ?", pergunta à qual não respondi porque não sabia a resposta.

Mas ontem ao ver o Benfica vs Porto em Hóquei descobria-a. Não !

Gostei de ver o Benfica ganhar ontem, como tinha gostado ver o Benfica ser campeão de Andebol (a saída de Donner ainda me está atravessada mas lá voltarei noutro post), e tinha detestado ver o Benfica perder nas meias finais de Volei e Basket. Admito que o Benfica não ganhe sempre, mas não faz sentido participar sem ambições de vitória.

Idealmente, as equipas do Benfica devem ser alicerçadas na sua formação e conseguir uma sponsorização que as permita auto sustentarem-se. Só assim poderão ser competitivas e rentáveis. Caso o consigam faz sentido que elas existam.

Caso não consigam, é preferível que não existam. O Benfica é um clube de futebol e é ridículo canalizar uma fatia considerável do orçamento, retirando capacidade de investimento e consequentemente competitiva ao mesmo, para financiar modalidades que não geram receitas e apenas esporadicamente levam uma assistência razoável aos pavilhões.

Concluíndo, modalidades sim mas não a qualquer preço! O Benfica é um clube essencialmente de futebol e tem de ser sempre um clube com ambições de vitória!




32 comentários:
De J67 a 21 de Junho de 2008 às 22:05
MAIS UMA VERGONHA, ADEPTOS DE TODAS AS IDADES ESPANCADOS NO AÇOREANA NOVAMENTE, NOVOS E VELHOS..

QUANDO É QUE ESTA POUCA VERGONHA ACABA ?


De João Medeiros a 13 de Junho de 2008 às 11:09
Estas coisas ja se arrastam ha muito tempo..mas sao abafadas.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Estas coisas ja se arrastam ha muito tempo..mas sao abafadas. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Entao</A> no hoquei é uma pouca vergonha, todos os anos levamos cargas policiais no nosso pavilhão, enquanto la em cima fazem o que querem, mandam petardos a jogadores, cospem o jogo todo, invadem o ringue, isto perante 2 ou 3 guardas que nem se atrevem a piar. <BR>O paivlhao da luz pelo contrario nao é uma selva e os nossos adeptos suportam ofensas gravissimas por parte da PSP, perante o conhecimento da direcção. <BR>Mais, ha varios stewards e propios policias que aproveitam estes jogos para dar vazas ao seu anti benfiquismo e descarregar porrada ate mais nao . <BR>Como é isto possivel ? <BR><BR>Compete a nossa direcçao uma tomada de posiçao de força face a pouca vergonha que se passa sempre em fanzeres , em que jogadores nossos ja correram perigo de vida, dentro e fora do ringue, se for preciso abandonar o jogo, e fazer frente á FPP , porque este campeonato moribundo sem o Benfica morre de vez. <BR><BR>Quanto a nossa propia casa, ninguem sao o que se passa, e j á ha pessoas com medo de ir ao hoquei . <BR>Parece que não querem que as pessoas vao apoiar e gritar..sempre que alguem se indigna ou grita,,aparece um policia? <BR><BR>E o mais grave é o branquamento total das 2 situações, a la de cima de fanzeres e esta, ambas com culpas para a direção do SLB


De A.V a 12 de Junho de 2008 às 19:48
Este post é directamente para o nosso vice das modalidades, que já reparei que marcou aqui presença.

Como é possivel as cenas lamentaveis no Benfica / porto em hoquei no passado FDS?
Adeptos agredidos sem razão pelos selvagens da PSP, segundo testemunhas e fotografias, no final aidna foi pior, ate pessoas de idade foram agredidas, quando as camaras dad tv sairam do recinto.
Quando pediam a identificação aos policias estes ainda se riam..?

Como pode a direcção do Benfica permitir tais actos na nossa propia casa?

Ja o ano passado foi a mesma coisa?

E por outro lado compactuam com a pouca vergonha que se passa em fanzeres, em que os adeptos portistas fazem tudo o que querem, sobre o olhar impavido de 3 gnrs barrigudos..?

é assim que querem pavilhoes cheios?
Receitas?
Familias a ir a jogos ?

Ja nao podemos gritar no nosso propio pavilhão é ?

Que vergonha...metam a mão na consciencia.


Mais vergonhos ainda do que compactuar com a vergonha de fanzeres aka ( A SELVA ) é permitir que se passem estas vergonhas na nossa propia casa.

Idosos e crianças a serem arrastados pelos cacetetes de Policias suinos.

é assi mque defendem os socios adeptos e simpatizantes do Glorioso?

VERGONHA!


De MissJane a 11 de Junho de 2008 às 16:02
Porque razão o site oficial do nosso Benfica não anuncia o próximo jogo de hóquei patins contra o porto?

Porque razão esta modalidade não tem o mesmo tratamento que tem o futsal? Em hóquei discutimos a final, em futsal discutimos as meisa-finais.....

Porque razão não podemos ir a Fanzeres livremente? Será que o Espaço Schengen exclui essa freguesia de Gondomar?

À Direcção do Sport Lisboa e Benfica pergunto porque não denunciam esta situação rídicula de pavor instalado?


De indianajones100 a 11 de Junho de 2008 às 14:04
Se a idéia deste aritgo era oscultar a opinião dos sócios em relação á extinção das modalidades no clube, penso que mais elucidativo que isto não pode ser. Só espero que Luis Filipe Vieira, Vilarinho e Ca. venham aqui ao blog fazer uma visita


De Leandro Sampaio a 10 de Junho de 2008 às 22:09
Muito bem teve o Senhor Tavares, o Vieira devia ter juizo, quer retirar dinheiro as modalidades para a meter na vergonha que anda o nosso futebol, se um dia o senhor ou qualquer outra pessoa acabar com as modalidades, eu deixo de ser socio, e pode ter a certeza que não serei o unico.


De MANOCAS37 a 10 de Junho de 2008 às 21:25
Com o dinheiro que se gasta a mais no futebol, que como grande parte das modalidades nada ganha, tambem vamos apostar na formação, coisa que o "presidente" a pouco tempo disse que ia haver uma aposta seria nessa vertente, outra mentira.

O "presidente" está com medo de disser que vai acabar com as modalidades, diz que é para a formação , as equipas vão ficar sem resultados os socios vão se afastando ainda mais das modalidades e ai extinguem se.

O problema das modalidades tem sido como no futebol a sua planificação tem sido mais virada para o bem dos dirigentes que das equipas , ex: Donner homem campeão que só lhe importa a equipa e não os interesses é mandado embora e põem se no lugar um espantalho tipo Carlos Dantas ou Fernando Santos


De Fernando Tavares a 10 de Junho de 2008 às 20:36
Caro Paulo, antes de mais felicitá-lo pela criação deste Blog e pela iniciativa de lançar este debate sobre o futuro das modalidades. Jamais entrei num Blog para fazer qualquer comentário sobre o Benfica ou mais especificamente sobre as modalidades. Não resisto em fazê-lo por duas razões: 1) o Blog está bem estruturado e os temas são adequados; 2) o tema modalidades é actual e merece uma reflexão por parte de todos os benfiquistas.

Sou o Fernando Tavares, Vice das Modalidades, e a paixão que tenho pelo que faço pelo nosso Benfica obriga-me a abrir esta excepção.

Quando tomei posse em 2003 encontrei as Modalidades descaracterizadas, fragmentadas e sem competitividade. Unimos esforços, no sentido de inverter a situação que encontrei, ou seja, investimos com equilíbrio (ao contrário de algumas opiniões) com o objectivo de passar de um ciclo claramente vicioso para um ciclo virtuoso e ganhador.

Começámos por apostar no desenvolvimento de uma estrutura centralizada, hoje chefiada pelo Carlos Lisboa, que permitisse apoiar transversalmente todas as modalidades, de forma a criar uma agenda integradora. Hoje esta estrutura, composta por distintas funções, que passam pela coordenação dos pavilhões, piscinas, secretaria desportiva, contencioso, modalidades de alta competição, formação e Benfica Aventura, apresenta um vazio que ainda não foi possível resolver, ou seja, a falta de uma pequena estrutura de marketing vocacionada para potenciar as modalidades de uma maneira geral, assim como potenciar figuras como a Vanessa, Telma, Nelson ou Ricardinho. Este gap necessita de ser coberto para que a exploração das modalidades seja equilibrada.

Para além desta aposta na estrutura centralizada, foi possível verificar o investimento feito nas equipas competitivas. Nos últimos 4 anos de investimento consistente foi possível ganhar até agora 13 títulos nacionais (incluindo taças e supertaças) nas 5 modalidades de pavilhão, ás quais espero juntar a conquista no Futsal e quem sabe o desejado campeonato de Hóquei. Considerando todas as modalidades e formação estamos a falar de 45 títulos em 4 anos, para além dos títulos individuais ganhos pelos nossos olímpicos. Hoje temos dois campeões do mundo.

As modalidades fazem parte do nosso código genético e não posso conceber que se faça um recuo em relação a todo o trabalho que em conjunto com a minha equipa desenvolvi durantes os últimos anos.

Os meus planos sempre passaram por investir mas igualmente passava por eliminar a exploração negativa (cerca de 1,5 milhões). Teria conseguido não fosse a necessidade de absorver o projecto financeiramente autónomo de Futsal. O Benfica não podia deixar de o fazer considerando ser a modalidade mais ganhadora.

Em rigor são necessários mais 3 anos para o conseguir, assumindo a competitividade actual. É fundamental esperar pelos resultados da nossa formação. Tal permitirá competir com equipas economicamente mais competitivas. No entanto, para que esse trabalho tenha sucesso, é necessário que os nossos jovens jogadores se integrem nas nossas equipas com um enquadramento competitivo composto por jogadores mais experientes. De outra forma, serão "atropelados" dentro dos recintos.

Tenho uma estrégia para as modalidades. Os alicerces estão lançados e seremos cada vez mais competitivos se a Direcção do Benfica colectivamente assim o desejar e considerar como importante para o sucesso desportivo do Clube. Não recuarei em nenhum momento na defesa das modalidades, por considerar um eixo fundamental para o êxito do Benfica. O Futebol, foi, é e será sempre o motor do Benfica, no entanto, não é possível conceber o Benfica sem modalidades competitivas e os inimigos das modalidades contarão sempre com a minha disponibilidade para os "combater".

Ao longo dos últimos 5 anos esforcei-me por fazer o melhor pelas nossas modalidades. Cometi erros, mas criei uma agenda vencedora. Os benfiquistas podem contar comigo para apoiar incondicionalmente as modalidades, seja dentro ou fora do Benfica, porque conheço a realidade, confio nos nossos treinadores e atletas, porque tenho cultura benfiquista e por ser a minha obrigação.

Com o desejo de um Benfica para os benfiquistas.


Fernando Tavares


De Ricardo Solnado a 10 de Junho de 2008 às 21:19
é claro um grande prazer para nós amantes das modalidades termos o nosso vice sempre pronto a dar cara!

obrigado!


De Pedro Neto a 10 de Junho de 2008 às 22:13
Os sócios nunca deixarão que pessoas mal intencionadas acabem com as modalidades do Benfica.


De Pelicano a 10 de Junho de 2008 às 22:55
Apludo a intervenção do Vice-Presidente. É raro ver alguém com responsabilidades a envolver-se numa discussão neste tipo de plataformas... no fundo, a descer à terra.
No entanto, devo dizer o seguinte:
1) Quem conhece minimamente a orgânica do Benfica (que, claramente, não é o caso de pseudo-notáveis benfiquistas que, ciclicamente, surgem com grande destaque da imprensa), não duvida do seu voluntarismo e boas intenções mas sabe que, por muito que aos comuns dos mortais apenas interesse se a bola entra ou não na baliza, há movimentos no sentido da extinção das modalidades, pelo menos, desde os tempos de Borges Coutinho.
2) Aplaudo a manifestação da sua intransigência na defesa das modalidades mas, pergunto-lhe, não terá sido a auto-despromoção do basquetebol à Proliga e o anunciado desinvestimento na equipa de voleibol (veremos as restantes), um prenúncio suficientemente claro de que o outrora entusiasmo do presidente pela aposta nas modalidades encontra-se, de há uns tempos para cá, minado pela corrente Vilarinho?
3) O poder de um elemento da direcção mede-se pela liberdade que tem num determinado raio de acção. Menciona a inexistência de uma estrutura autónoma de Marketing como factor negativo na gestão das modalidades. O que eu pergunto é o seguinte: Terá um empregado do Benfica (e não estou a falar do Domingos Soares de Oliveira ou do Rui Costa) mais poder que um Vice-Presidente eleito pelos sócios?
4) Já para não falar no porto (clube semelhante em objectivos e ecletismo), o que pensarão os dirigentes de clubes como a Ovarense, ABC ou Espinho ao lerem-no queixar-se de falta de meios, estrutura, etc?


De afsantos a 10 de Junho de 2008 às 17:19
Felizmente o meu amigo Ricardo já pôs os pontos nos iis , ou seja o tão brutal prejuízo que se está sempre a falar é somente de 1.2 Milhões de euros... valor irrisório que se esbanja todos os anos em salários de jogadores medíocres que nem na 3ª divisão deveriam jogar e, agora os culpados são as Modalidades?

Eu quando pago as minhas quotas, não escrevo em lado nenhum que o dinheiro vai só para o futebol, vai para o Benfica, portanto sejam honestos e transfiram os valores justos para as modalidades.

Portanto tenham juízo e não acabem com as modalidades que tantas alegrias nos dão e só não nos dão mais pois esta direcção tudo está a fazer para acabar com elas.

um abraço

Filipe Santos


De aguiafuriosa1904 a 10 de Junho de 2008 às 13:11
Aborda aqui o tema ' modalidades profissionais' que vai de encontro ao que penso ou seja as modalidades profissionais devem bastar-se a si próprias e não suportadas pelo futebol do clube. Que dizer de modalidades que sugam fatia do orçamento do futebol quando o seu desempenho é apenas sofrível ? eu digo: regressem á sua pura condição de amadoras, participem, formem e divirtam todos aqueles que queiram e gostem de envergar o manto sagrado do Benfica.

A decisão sobre o assunto ' modalidades profissionais' com custos elevadissimos tão caro aos sócios do clube pode e deve ser analisado pelos mesmos, no entanto há que ter cuidado com Assembleias minoritárias ( com pouca participação) aonde o 'tal grupo de pressão que obtem dividendos particulares' da sua existência.

Assim acho também que modalidades SIM mas não a qualquer preço.


De indianajones100 a 10 de Junho de 2008 às 17:27
" modalidades que sugam fatia do orçamento do futebol..." ???

Qualquer Luis Filipe, ou Makukula daria para pagar as modalidades durante vários anos. Que falta de coerência, toda a gente muito incomodada com as modalidades, mas ninguém se incomoda com os milhões e milhões que esta direcção tem gasto em contratações de porcaria !


Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds