Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Novo Benfica

Novo Benfica

29
Mar10

UMA NOITE À BENFICA

Pedro Fonseca

É um clássico. Quando as coisas estão pretas, o presidente do fc porto tem sempre uma estação de televisão amiga à mão para debitar os seus argumentos, lançar as cortinas de fumo que quer, criar momentos de ilusionismo.

Foi assim no passado, como aquando do processo “Apito Dourado”. É assim no presente, quando se vê arredado do título, com um processo de sucessão à porta, umas eleições na Liga que quer controlar a todo o custo, e uma decisão do CJ da Federação sobre os “casos” Hulk e Sapunaru que lhe foi parcialmente favorável.

A questão é que agora, o presidente do fc porto não vai ficar a falar sozinho, sem contraditório, nem perguntas incómodas. É certo que Judite Sousa é uma profissional respeitada e certamente não deixará de abordar todas as questões, mas é uma jornalista do Porto e do fc porto.

No mesmo dia e à mesma hora, na SIC, o Presidente do Benfica dará a sua opinião/versão dos “casos” Hulk e Sapunaru. Ao contrário do presidente do fc porto, Luís Filipe Vieira não escolhe canais de televisão por serem mais ou menos simpáticos, nem jornalistas por serem mais ou menos incómodos.

Pelo contrário, a tarefa de entrevistar o Presidente do Benfica vai caber a Miguel Sousa Tavares (MST), que não é propriamente flor que se cheire, e costuma ter uma atitude agressiva, a raiar a má educação, quando tem pela frente entrevistados que não entram no seu jogo.

Quero sublinhar, mais uma vez, também nesta situação, a coragem e a frontalidade de Luís Filipe Vieira, que mostra não ter medo de nada nem de ninguém. Os benfiquistas devem ter orgulho no carácter do seu Presidente.

Espero que, em contraponto com a agressividade/ódio que o presidente do fc porto vai certamente exibir frente a Judite Sousa, o Presidente do Benfica opte pela serenidade, pela elevação, pelo civismo, não entrando no jogo de MST, que certamente vai tentar levar a entrevista para o campo da “peixeirada”.

Ao ressabiamento do presidente do fc porto, o Presidente do Benfica deve contrapor a esperança no futuro do futebol português; ao ódio do presidente do fc porto, Vieira deve contrapor o facto do Benfica não ser factor de divisão nacional, mas sim ser o símbolo e a marca que mais une os portugueses, de Norte a Sul, do Litoral ao Interior, das Ilhas às comunidades portuguesas espalhadas pelo Mundo.

Vieira não deve deixar-se encurralar por MST, que vai tentar conduzir a entrevista para os temas que lhe interessam: túnel da Luz, Ricardo Costa, (talvez) Apito Dourado, eleições na Liga (nomeadamente, Vieira deve preparar-se para uma pergunta-chave, sobre a sua afirmação “mais vale ter poder na Liga que ter bons jogadores”) e passivo do clube. O Presidente do Benfica deve evitar a todo o custo entrar em justificações, mas sim falar pela positiva, e sublinhar sempre o trabalho positivo que tem sido feito.

O Presidente do Benfica deve insistir na tese da transparência  e credibilização do futebol português, que o Benfica comandou com o processo Apito Dourado; deve falar da obra gigantesca que o Benfica, por si liderado, ergueu nesta última década; deve falar dos mais de 210 mil sócios, o maior clube do mundo; deve falar dos recordes de assistência na Luz; deve falar da necessidade do Benfica receber o que merece dos direitos televisivos, porque o clube é a “galinha de ovos de ouro” do futebol português; deve falar da Benfica TV e da Fundação Benfica; deve falar de uma equipa que é elogiada e respeitada na Europa do futebol.

Ou seja, Luís Filipe Vieira deve falar de tudo aquilo que os benfiquistas querem ouvir e não daquilo para que MST o vai querer empurrar.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D