Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

Paulo Ferreira em 18/09/09 | comentar | 11 comentários

Voltei ontem ao nosso país e felizmente fui para o Estádio antes de ir para casa!

 

Não existem dúvidas que o Benfica este ano está entusiasmante e sendo ainda cedo para qualquer avaliação são notórios sinais de que tudo segue no bom caminho:

  1. Existe uma clara motivação dos jogadores e uma forma de jogar bem assimilada e assente numa pressão defensiva e velocidade de transição e troca de bola que já não se via há alguns anos
  2. Existe um discurso do treinador que é coerente e tem feito os possíveis para passar uma mensagem de exigência, responsabilidade na forma como assume favoritismo mas igualmente de acalmar as euforias desmedidas
  3. Existe uma tentativa de rotatividade do plantel que permite não só gerir esforço (e lesões) como potencia a motivação geral e a garantia de que os elementos menos utilizados têm a participação sufiente em competição que os permita render sempre que são necessários
  4. O Benfica não tem tremido nos momentos importante e mais importante tem mantido a sua forma de jogar perante qualquer adversário e com qualquer resultado (tem existe muito tempo que não via o Benfica pressionante a ganhar por 2 ou 3 e não a fechar-se na sua defesa...)
  5. Por último e não menos importante ganhar está a tornar-se um hábito! E é com este hábito que os adversários se vergam e nos respeitam e que se ganham provas.

Sabendo que ainda é cedo demais para cantar vitória, não posso deixar de estar entusiasmado com este Benfica.

 

Pela política que tem seguido nos últimos anos, o Benfica tem obrigação de vencer como já o tinha nos últimos anos! A única diferença é que este ano parece que o plantel o assumiu como algo natural e não como uma pressão inibidora.

 

Domingo em Leiria é para continuar porque cada jogo não vale mais que 3 pontos!

 

Paulo Ferreira




Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

Paulo Ferreira em 21/08/09 | comentar | 3 comentários

Depois de grande entusiasmo alegria e esperança gerada pela pré-época, a primeira jornada constituiu de alguma forma uma pequena desilusão!

 

Não pelo futebol praticado que foi bastante razoável e de grande luta e atitude, mas pelo resultado. Um empate em casa é sempre um mau resultado e é-o sobretudo quando a equipa contrária pratica um futebol tão fraco.

Este é o meu primeiro comentário. Achei que o fraco futebol do Marítimo, a ausência de qualquer vontade de jogar (autêntico autocarro na baliza) e sobretudo o constante anti-jogo são uma vergonha e que devem ser fortemente criticados. Estranho por isso que a comunicação social elogie a "estratégia" de Carvalhal!

 

Também achei a arbitragem de fraco nível e prejudicial para o Benfica, mas este ano mais que nunca temos qualidade para dar a volta a texto e ganhar mesmo contra 12.

 

Preocupou-me o fraco rendimento de Aimar, Cardozo e Saviola que de facto se sentem quando existem tão poucos espaços e tanta dureza e ficou claro para mim que David Luíz deve jogar no meio e que Fábio Coentrão pode ser a grande afirmação deste ano.

 

Ontem depois de um começo mais lento que o habitual este ano, a equipa partiu para uma boa exibição, recheada com golos e felizmente com boas prestações de quem tinha estado menos bem no primeiro jogo o que me deixou bastante mais descansado.

 

O adversário era fraco mas também o eram tantos outros nos anos anteriores e este resultado e exibição foram bem melhores que outrora.

 

Analisando o início agora a sério ficam-me as seguintes convicções:

1 - O Benfica é efectivamente uma equipa forte, corre e luta muito, parece humilde e caso assim continue tem tudo para ser Campeão e ir longe na Europa

2 - Parece-me que David Luiz tem de jogar no meio que é onde mais rende e Shaffer é uma aposta segura no lado esquerdo

3 - O Benfica deve jogar sempre com dois alas (Di Maria e Coentrão)

4 - Weldon pode ser uma grande surpresa e constituir um grande activo para o clube

 

E agora é não tirar o pé do acelerador e ir ganhar a Guimarães.

