Quinta-feira, 24 de Setembro de 2009

Bruno Carvalho em 24/09/09 | comentar

 

Nas passadas eleições para os órgãos sociais do Sport Lisboa e Benfica fui, como toda a gente sabe, candidato à Presidente da Direcção do Clube.
 
Nessas eleições, sob o meu ponto de vista, Luís Filipe Vieira e todos os membros dos órgãos sociais demissionários que se recandidatavam estavam a violar claramente os estatutos do Benfica, uma vez que usaram um expediente da demissão em bloco para antecipar as eleições.
 
Esse “truquezinho” tinha como consequência que quem o praticou não se poderia candidatar a qualquer órgão social do Benfica por um período de 6 anos.
 
Por entender que Luís Filipe Vieira e seus pares estavam a violar grosseiramente a democracia de um clube que sempre teve na democracia o seu pilar, interpus uma providência cautelar, num tribunal de Lisboa, visando suspender a deliberação que tinha aceitado a lista de Luís Filipe Vieira às eleições.
 
Essa providência cautelar foi aceite pelo tribunal, o que significa que o juiz entendeu que havia uma forte probabilidade de eu ter razão.
 
O juiz, ao aceitar a minha providência cautelar, sabia bem que Luís Filipe Vieira ficaria fora das eleições e mesmo assim aceitou-a.
 
Ao Benfica foi comunicada a decisão do tribunal, mas Manuel Vilarinho veio alegar que a citação tinha sido mal feita quando sabia perfeitamente que tal não era verdade.
 
O tribunal de Lisboa decidiu agora que eu tinha razão.
 
O que significa isto?
 
Significa que a citação ao Benfica foi feita de forma correcta, logo a Lista de Luís Filipe Vieira não podia ter concorrido, logo apenas havia uma lista válida do passado dia 3 de Julho – a minha -, logo o Presidente do Sport Lisboa e Benfica deveria ser outro.
 
No entanto, esta decisão vem tarde.
 
Vivemos num país em que a justiça funciona sempre fora de tempo e onde a “xico-espertice” vale a pena.
 
Deste modo, confrontei-me com um problema moral sério.
 
Por um lado, sei que tenho razão e que alguns violaram descaradamente os estatutos do Benfica para obterem a todo o custo o que pretendiam.
 
Por outro lado, se eu continuasse, apesar de ter toda a razão, arrastaria o Benfica para o caos. Por exemplo: todos os contratos feitos por esta Direcção seriam inválidos, teria que haver novas eleições, etc.
 
Perante este cenário, outra alternativa não me restava que por de lado a minha pessoa e colocar em primeiro lugar os interesses do Benfica, o clube que tanto amo.
 
Por isso desisti de tudo.
 
Aqueles que me atacaram brutalmente, dizendo que eu estava a soldo de Pinto da Costa, e outros mimos do género, têm aqui a sua resposta.
 
Se eu estivesse mesmo a soldo desses senhores não hesitaria em levar o Benfica para o caos, até porque, em bom rigor, quem arrastou o Benfica para essa situação foi Luís Filipe Vieira ao violar os estatutos e, com a ajuda de Manuel Vilarinho, não olhando a meios para vencer as eleições.
 
Mas como eu acho que o Benfica está em primeiro lugar, desisti da acção em tribunal para que o Benfica não saísse prejudicado.
 
No entanto, uma coisa é certa, esta nódoa acompanhará sempre Luís Filipe Vieira e esta Direcção.
 
Sei que para os sócios, como foi claramente demonstrado no passado dia 3 de Julho, estas coisas pouco interessam.
 
Vivemos numa sociedade em que a honra é um valor que há muito deixou de interessar para muita gente.
 
É pena.
 
Quem se queixa dos métodos dos outros que fazem tudo para ganhar, não deveria ter um Presidente eleito desta forma.
 
Os resultados desportivos, neste momento, servem para tudo encobrir, mas eu sonho com um Benfica diferente e não será este episódio que fará desmoronar este meu sonho.
 
Saudações Benfiquistas,
 
Bruno Carvalho
 
 
PS 1: Carlos Azenha foi despedido do Setúbal. Deixo-lhe aqui um forte abraço de solidariedade e apoio. Gostava de relembrar a alguns, que ficaram muito satisfeitos com esse facto, que Jorge Jesus também já foi despedido desse mesmo Setúbal. É o futebol!
 
PS 2: Pedro Fonseca escreveu no seu último texto: “E vão 5 jogos, mais 3 pontos e uma postura onde se deve realçar a raça, a crença, a vontade, o empenho, o profissionalismo. Tudo atributos que estavam arredados do Benfica há muitos e muitos anos.” E eu pergunto ao Pedro, então porquê que esses atributos estavam afastados há tantos anos? O Presidente não era o mesmo? Foi preciso eu falar para que Luís Filipe Vieira acordasse e começasse, por exemplo, a ir aos jogos?



30 comentários:
De Anónimo a 29 de Setembro de 2009 às 14:12
Em qualquer Colectividade deve ser Presidente quem os sócios maioritáriamente elegerem. Sem truques! Quem recolhe 3% dos votos dos associados, deve, sem truques, reduzir-se à sua verdadeira expressão.

A. Machado



De aguiapoeta a 28 de Setembro de 2009 às 22:12
Olé Bruno

então está de volta!

começo a desconfiar que voce afinal não é do clube corrupto, pela coragem de voltar aqui, julgo mesmo que até deve ser do Benfica
Mas parece que não aprendeu que os Benfiquistas não querem nada de si para presidente´

Ó homem, veja se aprende que ser do Benfica é mais que a triste figura que andou a fazer

Pendo que ser do Benfica é como digo num poema no meu blog

Vagueio ávido pelas palavras
Como um estranho adepto atrevido
Bebendo nas sílabas lavradas
O belo e doce símbolo destemido

Portando vá bebendo o nosso símbolo de forma destemida, e vá dando ouvidos a alguns bons Benfiquistas, que por aqui passam

Porque ser do Benfica é ama-lo e não ir para tribunal com o você fez, e é isso que mostra que o seu Benfiquismo ainda tem muito que aprender, mas se quiser ainda lá vai, porque ser do Benfica é como, mais uma parte de outro poema meu que aqui lhe deixo

Ser do Benfica é
Ser do imaculado clube
Que, por vezes é perseguido
E maltratado por corruptos
Mafiosos, e batoteiros sem lei
É ser invejado por mentes
Insolentes e pequenas
Que não constam na história
Dum conto extraordinário
Da verdade e do talento
Dos puros artistas

Seja bem vindo, e não seja mau artista

Parabéns pelo seu sentido de amizade com o Azenha
ai, voce mostra até não ser má pessoa, mas ele para nosso treinador não dava não é?

um abraço
Fernando Ramos









De Francisco Moreira a 28 de Setembro de 2009 às 17:00
Ainda o veremos a liderar o nosso Benfica.
Força e Continue. São precisos Grandes Benfiquistas para um Glorioso sempre Glorioso, e não só às vezes.
Abraço.


De Tasqueiro a 27 de Setembro de 2009 às 00:36
Sr. Bruno Carvalho:

Deste seu tópico fico com 2 ideias, a saber:

1 - O Sr. não ficou convencido de que os sócios do Benfica não o querem a dirigir o clube? Quer ir novamente a votos para ficar convencido? Ou quer uma vitória de secretaria, sem legitimidade democrática? Se a direcção usou um "truque", o Sr. responde com outro?

2 - Ainda não se convenceu da incompetência do treinador que queria trazer para o Benfica? O Sr., com aquele treinador, a esta hora arriscava-se a ser o Presidente do Benfica com menos tempo de mandato! É que já tinham os 2 sido postos na rua! Não tenha dúvidas.... Mas deixe lá, pode ser que no fim da época o Sr. se possa vir aqui gabar que foram as suas palavras que espicaçaram o JJ , o Aimar e o Saviola a fazerem uma época (até agora) como há muito não se via!


Nota: eu nada tenho contra si, mas um pouco de decoro e de espírito democrático não lhe ficavam nada mal. Principalmente neste GRANDE CLUBE...


VIVA O BENFICA!


De Fernando Lopes a 26 de Setembro de 2009 às 18:19
Exmo. Sr.
Mesmo sabendo que não vai publicar este meu post, não quero deixar de lhe dizer o seguinte :
- O Sr. percebe alguma coisa de direito?
Parece-me que não... Aconselhe-se... Acha mesmo que a decisão deste Procedimento Cautelar seria definitiva?... Informe-se...
- Ainda não percebeu que a sua estratégia foi errada desde o início?
- Ainda não percebeu que esteve mal assessurado?
- Ainda não percebeu que ainda se arrisca a ser expulso de sócio do Benfica?
Se ainda não percebeu tudo isto, desculpe-me e não me leve a mal, ainda bem para o Benfica que foi o 3º classificado nas últimas eleições, porque ou é ingénuo, ou é teimoso, ou está de má fé ou pior ainda é pouco esperto/inteligente...
Não altere não a sua postura e terá o que merece...


De Xander_Aguia a 26 de Setembro de 2009 às 12:34
Bom Dia.

Infelizmente foi "desenterrado" o tema que penso que a maioria dos Benfiquistas queria esquecer , as mais que Polémicas eleições.

Penso que o Bruno acabou por ser tão "Malabarista" quanto o seu opositor.

Não me quero alongar mais neste tema.
Penso que foi uma página NEGRA na já longa história do Benfica.

Penso que acima de tudo , estas eleições demonstraram que o Benfica não está Bem , muito pelo contrário , quando não existem opções reais e crediveis para opor a LFV que tem tido uma actuação muito discutivel nestes ultimos 8 anos , e não é este inicio de época quase "Milagroso" e a descoberta de Jesus que FELIZMENTE para o Benfica , está a correr bem , que ilibam LFV de vários actos ´de gestão muito fraquinhos ,sem falar muito na vertente desportiva onde sempre demonstrou a sua total incompetência para gerir essa vertente do nosso futebol Profissional.

De qualquer forma , e voltando ao tema eleições , penso que os Benfiquistas podiam e deviam ter dado um voto de "Castigo" ás 2 candidaturas , pela má fé e malabarismos que demonstraram , votando em Branco.
Não foi a opinião da maioria dos votantes.

Há que se respeitar.

Eu se fosse o Bruno , sairia de fininho deste acto eleitoral e faria o minimo barulho possivel pois demonstrou na sua "Fraqueza" enquanto candidato , que nunca seria uma opção credível para dirigir o Benfica.

Melhor sorte nos outros projectos onde está envolvido.

Saudações benfiquista.


De Arquivo Vivo a 26 de Setembro de 2009 às 12:01
Sim, tinha razão. E depois?

Foi evidente que Vieira e Vilarinho não se portaram bem, não por sua causa (a sua campanha foi a antitese daquilo que qualquer benfiquista queria ouvir) mas pelo impedimento que foi feito à eventual candidatura duma alternativa CREDÍVEL.

Não foi um exclusivo de Vieira (neste caso) o atropelamento aos Princípios e Valores, que sempre regeram o Benfica (também é atropelá-los achar que a politica duma associação comprovadamente corrupta, está certa) mas foi a defesa que ele encontrou para concluir, em todas as suas vertentes, a obra iniciada.

Acredite que os sócios que não concordaram com este comportamento desviante, penalizaram Vieira, mas ele foi eleito por uma percentagem significativa de sócios com direito a voto, e teve uma vitória esmagadora.

É o legítimo Presidente de TODOS os benfiquistas e no
final do seu mandato prestará contas.

Até lá, só tem de ser incondicionalmente apoiado em todas as decisões que tome no sentido de engrandecer o Benfica e defender os seus superiores interesses.

O tema eleições morreu. Está morto e enterrado.

Neste momento só se coloca uma questão a qualquer benfiquista:

O que é que poderemos fazer de bom para o clube?

Só esta.


De P.B. a 26 de Setembro de 2009 às 00:13
Sim! Se o Bruno não falasse o Benfica estava sem ganhar ha 5 jogos!

Tive mm pena que n fosse eleito.. A dispensa do JJ teria sido deveras engraçadas. Tanto, quanto a do Saviola q é velho e que se fosse bom, n vinha para o Benfica. Suponho que o Ramires e o Javi, se tivessem qualidade, tb n.

Já estava, tal como o Ricardo Araújo Pereira, com saudades de o ler! é sp um prazer

um grande abraço


De Abraão a 25 de Setembro de 2009 às 14:40
Já há muito tempo que não visitava este blog. A culpa em primeira mão foi do Sr. Bruno de Carvalho e de mais uns quantos bloggers. Isto, porque na minha opinião achava que os comentários por eles produzidos mais se assemelhavam a anti-benfiquistas, adeptos de outros clubes.
Por curiosidade voltei hoje ao blog e deparei-me com o artigo do Sr. Bruno onde relata o romance das eleições. Julgava, que tal assunto já estava enterrado. Espero que seja desta, com o artigo publicado. Direi ao Sr. B. de Carvalho que com as suas opiniões muito contribuiu para que grande parte de Benfiquistas o tenham conotado com Pinto da Costa e o FC do Porto. Não vale a pena esmiuçarem-se tais artigos, que muitos foram.
Como as eleições já foram a única coisa que peço ao Sr. Bruno de Carvalho é que como Benfiquista que se afirma, seja mais um a lutar para que o Glorioso vença, critique quando tal se justifique mas de maneira a não parecer um adversário do clube. E, relativamente ao principal clube da sua terra, não tenha preconceitos em chamar os bois pelos nomes, quando tiver que ser.


De Arsène Lupin a 25 de Setembro de 2009 às 12:01
Só tenho um comentário a fazer. Aliás, é uma pergunta.

Então mas o senhor queria ser presidente do Benfica contra a vontade da esmagadora maioria dos sócios do clube, com base numa tecnicalidade?

Por razão que tivesse nesse ponto, haja santa paciência...


Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds