Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Novo Benfica

Novo Benfica

01
Abr10

Benfica-Liverpool

Miguel Álvares Ribeiro

 

O início do jogo do Benfica contra o Liverpool foi extremamente decepcionante, não tanto pela grande exibição do adversário, mas sim pela sua enorme eficácia. Do meu ponto de vista, o golo que o Liverpool marcou logo aos 9 minutos é triplamente imerecido, primeiro porque o marcou sem ter feito muito por isso, depois porque resulta de uma falta que não existiu e finalmente porque existe um jogador em claro fora de jogo, perturbando a visibilidade e a acção de Júlio César.

 

Depois de um período de predomínio do Benfica mas com pouca lucidez, ocorreu o facto que condicionaria definitivamente o resto do encontro: a expulsão, infantil e totalmente desnecessária, de Babel.

 

Daí em diante o Benfica fez um grande jogo, que só não se traduziu numa goleada porque os avançados, com particular destaque para Cardozo, foram muito perdulários. Mas seria mesmo Cardozo a virar o resultado e a eliminatória a favor do Benfica, na transformação de duas grandes penalidades (as únicas assinaladas das 4 cometidas pelo Liverpool).

 

Paradoxalmente, na minha opinião os grandes destaques individuais vão para três jogadores com tarefas essencialmente defensivas: Fábio Coentrão, David Luiz e Javi Garcia.

 

Na próxima 5ª feira antevejo um grande jogo de futebol em Liverpool, esperando eu que com mais uma grande noite europeia do Benfica e a passagem às meias finais da Liga Europa.

 

Força Benfica!

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Lúcifer 02.04.2010

    Calma aí. Cardozo é um grande ponta de lança, pode como todos os grandes jogadores estar em baixa de forma, ou crise de confiança. Nada mais natural. Mas, nao com o primeiro, mas no segundo penalty estou seguro que os níveis de confiança voltaram e estao pelas núvens.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2010
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2009
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2008
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D