 

Paulo Ferreira




Sexta-feira, 7 de Agosto de 2009

Paulo Ferreira em 07/08/09 | comentar | 11 comentários

Amanhã é dia grande no Estádio da Luz!

 

Adivinha-se um jogo com estádio cheio, ambiente de festa, motivação ao máximo e um grande espectáculo de futebol.

 

O Benfica nesta pré-época tem feito por reforçar a esperança dos Benfiquistas com um futebol alegre, competitivo, esforçado e sobretudo com golos e vitórias. E para amanhã espera-se uma continuidade do bom trabalho que tem vindo a ser desenvolvido, com uma vitória que faça relembrar os tempos daquele que dá o nome ao troféu...Eusébio!

 

O Benfica deste ano é mais forte que o Benfica dos anos anteriores embora não esteja isento de lacunas e alguns desiquilibrios. E o facto da expectativa estar tão alta será também um desafio para Jorge Jesus e para o plantel.

 

As principais questões que se colocam e são chave para o sucesso serão a meu ver:

Jorge Jesus pelo conhecimento que tem do futebol português e até pelo seu discurso tem mostrado ter capacidade para gerir os desafios que o esperam. Espero também que a direcção tenha a capacidade e coragem de o apoiar incondicionalmente, algo que não tem acontecido nos últimos anos quando algo corre menos bem.

 

A pressão de ganhar é muito grande este ano! Mas não é nesta posição que todos queriam estar ?

 

Amanhã lá estarei para o que espero ser uma grande festa!

 

Viva o Benfica!

 

Paulo Ferreira

 

 




Sexta-feira, 24 de Julho de 2009

Depois de umas semanas afastado do Blog por motivos de força maior, é com enorme prazer que regresso a este espaço para acompanhar e comentar o nosso Benfica.

 

Como sempre, no defeso as forças crescem, a mística volta e a esperança renasce. Este ano no entanto, julgo haver mais condições que no ano transacto para estarmos optimistas. Senão vejamos:

  1. O Treinador é um conhecedor do Futebol Português e não necessita de períodos de compreensão ou adaptação
  2. A época foi planeada com tempo e as contratações mais importantes estão feitas e integradas desde o arranque dos trabalhos
  3. O plantel é mais forte

Ainda assim existem lacunas que me preocupam ligeiramente:

  1. A posição de guarda-redes continua sem um Michel Preud'homme que garanta pontos "impossíveis". Não estamos mal servidos e não é por causa de Quim ou Moreira que seremos ou não campeões, mas gostava efectivamente de ver a baliza mais bem servida
  2. A equipa não tem extremos de raiz, sendo que isso exigirá um forte cultura táctica e rapidez de execução que permita que a equipa se desdobre e "alargue" em campo. Isto será particularmente importante contra equipas pequenas e muito fechada e para as quais se o Benfica concentrar o jogo no meio do terreno terá mais dificuldade
  3. A rentabilidade real de Saviola, Aimar, Di Maria e Cardozo estarão muito ligadas à qualidade do Benfica deste ano e não será fácil colmatar castigos, lesões, etc

Em resumo, acho que com muito trabalho e exigência, este plantel tem qualidade e condições para devolver alguma glória ao Clube e é isso que espero. Também eu com esperança e optimismo renovado.

 

PS - Pelo 3º ano consecutivo o Benfica aposta forte (30 milhões) em aquisições. Espero que desta vez as apostas sejam certas...e vitoriosas

 

PS1 - Não gosto de ver no Benfica boicotes. A TVI por muito parcialmente que trate a informação não deve ser impedida de entrar nas Conferências de Impresa. Não me parece que possamos ter os comportamentos que criticamos aos outros...e como se diz mantém os amigos perto mas os inimigos mais ainda!

 

Saudações Benfiquistas,

Paulo Ferreira




Sexta-feira, 19 de Junho de 2009

Paulo Ferreira em 19/06/09 | comentar | 68 comentários

As eleições entram numa fase decisiva e os sócios terão de decidir.

 

Já manifestei o meu apoio à candidatura do Bruno Carvalho e congratulo-me com a sua persistência e postura, mantendo de forma corajosa a intenção de liderar um clube que representa a maior marca nacional.

 

Vou votar no Bruno por várias ordens de razões:

  1. Entendo que o Bruno tem o perfil de liderança que o Benfica necessita
  2. Sei que o Bruno é uma pessoa muito séria e competente
  3. Reconheço no Bruno um benfiquisto extremo, que é a única razão pela qual não tolera que os outros sejam melhores que o Benfica
  4. Sei que o Bruno é uma pessoa exigente e que fará tudo para que o Benfica seja um clube com maior responsabilidade e exigência, o que dará maiores probabilidades de vencer
  5. Entendo que o Benfica precisa de sangue e ideas novas que o levem de regresso à Glória de outros tempos

Por outro lado, tenho dificuldades em reconhecer maiores competências nas alternativas.

 

A direcção actual mostrou com a decisão de demissão para provocar eleições antecipadas (que o são mas numa data em que a época já começou para que se possa justificar decisões - tomadas ao abrigo de uma SAD - que não são meros actos de gestão) que actua num domínio de falta de transparência e dependência do poder, que julgava e esperava estar afastados do Benfica. Esta medida da forma como aconteceu retirou a confiança e minimizou a admiração pelo trabalho que vinha sendo feito.

 

Quanto às alternativa do movimento Vencer, Vencer, revelou ontem não o ser! Mas se olharmos com atenção já não o era tal o grande de grande incompatibilidade entre as diversas pessoas que o compõem e que daria por certo uma instabilidade que ninguém deseja.

 

Por tudo isto, e por desejar o melhor para o Benfica espero que Bruno Carvalho seja o próximo Presidente!

 

Viva o Benfica,

Paulo F.




Sexta-feira, 12 de Junho de 2009

Paulo Ferreira em 12/06/09 | comentar | 32 comentários

Escreveram os apoiantes de LFV neste fórum que a saída de Quique era uma invenção da imprensa com vista à desestabilização do clube e que o cenário de eleições antecipadas era uma impossibilidade à luz dos estatutos.

 

Previsivelmente ambas aconteceram e mais uma vez o Benfica fica melindrado publicamente pelas suas indefinições, discurso incoerente e falta de visão estratégica a longo prazo.

 

Contudo, congratulo-me com a antecipação das eleições! O que não posso concordar e nem mesmo de me chocar é com os motivos para tal e com a forma como tudo se procedeu. E se dúvidas existissem sobre os reais motivos que levam a que tudo se proceda desta forma, a entrevista de Vilarinho e as participações (que me envergonham enquanto benfiquista)  em programas de televisão de Sílvio Cervan deixam-no claro. Aconteceu porque estrategicamente era melhor para a reeleição e porque LFV assim o quis!

 

Nem por uma vez (e mais uma vez) está em causa o que é melhor para o Benfica! Não questiono a importância que Vilarinho e LFV tiveram para o Benfica, mas não é possível que por tal os benfiquistas tenham uma dívida eterna a estes senhores. Neste momento, a gestão do Benfica é altamente centralizada, o clube está cada vez mais longe dos seus sócios e os resultados financeiros são maus.

 

Quanto aos resultados desportivos e respondendo às críticas que me foram feitas a semana passada:

  1. O Benfica é essencialmente um clube de futebol (embora seja de importância enorme o seu ecletismo) e é na sua equipa principal que os resultados são importantes. Desportiva e Financeiramente. É aqui que meço em grande percentagem o sucesso desportivo do nosso clube.
  2. Considero que as performances das equipas de formação de futebol (e parabéns aos iniciados) são muito boas, mas os objectivos das equipas de formação é formar jogadores. Ganhar é óptimo mas a menos que saiam talentos para a equipa principal e para rentabilizar, de nada serve! O tempo dirá se o trabalho de formação está a ser bem feito, ainda que tudo indique que sim...
  3. As modalidades são importantes e é bom ganhar, mas não troco um título de futebol por 4 ou 5 nas modalidades. Estas devem ser a cereja em cima do bolo e não o bolo inteiro

 

Finalizo, dizendo que continuo preocupado com o futuro do clube e que a cada dia encontro motivos que legitimizam os meus sentimentos pessimistas, infelizmente!

 

PS1 - Queiroz conseguiu destruir em muito pouco tempo a nossa selecção. É confrangedor ver a nossa equipa jogar!

 

Saudações Benfiquistas,

Paulo Ferreira

 

 




Sexta-feira, 5 de Junho de 2009

Paulo Ferreira em 05/06/09 | comentar | 36 comentários

Finda uma época atribulada e de maus resultados desportivos, esperar-se-ia uma preparação (com ou sem eleições antecipadas) da próxima temporada firme e personalizada que passasse a convicção de que os erros da preparação da época transacta estavam aprendidos.

 

Ao invés, denoto que mais uma vez uma enorme confusão na gestão da próxima época desportiva, os resultados financeiros a piorem dramaticamente e uma falta gritante de estratégia.

 

Seguindo por partes:

  1. Financeiramente a situação está pouco melhor que “dramática”! Com o passivo a aumentar e um resultado negativo de 18 milhões em 9 meses, nada de muito positivo se afigura. O esforço financeiro que foi feito para ganhar esta época (e a anterior) foi muito grande e infelizmente desperdiçado a todos os níveis. Falhou-se a fonte de receita da Liga dos Campeões, grande parte das “aquisições” são empréstimos e como tal não geram activos que se possam vender e nada se ganhou. Tal como já escrevi, perder é um péssimo negócio e o Benfica corre o sério risco de mandar abaixo o saneamento financeiro que já fez e a credibilidade que veio ganhando.
  2. A gestão do treinador do próximo ano não só tem sido mal feita, como neste momento a incerteza continua. Com isto vem a incerteza sobre o próprio plantel e temos depois o desgosto de ver alguns dos assumidos alvos a mudarem-se para norte. A continuar a este ritmo o que vai acontecer é que o início da próxima época será igual ao início da anterior, onde escasseou tempo para se trabalhar devidamente.
  3. Já me manifestei contra as eleições em Outubro, mas o que mais me tem custado é perceber que perante uma oposição a crescer e com alguns nomes sonantes, o Benfica assuma um possível volte face (não o confirmou mas também não o desmentiu) com o propósito de anular as hipóteses de candidatura. Mas afinal não é preferível para quem ama o Benfica abrir as urnas indiscriminadamente e ganhar democraticamente?

 

Em resumo, acho que os erros do passado não só são repetidos como acentuados e vamos partir para a próxima temporada novamente como o clube com maiores indefinições, incertezas, falta de tempo e ainda por cima com maior passivo e estrutura de custos. Depois provavelmente virá um ou dois “craques” e o pessoal fica cheio de esperança e tudo sai da memória…

 

Estou por isso muito preocupado com o futuro do Benfica. Quero um Benfica que vença e que respire saúde financeira e infelizmente sinto que tal objectivo vem longe.

 

 PS – O Benfica está a fazer uma época razoável nas modalidades, embora também aqui tenha faltado um pouco para o sucesso. Perdemos (com grande brio e carácter) com o FCP na finalíssima de Andebol, ficámos (com grande brio e carácter) nas ½ finais de Hóquei contra o mesmo adversário, em Voleibol já havíamos ficado pelo caminho, mas no Futsal depois de ganhar a Taça estamos no bom caminho no Campeonato e no Basquetebol dificilmente o título nos escapará. Nesta área o trabalho tem sido meritório, embora devamos ter ambição de alastrar o que já foi conseguido.

 

Saudações Benfiquistas,

Paulo Ferreira




Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

Paulo Ferreira em 15/05/09 | comentar | 70 comentários

Durante a semana dois membros do Blog manifestaram a sua intenção de sair e o Bruno colocou à consideração dos restantes o encerramento deste espaço.

 

Respeito as opiniões de quem saiu e quem ficou e abstenho-me de comentar sobre o conteúdo e forma das tomadas de posições de outros. Pessoalmente já tive vontade de deixar de escrever neste espaço, embora os motivos sejam outros. Os motivos que me levam a questionar se vale a pena escrever é a clara falta de capacidade de diálogo entre Benfiquistas, a intolerância e muitas vezes a falta de educação.

 

Desde o início que tento expressar a minha opinião sem facciosismo e de uma forma equilibrada. No entanto, este espaço está cheio de comentadores que procuram em cada texto apenas um sinal de “está a favor ou contra LFV” para elogiar ou criticar desmesuradamente quem escreve. E fazem-no sem a preocupação de uma leitura atenta e ponderada e sem apresentar qualquer argumento construtivamente. É exemplo de tal as acérrima críticas, acusações de ser portista e de desestabilizador apenas porque defendi que era importante definir quem seria o próximo treinador do próximo ano (bem como as estruturas dirigentes) quando havia mais um ano de contrato. Enfim, no dia seguinte o próprio Benfica dava-me razão pelas declarações de “mudança” de LFV e pelo ataque a Jorge Jesus e a dispensa quase certa de Quique… é no que dão ataques “cegos”!

 

Naturalmente que existe trabalho a fazer em prol do Benfica e por isso vou continuar a escrever e dar os meus alertas, forma que entendo ser benéfica para o clube.

 

 O meu tema de análise esta semana são as declarações de LFV sobre a “mudança”!

 

Na minha opinião LFV tinha dois caminhos:

  1. Reforçar que a estrutura montada era para manter apesar de desiludido com os resultados desportivos. Manteria Quique, tentava manter a equipa, deixava a autonomia de futebol com Rui Costa e mantinha a sua convicção de que uma equipa não se faz em um ano e que o Benfica estava no rumo certo. Cada um pensaria o que queria, concordava ou não, mas seria uma posição coerente.

  2. Aceitaria que desportivamente não tem sido capaz de levar o Benfica aos objectivos que o próprio traçou (e LFV enquanto Presidente é o responsável máximo por isso – responsabilidade não se delega!) e daria por finda a sua presidência ou no mínimo aceitaria colocar-se já à análise dos sócios em eleições.

 

Ou colocar-se novamente numa posição de “salvador” e “reformista” vai contra tudo o que vem defendendo. Não promove continuidade, não promove alicerces, não cria estabilidade, não cria condições para ter retorno dos grandes investimentos feitos e cria um cenário de novo ciclo que já enjoa. Vamos ter uma nova reformulação da equipa, gastar um monte de dinheiro, mandar vir mais um treinador (a média dos últimos 10 anos é superior a 1 treinador por ano!) e até já Rui Costa parece desautorizado...

 

LFV tem a minha admiração pelo que fez no Benfica e por devolver ao clube, estabilidade, credibilidade, criar infra-estruturas, reforçar alicerces para o sucesso. No entanto, não conseguiu fazer chegar esse sucesso apesar dos grandes investimentos e diferentes estratégias. E para mim faz sentido que os sócios se pronunciem sobre se a sua paciência continuar intacta. E para bem do Benfica esta intervenção dos sócios deveria ser efectuada o mais cedo possível de forma a interferir no mínimo com a época vindoura.

 

Gostando LFV tanto do Benfica como diz que gosta e estando no Benfica com um “espírito de missão” como apregoa, é isso que tem obrigação de fazer, é esse o único caminho.

 

Saudações Benfiquistas,

Paulo Ferreira




Sexta-feira, 8 de Maio de 2009

Paulo Ferreira em 08/05/09 | comentar | 85 comentários

Escrevi a semana passada que os tiros no pé continuavam e que nos estávamos a arriscar a perder com o Nacional a hipótese de continuar na luta pelo 2º lugar.

 

O anúncio de reforços com direito a análises do treinador na véspera de um jogo como o da semana passada é apenas um exemplo de como não se deve gerir um clube e a sua vida quotidiana (e o planeamento futuro).

 

Infelizmente e mesmo depois do SCP empatar (o que reavivou esperanças e deveria encher a equipa de motivação) conseguimos ser derrotados e agora aspiramos apenas a manter-nos em 3º (sendo que se nos distraímos ainda acabamos em 4º...).

 

Por muito que se defenda LFV, Rui Costa, Quique e a própria equipa, esta época é profundamente decepcionante e deve ser equacionado profundamente o porquê de tal (voltar) acontecer.

 

Hoje mais preocupado fiquei ao ouvir Luisão dizer que é preciso tempo e estabilidade! Mais tempo? E que estabilidade? Esta é mais uma demonstração do espírito pouco ambicioso e desculpabilizador que está instituído. A falta de responsabilização de toda a estrutura é gritante, preocupante e castradora do que é necessário para vencer!

O que Luisão deveria ter dito é que o plantel é de luxo, tem os ordenados (altos) em dia e que tinha obrigação de fazer melhor em todas as frentes.

 

Agora sim, é tempo de começar a preparar a próxima época, uma vez que já não existem objectivos na corrente e nesse sentido são necessárias definições de base antes de começar a mandar vir carregamentos de jogadores. Quem será o treinador da próxima época? Qual o diagnóstico do que correu mal e quais as medidas para que não volte a acontecer? Qual afinal o papel da formação no Benfica? Qual afinal a política de contratações que se quer seguir?

Como Benfiquista (dos que ainda são ambiciosos) gostava que se desses respostas concretas a estes temas...

 

PS - Carlos Queirós vai convocar Pepe para a selecção. É um direito que lhe assiste e nem acho que Pepe deva ser crucificado pelo que fez. Mas para quem mandou dois miúdos fora da selecção por causa de um penalty é estranho. Ou seja, sou rigído com os fracos e agacho-me perante os mais fortes. Para mim, é no mínimo um sinal de falta de carácter e um bom início para voltar ao passado em que jogador que não tivesse tiques de pugilista não cabia na selecção.

 

PS 1 - Não sou jurista e por isso não tenho propriedade para analisar se a candidatura do Bruno pode seguir em frente (embora pela leitura dos estatutos a opinião que tenho formada é que sim). Mas o que me faz espécie é depois da época lamentável que o Benfica fez, alguém esteja interessado em discutir este tema em vez do que de fundo se passa no clube.

 

Saudações Benfiquistas,

Paulo Ferreira




Sexta-feira, 1 de Maio de 2009

Paulo Ferreira em 01/05/09 | comentar | 40 comentários

Este fim de semana o Benfica enfrenta a sua derradeira oportunidade para atingir o 2º lugar! Sinceramente já não creio ser possível, mas cabe-nos acreditar e tentar que um milagre aconteça. E é importante vencer o Nacional, quanto mais não seja para segurar o 3º lugar!

 

Sendo tudo "normal" o Benfica acabará o campeonato em 3º lugar, o que com o plantel e o dinheiro que gastou é lamentável. Mas essa análise já foi feita e neste momento importa concentrarmo-nos no pouco de lutar que nos resta e temos obrigação de encetar.

 

O que mais custa é que de há 3 jogos para cá o Benfica começou a jogar futebol (e a ganhar). Quique deixou a teimosia de lado e colocou o Benfica a jogar da forma que nós, os desentendidos, tanto defendíamos!

 

Mas a reflexão que queria deixar hoje é a confusão que me faz as já contratações do próximo ano e a publicidade dos alvos a contratar! Mas esta época já acabou? Mas já alguém garantiu Quique para o próximo ano ? (há 4 semanas voavam "abutres" internos sobre Quique e agora porque ganhámos 3 jogos já está tudo bem?) E inclusivé será LFV presidente do Benfica em 2009/2010.

 

Acho que chega de construir casas pelo telhado e depois vê-las a desmoronar ano após ano...

Nesta altura o que importa é lutar pelo que ainda é matematicamente possível.

 

E depois se quem lidera amar mesmo o Benfica antecipa as eleições e enfrenta o julgamento dos sócios. Se ganhar (ele ou outro) pode assumir compromissos com o treinador e construir juntamente com este e com o Director Desportivo um Benfica finalmente vencedor! É isso que todos queremos...

 

De uma vez por todos pense-se estruturalmente porque só assim voltaremos a ser um Grade Benfica e não apenas um Benfica Grande.

 

Viva o Benfica!

 

Paulo Ferreira

 





bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds