Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Novo Benfica

Novo Benfica

13
Jan10

UMA MINA CHAMADA BENFICA

José Esteves de Aguiar

 

Notícias constantes, nos mais diversos órgãos de comunicação social e com maior acuidade nestes últimos dias, têm dado conta do interesse de grandes clubes europeus na aquisição de jogadores do Benfica.
 
Não me lembro de assistir a tamanho assédio em relação a um clube do futebol português, nem mesmo no tempo de maior destaque internacional do F.C. Porto. Na altura em que Mourinho foi para o Chelsea, levou consigo alguns jogadores de confiança, mas não se verificou a mesma loucura a que assistimos nos últimos tempos em relação ao Benfica.
 
A não ser que necessite em absoluto, o Benfica faria muito bem em não vender nenhum jogador nesta altura, sendo preferível esperar pela exposição na grande montra do futebol mundial, que será o próximo Campeonato do Mundo, na África do Sul.
 
É claro que poderá haver jogadores que neste momento brilham e que não tenham oportunidade de fazer o mesmo durante o Campeonato do Mundo, seja por estarem integrados em selecções prematuramente eliminadas, seja por não conseguirem apresentar-se nas melhores condições físicas nessa altura, como resultado de uma época desgastante.
 
Neste momento, ocorrem-me, como jogadores pertencentes ao plantel do Benfica (mesmo se emprestados) e que poderão marcar presença no Mundial, os seguintes: Portugal – Quim, Nuno Gomes, Rúben Amorim e César Peixoto; Brasil – Luisão, David Luiz e Ramires; Argentina – Aimar, Di Maria e Saviola; Uruguai – Maxi Pereira e Urreta; Argélia – Halliche e Yebda; Paraguai – Cardozo; Camarões – Bynia; EUA – Adu; Espanha – Javi Garcia.
 
São dezoito jogadores com possibilidades de virem a jogar no Mundial, muitos dos quais poderão vir a melhorar substancialmente a sua cotação no mercado, logo valorizando ainda mais a carteira de jogadores do Benfica.
 
O Benfica está, actualmente, a conseguir algo que o F. C. Porto vinha fazendo há vários anos – comprar jogadores a bom preço e valorizá-los de forma notória, podendo obter excelentes retornos dos investimentos efectuados.
 
Tenho a certeza de que, quando algumas vendas vierem a concretizar-se, o dinheiro apurado será aplicado de forma rentável e visível, não dando azo a críticas semelhantes às de tantos adeptos portistas que, só não confrontam a respectiva Direcção com as suspeitas que lhes assaltam os espíritos, porque o clube deles tem ganho competições. Mas vamos a ver se a mesma atitude passiva e de “olhar para o lado” continuará, se os resultados desportivos começarem a não aparecer…
 
Suspeito que, nessa altura, não vai faltar quem questione a SAD portista sobre o destino de tantos milhões de euros supostamente entrados nos cofres – graças a vendas de jogadores e participações na Liga dos Campeões – e como é possível manter-se um passivo tão elevado. A ver vamos.
 
Quanto ao Benfica parece-me de realçar a intensidade deste assédio aos jogadores, apesar de a equipa estar fora da Champions há alguns anos. Imagine-se o que seria se estes jogadores se exibissem na competição mais importante da Europa, a nível de clubes, o que seguramente acontecerá na próxima época!
 
De qualquer forma, o dinheiro não é tudo e estou certo de que a SAD do Benfica saberá acautelar a próxima temporada, não destruindo o “núcleo duro” fundamental da equipa actual.
 
É que este Benfica já vale muito, actualmente, dispondo de activos que, se necessário, cobrem os passivos, mas acredito firmemente que a valorização vai continuar, criando um efeito “bola de neve”, em que os bons resultados desportivos geram receitas e lucros e em que estes, por sua vez, proporcionam condições para a obtenção de ainda melhores resultados desportivos futuros.
 
 
 
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D