Terça-feira, 7 de Abril de 2009

Miguel Álvares Ribeiro em 07/04/09 | comentar | 76 comentários

 

Tenho sido um defensor constante da necessidade de estabilidade para construir um projecto desportivo de sucesso no futebol do Benfica.

 

Com algumas excepções recentes, gosto muito da postura correcta, educada e que não procura desculpas fáceis para os insucessos, de Quique Flores.

 

Apesar disso, a minha minha confiança na capacidade técnica e táctica de Quique tem vindo a diminuir muito nos últimos tempos, em função das paupérrimas exibições do Benfica contra equipas de segundo plano. Acresce que o Benfica jogava bem e com alegria na fase inicial da época (lembro-me em particular dos jogos contra Guimarães, Sporting e Nápoles) e agora parece uma equipa sem rumo, que soçobra à primeira contrariedade, o que não abona em favor do trabalho da equipa técnica.

 

Por outro lado, deve reconhecer-se que nos últimos anos temos tido bons jogadores e os resultados não aparecem, sistematicamente, com diversos treinadores, a quem se reconhece competência, pelo que a culpa certamente não será só (eventualmente, nem  será principalmente) deles…

 

À Direcção do Benfica, com particular responsabilidade para Rui Costa, compete analisar profundamente o funcionamento da estrutura do departamento de futebol do Benfica e identificar as falhas que têm impedido o sucesso.

 

Esta é certamente uma tarefa difícil e eventualmente ingrata, pois irá mexer com pessoas que vêm servindo o Benfica, admito até que de forma empenhada e desinteressada, mas que não estão à altura das responsabilidades que lhes estão confiadas. Neste domínio não pode haver contemplações e os responsáveis por essas falhas têm que ser responsabilizados e substituídos nas suas funções.

 




Quarta-feira, 3 de Setembro de 2008

Miguel Álvares Ribeiro em 03/09/08 | comentar | 36 comentários

 

Temos um excelente conjunto de jogadores (está bem, concordo que é preciso resolver algumas falhas na defesa, sobretudo nas laterais), um corpo técnico competente e ambicioso e, pela primeira vez desde há muito tempo, um director desportivo que me merece a maior confiança.
 
Por isso, e apesar do ainda curto espaço de tempo que tivemos para crescer como equipa, foi pena não se poder avaliar verdadeiramente o nosso momento de forma perante um adversário forte; de facto, o penalty absurdo e a expulsão de Katsouranis transformaram o Benfica-Porto de tal forma, que não foi possível ver como se comportariam as duas equipas num jogo “normal”.
 
O árbitro esteve mal, mas errou para ambos os lados, prejudicando sobretudo o espectáculo.
 
O espectador que invadiu o campo e deu uma cachaçada no árbitro assistente esteve ainda pior, pois deu um tristíssimo exemplo e prejudicou o espectáculo, mas sobretudo o nosso Benfica, que não merece essas atitudes.
 
 
Apesar da forte dose de ingenuidade que demonstrámos nos jogos da Super Liga, mantenho total confiança na estrutura do Benfica para esta época. Penso mesmo que é imperioso que nós, adeptos do Benfica, sejamos capazes de ter paciência, pois uma equipa não se faz de um dia para o outro. Não quero com isto dizer que se perca o sentido crítico, mas sim que é preciso dar tempo para que se possa desenvolver um trabalho sério.
 
Sintomático de que este projecto tem qualidade é alguma intranquilidade que reina já nas hostes adversárias, que lançam mão de todos os recursos, de que vou referir alguns pela sua desfaçatez:
 
O Porto levantou um processo a Luís Filipe Vieira por ter ido à cabina do árbitro pedir desculpas pelo que se passou com um elemento da sua equipa durante o jogo. Aquilo que a toda a gente parece normal e sintoma de boa educação, para o Porto, cujo Presidente, apesar de ter sido condenado na justiça desportiva por corrupção, continua a dar entrevistas nessa qualidade e a sentar-se ao lado do presidente da Federação em jogos oficiais, merece reparo e castigo!!!
 
A imprensa, além de omitir deliberadamente as repetições dos lances duvidosos que não sirvam os seus interesses, começou já uma campanha maciça de desestabilização, contestando o valor dos jogadores e da equipa técnica do Benfica. Não contentes com isso, começaram mesmo a inventar falsas notícias com o único intuito de lançar a confusão, como foi o caso da suposta proibição de Diamantino entrar no balneário e do valor do passe de Aimar.
 
Paralelamente mantém uma inacreditável complacência com os dirigentes das suas cores, especialmente com Pinto da Costa. Há 2 ou 3 meses PC afirmou peremptoriamente que Quaresma não saía do Porto por menos de 40 M€, dizendo até, numa das suas rábulas habituais, que se faltasse 1€ ele o poria do seu bolso. Como todos sabemos Quaresma saiu por 18,6 M€ mais o passe de Pelé, avaliado em 6 M€.
 
Se, em vez de PC e o Porto, se tratasse de Luís Filipe Vieira e o Benfica, quantas páginas de jornal não se teriam já escrito, quantas entrevistas e análises na TV não teriam sido feitas, sobre a diferença entre o valor mínimo fixado para o passe de um jogador e o valor por que este foi realmente vendido?
 

sinto-me: confiante e esperançado



bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

SOS - cont.

Eu acredito no Benfica 20...

mais comentados
76 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds