Segunda-feira, 22 de Março de 2010

Pedro Fonseca em 22/03/10 |

 

Neste momento de euforia legítima, natural e humana, lembrei-me, vá lá saber-se porquê?, de recentes palavras de Carlos Carvalhal. O treinador do Sporting disse, e cito de cor: “A derrota tem um rosto, mas a vitória tem muitos rostos”.
É uma frase certeira. Lembrei-me disto ao reflectir sobre esta época excepcional do Benfica (eu sei que ainda só ganhamos a Taça da Liga), e que ontem deu mais um exemplo avassalador de força.
Qual é o rosto da(s) vitória(s)? Jorge Jesus, sem dúvida, que trouxe trabalho, responsabilidade, competência, liderança. Rui Costa, sem dúvida, também, que carrega a mística, blindou o balneário, transpira classe e garra, garante a experiência e a mundividência. Nuno Gomes, sem dúvida, que aceita humilde um papel secundário no relvado, mas que é fora dele e no balneário a alma, o cimento que une as várias sensibilidades, o líder que todos respeitam.
Luisão, claro que sim, um capitão sempre presente e à altura do seu posto. Todos os jogadores do plantel, sem excepção, e mais Pietra (a velha glória) e Raul José, Miguel Quaresma, e todo o staff técnico (perdoem-me esquecer os nomes de alguns) – claro, claro que são rostos das vitórias. E os adeptos, os sócios, os milhões de benfiquistas, rostos também desta(s) vitória(s).
Deixem-me, porém, sublinhar um rosto acima de todos os outros. Acima, não só porque é o Presidente do Benfica, mas porque teve e tem totais responsabilidades na escolha de todos os outros rostos.
Rui Costa – foi Luís Filipe Vieira quem o escolheu para o cargo de director desportivo, que manifestamente lhe serve como uma luva e cujo desempenho tem sido decisivo para esta empolgante época do Benfica;
Jorge Jesus – foi Luís Filipe Vieira quem o escolheu para treinador do Benfica e o resgatou a outras paragens, com os resultados que se conhecem;
Nuno Gomes – foi Luís Filipe Vieira quem o “obrigou” a ficar e o Nuno é hoje uma peça essencial do balneário;
Luisão – o nosso central-capitão sabe bem da importância de Vieira na sua carreira;
Sócios e adeptos – poucos têm dúvidas de que Vieira é o “Presidente do Povo”.
Se quem manda, quem lidera, ou quem preside, tem de aguentar e dar a cara, quando os tempos são difíceis, também é justo que se realce a dedicação, o trabalho, a certeza das escolhas, a preserverança no caminho trilhado, a coragem de enfrentar todos os riscos e todas as adversidades, quando o tempo é de bonança e o futuro risonho. Luís Filipe Vieira merece, assim, ser o rosto principal deste novo tempo de vitórias e empolgamento, deste novo Benfica, porque foi ele quem escolheu os outros rostos.



Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds