Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Novo Benfica

Novo Benfica

19
Abr10

OS COMENTADORES

Pedro Fonseca

Hoje em dia o futebol também se joga muito nos estúdios de televisão. Em quatro estações de televisão (Porto Canal  - programa “A Bola é Redonda”; SIC – “O Dia Seguinte”; RTP – “Trio d´Ataque”; e TVI – “Prolongamento”), os 3 maiores clubes do futebol português têm comentadores que representam as suas cores.

Não são, por isso, comentadores independentes, nem se pretende que sejam objectivos e imparciais – e isso faz toda a diferença. Estão ali para defender o seu/deles clube e é isso que lhes pedem os adeptos.

(Recentemente, um novo canal, Q, lançou também um programa deste tipo. Apesar do Benfica estar representado por uma pessoa que admiro e estimo, Leonor Pinhão, não me posso para já pronunciar porque apenas o visualizei por breves minutos).

Quanto ao Porto Canal, evito também juízos de valor por nele participar. Vamos aos restantes. Dizia eu que estes comentadores estão ali com uma única função: defender os superiores interesses do Sport Lisboa e Benfica.

Não estão ali nem para serem simpáticos, nem objectivos, nem imparciais, nem supostamente diplomáticos ou para defenderem a sua imagem. Durante muitos anos vi o “Dia Seguinte” e a verdade é que muitas vezes não me sentia confortável, como sócio e adepto do Benfica, com o desempenho de Fernando Seara. Sempre achei que ele colocava à frente da defesa dos interesses do Benfica a defesa de outros interesses. Achava eu e achavam muitos benfiquistas.

Seara transferiu-se para a TVI, para o programa “Prolongamento”, onde faz companhia a Pôncio Monteiro (fcp) e Eduardo Barroso (scp). Deixei de o ver com tanta frequência, mas admito que, com o Benfica em alta, lhe seja mais fácil argumentar.

Quem o substituiu foi Sílvio Cervan. Conheço-o bem e sou seu amigo. À partida, carregava 3 desvantagens: era vice-presidente do Benfica, o que se traduzia, na prática, numa limitação institucional; ia lidar com duas “velhas raposas” do ecrã, Guilherme Aguiar (fcp) e Dias Ferreira (scp); e as suas excelentes crónicas n´“A Bola” colocavam a expectativa dos benfiquistas muito alta.

É certo que não vejo o programa com assiduidade, por força da minha participação na “A Bola é Redonda”, do Porto Canal, mas leio sempre o Sílvio Cervan n´ “A Bola” e se há coisa de que ele não pode ser acusado é de defender intransigentemente os superiores interesses do Benfica.

Sobra António-Pedro Vasconcelos. Começo por referir que é o programa que, por razões que já expliquei, mais vejo. O “Trio d´Ataque” é composto por personalidades de grande civilidade: A-PV, Rui Moreira (fcp) e Rui Oliveira e Costa (scp).

Tenho admiração e estima por A-PV. Compreendo que muitas vezes lhe seja difícil sair de um registo mais elegante e diplomático. Os benfiquistas sentem-se orgulhosos por o terem como representante, embora eu gostasse que, aqui e ali, fosse mais contundente e menos civilizado (nomeadamente quando Rui Moreira abraça o estilo trauliteiro).

Gosto da coragem (até por viver no Porto) do Sílvio Cervan, do seu estilo apaixonado, irrequieto e, muitas vezes, brilhantemente ingénuo. Não é fácil digladiar-se com personagens como Guilherme Aguiar e Dias Ferreira. Mas o que eu não perco mesmo são as suas crónicas de senador n´”A Bola”.

 

Post-Scriptum: Não falei de duas outras personalidades: Manuel dos Santos e Medeiros Ferreira. Duas figuras da alta roda da política que entraram no combate desportivo sem lhes caírem os parentes no chão. O primeiro, eurodeputado do PS, foi durante algum tempo protagonista do “Dia Seguinte”; o segundo, ex-alto dirigente socialistas, representa o Benfica em programa da Antena 1, contra Alfredo Barroso (scp) e Miguel Guedes (fcp), e fá-lo com distinção.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D