Sábado, 20 de Março de 2010

Miguel Álvares Ribeiro em 20/03/10 |

Até aqui o decisivo mês de Março, como lhe chamei nos meus últimos posts, foi cumprido com grande sucesso e mérito pelo nosso Benfica. Se ganhar os dois jogos que ainda faltam neste mês teremos já o principal objectivo, da conquista da Super Liga, praticamente atingido e ainda a Taça da Liga como complemento.

 

A espantosa exibição do Benfica em Marselha foi uma demonstração enorme da qualidade do nosso plantel e da superior estratégia montada por Jorge Jesus. Só faltou uma maior eficácia dos avançados para alcançarmos um resultado histórico, mas a qualidade do futebol praticado e a reviravolta operada no marcador depois do injusto golo do Marselha, levantou o ego de todos os Benfiquistas e aumentou as expectativas no que toca à Liga Europa.

 

 

Inevitavelmente, este sucesso trouxe novamente uma maior preocupação com o calendário e a gestão do plantel. Após a final da Taça da Liga, teremos uma nova sucessão “louca” de 5 jogos em cerca de 2 semanas: 27/01/03/08/11 respectivamente contra, Braga (casa), Liverpool (casa), Naval (fora), Liverpool (fora) e Sporting (casa).

 

Mantenho, tal como Jesus, a opinião que se deve continuar a apontar como objectivo prioritário a conquista do título. Deste modo, o jogo contra o Braga será, naturalmente, o que irá merecer maior atenção por parte da equipa técnica do Benfica, já que será absolutamente decisivo para a atribuição do título e, se conseguirmos vencer por 2-0 ou mais (ganhando vantagem para uma hipotética igualdade pontual final), passamos a dispor de um muito maior à-vontade para poder gerir o plantel nos jogos da Super Liga.

 

Começa também a perceber-se que os reforços de Inverno, apesar de ainda jogarem geralmente poucos minutos, começam a justificar as hipóteses que lhes são dadas, como foi o caso mais recente de Kardec e do bonito e decisivo golo (à ponta de lança) que marcou em Marselha. A progressiva integração destes elementos é fundamental para o futuro do Benfica, não só porque não acredito que consigamos manter na próxima época algumas das “jóias da coroa”, mas também por permitirem uma maior rotatividade de algumas peças chave do plantel.

 

Já com menor incerteza, mantenho o final do post de há 2 semanas: vencendo os desafios de Março, o Benfica pode ambicionar uma época notável com todos os títulos que ainda disputa.

 

Força Benfica!

 




Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds