Quarta-feira, 22 de Abril de 2009

Miguel Álvares Ribeiro em 22/04/09 | comentar

 

Os posts publicados anteontem e ontem, pelo Pedro Fonseca e pelo António Sousa Cardoso, reflectem duas formas, aparentemente antagónicas, de analisar os problemas do Benfica mas que considero não ser possível dissociar.

 

O Pedro Fonseca fez uma descrição (breve) do sistema, a quem atribui os males do Benfica, adoptando uma posição desculpabilizadora das nossas falhas em termos organizativos; o António Sousa Cardoso, embora reconhecendo a existência do sistema, acha que se pode ignorá-lo pois se jogarmos bem e formos melhores é muito improvável que percamos.

 

Qualquer que seja a Direcção do Benfica, não pode ter resultados significativos se a sua análise e estratégia de actuação não tiverem em conta estas duas visões complementares sobre a situação do futebol em Portugal.

 

Não se pode adoptar a posição de desistir ou tudo justificar apenas porque o sistema não nos deixa ganhar. Por outro lado, não é possível ignorar a existência do sistema, pois ele mina os próprios fundamentos do edifício desportivo. Enquanto não houver confiança na existência de verdade desportiva, não pode haver competição leal e verdadeira.

 

Nem sempre é fácil a vida de um adepto de um clube, mas somos muitos e de muitos clubes e nem sequer é por a sua equipa perder mais vezes que os adeptos são menos aguerridos no apoio; mas se sentirem que perdem, não por serem piores mas por serem prejudicados por factores alheios à competição sadia, então a desconfiança, o descrédito e o desânimo, que certamente sentirão, pode levar à perda de muitos apoiantes dos clubes e do próprio sistema desportivo.

 

Quem me conhece sabe que sou um desportista. Apesar de nunca ter passado da mediania, já pratiquei vários desportos, sobretudo pelo gosto de jogar, da competição do convívio, etc. Obviamente gosto mais de ganhar do que de perder, mas a perspectiva da derrota não me tira o gosto de participar e sei reconhecer o mérito do adversário quando este o tem.

 

Para mim, o maior dos problemas do futebol prende-se com a perda dos valores éticos do espírito desportivo; deixou de ser um jogo para ser sobretudo uma guerra. Deixou de haver equipas adversárias que procuram jogar lealmente, na luta pelo melhor resultado, e dar um espectáculo interessante, para haver inimigos que se digladiam sem misericórdia em todos os foruns possíveis.

 

Este estado de coisas deve-se em grande parte ao Porto, que elegeu como estratégia de afirmação, há já cerca de 30 anos, uma guerra Porto-Lisboa, que passa sobretudo por uma guerra Porto-Benfica (e cada vez mais assim é, dado que o Sporting aceitou pactuar com o sistema, tacitamente, não o afrontando, para tirar os dividendos possíveis) e a criação de um clima intimidatório dos adeptos dos clubes rivais.

 

As posições que o Porto foi ocupando no edifício desportivo (e não só) faz com que a luta contra este estado de coisas seja muito dura e desgastante, além de proporcionar poucos resultados práticos no curto prazo. É, no entanto, imperioso prossegui-la e conseguir mudar este paradigma, por forma a que se possa voltar a acreditar no sistema desportivo.

 

É evidente que temos que ser críticos na avaliação da equipa e dos seus dirigentes pois é claro que nem tudo correu bem nesta época no seio do futebol do Benfica. É verdade que, apesar de estar a fazer uma época razoável, o Benfica passou por um longo período em que a equipa parecia apática e incapaz de produzir exibições convincentes, enquanto, pelo contrário, o Porto foi construindo uma equipa e melhorando a qualidade do futebol praticado.

 

Isto deve levar-nos a concordar que é necessário implementar uma cultura de exigência e melhorar a organização interna, bem como gerir melhor o fluxo de informação para o exterior. Por outro lado, a cultura de vitória de que fala o António, faz-se de vitórias e ficará sempre, pelo menos, a dúvida se este trajecto seria o mesmo se não tivesse havido “mãozinha amiga” em vários resultados no início da época e o Porto tivesse ficado a 6 ou 7 (ou mais) pontos da liderança.

 

Aliás, nem é preciso recuar tanto. Façamos um pequeno exercício de especulação; o que seria agora a Liga se nas últimas jornadas a Académica tivesse beneficiado de arbitragens isentas? Pelo que se viu o mais certo era que perdesse na Luz e vencesse ou empatasse com o Porto – bastaria aceitar os golos limpos marcados, assinalar os penalties que ficaram por marcar e invalidar os golos em fora de jogo. Apesar de toda a capacidade de organização que muitos lhe reconhecem e das outras ajudas que não foram contabilizadas, o Porto estaria neste momento 1 (ou 2) pontos à frente do Sporting e 2 (ou 3) à frente do Benfica, ou seja teríamos campeonato até ao último instante.

 

Para bem do Benfica e do próprio sistema desportivo, importa denunciar o sistema e lutar pelo seu fim, mas também convém que não fiquemos ingenuamente à espera que isso aconteça. Se o sistema existe e nos prejudica (melhor dito, se existe essencialmente para nos prejudicar) temos que ser ainda mais organizados, ainda mais fortes e unidos para o vencer.

 




43 comentários:
De Herr von Bolas a 26 de Abril de 2009 às 12:27
Mesquita Machado e Pinto da Costa...conversam

www.aguia-vigilante.blogspot.com

Pouco tempo após ter sido chamado para prestar declarações à PJ na sequencia de afirmações proferidas sobre a arbitragem do Benfica-Braga, (ver aqui) Mesquita Machado,
apareceu ao lado do omnipresente Pinto da Costa, um homem sem medo, apesar de estar a cumprir castigo por tentativa de corrupção, a assistir ao jogo Braga-Trofense. Tambem MM não foi condenado a sair de presidente da AG da FPF, cargo que exercia há muito. Ele saiu, porque pediu a demissão, por ter dito o que disse. Espantoso, não é?

Claro que qualquer tribunal civil, não condenaria nenhum destes senhores por assistirem juntos a um jogo de futebol. Tal como não condenaram o mesmo Pinto da Costa, por alegadamente ter recebido em sua casa, para um cafezinho, que se transformou em aconselhamento familiar sigiloso, o arbitro Augusto Duarte.

Ora, se tambem foi natural e por isso arquivado um processo em que uma factura de uma viagem pela Cosmos, também de um arbitro, Amorim, mais conhecido por Calheiros, foi apanhada pela PJ na contabilidade, depois de paga, pelo clube de PC, porque obra e graça deveria a Justiça condenar uma simples , mais uma, conversa entre MM e PC, para mais sem ser ao telelé?

Entretanto Pinto de Sousa, o chefão dos árbitros da FPF, durante muitos anos, aguarda, sem se manifestar valentão.
---------------------

Como diria um miguel espertalhão,
coisas da maçonaria... mas seria mais correcto (?)
chamar-lhe ´mafia, esta sim secreta/sigilosa com capangas tipo Pidá e ilegal. Mas sem medo.


De Alexandre a 26 de Abril de 2009 às 11:07
Miguel Álvares Ribeiro 100% .. concordo com tudo o que disse, ao contrário do que aquilo que o bruno carvalho e comparsas vem defendendo.

Benfiquistas exigentes SIM ... CEGOS JAMAIS !!

Haver pessoas que renunciem ao sistema dos ultimos 32 anos é renunciar o Holocausto, só mostra o carácter dessas pessoas.


De GOSTO MUITO DE FRUTA a 26 de Abril de 2009 às 23:34
"Haver pessoas que renunciem ao sistema dos ultimos 32 anos é renunciar o Holocausto, só mostra o carácter dessas pessoas"

A culpa não é tua mas de quem deixa passar este tipo de comentários.
O Sr. Miguel que foi tão lesto a usar a censura nos meus comentários, pelos vistos em nada o incomoda a comparação entre o holocausto e um jogo de futebol.
Haja o minímo de decência. Se não têm....retirem-se.


De Miguel Álvares Ribeiro a 27 de Abril de 2009 às 09:36
Caro Gosto muito de fruta

Tem toda a razão; por falta de tempo, não consegui responder aos comentários e deixei passar esta infeliz comparação.

Cumprimentos


De conselheiro familiar a 25 de Abril de 2009 às 13:14
Resposta ao miguel
24 de abril - 21.38

O tribunal impediu A testemunha de defesa de PC (o corrupto) de apresentar os seus argumentos. O mesmo onde foi o abonatório, Mortágua.
O mesmo tribunal, que permitiu uma testemunha de acusação ser agredida e ameaçada sem que nada acontecesse à agressora. Nem um assomo de preocupação demonstrou.
O mesmo tribunal que não condenou por falta de provas, o montante da corrupção não bateu certo, o corruptor porque este se refugiou no aconselhamento familiar, quando em anteriores declarações tinha dito que foi apenas para tomar um cafezinho que o arbitro esteve em sua casa.
Tambem a teoria da Ana acamada teve que ser substituida à pressa.

Fazer queixa para tribunal resolver? Com estas leis onde se podem fazer declarações atrás de declarações mas só valem se a acusação as provar. Nem o que a investigação vale, como as escutas... Quando se trata de mafias não justiça que chegue...

Isto tem que ser na justiça desportiva... Onde há regulamentos diferentes.

Já agora uma pergunta, porque foi o chefão mafioso condenado com 2 anos?
Se calhar foi por dar milho aos pardais.

E porque foi o arbitro lá a casa, contra o que, desportivamente, é permitido?
Coitadinha da mãe do Augusto tão corneada que foi... claro que tinha que ser um especialista em cornos, como PC, a urgentemente e no maior sigilo a resolver o caso.

Ser valente num sistema destes, quando as leis favorecem os criminosos e os meios de prova não são concludentes, onde a corrupção nunca será evitada, é pura demagogia . E não é o facto de os tribunais não condenarem que ela deixa de existir.

Não há ninguem HONESTO que o diga.

Só os estupores que o/a defendem... e só quem a/o defende é que a pratica... e ainda é valente.


De Miguel a 24 de Abril de 2009 às 21:54
A facilidade de uso da palavra "sistema" em Portugal só encontra paralelo com a facilidade de uso da palavra "maçonaria".

Toda a gente fala em Maçonaria, mas ninguém sabe como funciona, nem onde fica, nem quem faz parte. Típico Português.


De joaoaugusto a 23 de Abril de 2009 às 22:40
Caro Miguel:

Com a devida vénia, aqui vai um trecho publicado no "Correio da Manhã", eu já tinha sabido por interposta pessoa...talvez a mesma que passou para o "correio"......-do que se tinha passado na reunião de alguns componentes dos Corpos sociais do GLORIOSO na pretérita segunda-feira à noitinha.... isto é que é o verdadeiro problema e o sintoma do total fracasso da gestão do senhor LFVieira, então eis o reumo publicado hoje no dito jornal:



Benfica: Reunião dos órgãos sociais dos encarnados
Filipe Vieira culpa Rui Costa
Luís Filipe Vieira demarcou-se de responsabilidades nos maus resultados da equipa de futebol nesta época e admitiu aos Órgãos Sociais (OS) do Benfica, na segunda-feira, que haverá um buraco de 40 milhões de euros no passivo do clube se não forem vendidos jogadores.


Na reunião não esteve presente o director desportivo do clube e um dos administradores da SAD, Rui Costa.

"Sou apenas responsável pelas contratações de Urreta e Sidnei", lembrou Vieira, segundo contou ao CM um dos participantes na reunião. Na sua alocução, o líder directivo das águias frisou que o orçamento para 2008/09 foi o maior de sempre (30 milhões de euros) e que estavam criadas todas as condições para a equipa conseguir melhores resultados.

Numa reunião que contou com as presenças de Rui Cunha (vice-presidente da SAD e do Benfica), Manuel Vilarinho (presidente da Assembleia Geral) e Walter Marques (pre-sidente do Conselho Fiscal, Vieira, soube o CM, deixou ainda mais preocupados os parceiros dos Corpos Sociais, ao admitir que sem a venda de jogadores, o passivo poderá acusar um buraco de 40 milhões de euros no final do ano.



De HERR VON BOLAS a 24 de Abril de 2009 às 06:46
João augusto,
é pá granda problema....

Mais um escriba tipo PATO.

Mas gosta mais deles com arroz.. e bom tintol .


De Luís Miguel a 24 de Abril de 2009 às 10:24
Já agora meto também uma notícia que já eu desconfiava. Razão tinha LFV na ultima conferência de imprensa em relação ao ricord e correio da manha.

"Rui Costa nega conflitos com Luís Filipe Vieira

O director desportivo do Benfica negou hoje qualquer conflito com o presidente do clube, Luís Filipe Vieira, com quem garante já estar a preparar a próxima temporada. Rui Costa adiantou ainda que «brevemente» poderá anunciar a contratação do lateral-direito Patric.

Rui Costa
ASF

«Nunca houve conflitos entre mim e o presidente. Este é mais um episódio a dar azo para que se fale do Benfica. Esse capítulo nunca foi aberto porque nunca houve nada. As pessoas que se querem divertir às custas do Benfica não têm o meu apoio», disse o antigo jogador encarnado à saída das instalações da SIC, onde foi homenageado pela estação de Carnaxide.

Rui Costa afiançou que já está a preparar a próxima temporada com Luís Filipe Vieira e adiantou que «brevemente» poderá anunciar a contratação de Patric, internacional sub-21 brasileiro que milita no S. Caetano."


De Viriato de Viseu a 24 de Abril de 2009 às 12:24
Isto vem no Correio Manhoso onde o APINTO é agora accionista.

O Correio Manhoso, esteve lá?

Tem lá algum microfone instalado?

Se lá tem um infiltrado não se pode confiar já que esse infiltrado vende por bom dinheiro informações e, quanto mais sangue...mais recebe!

Não acreditem nos jornais.

Eles são todos do MAMAO do tio Belmiro e da CUfina agora cangada pelo novo accionista.

O Unico jornal que nos interessa ler é o BENFICA !!!

Mainada!!!


De a.rodrigues a 25 de Abril de 2009 às 00:00
Tudo isto é conversa para destabilizar. Pena é que até benfiquistas acreditem nestas tretas.


De guna a 23 de Abril de 2009 às 21:46
O sistema:

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1376242&idCanal=1030


De conselheiro familiar a 24 de Abril de 2009 às 11:46
De facto os "patos" andam muito activos.

www.conselheirofamiliar.blogs.sapo.pt


De Pedro silva a 23 de Abril de 2009 às 13:40
Pois é a sua classificação está errada o Benfica estaria à frente com 7 pontos de avanço. Se os arbitros o deixasse jogar. Quanto ao jogo miserável que fizemos na Amadora veja o jogo de ontem do Porto. O brilhante jogo que os atletas do Estrela fizeram.

O problema do Benfica é um problema interno e um problema externo. Por isso não posso estar de acordo com o ASC porque tudo atribui a causas inteiras desvalorizando o facto de o FCP ter vindo a apropriar-se dos orgãos de disciplina e de arbitragens de ter 40 jogadores só suplantado pelo Liverpool que tem 60 atletas. Porém existe uma diferença é que o lIverpoll não pode usar os seus atletas emprestados a clubes da premier ligue, porque o sistema inglês não deixa.

Mas também não concordo com o Pedro Fonseca, porque o Quique se devia ir embora. Não a culpa também é dos jogadores e se calhar do treinador que não possue a mistica necessária.

Mas não acredito que Bruno de carvalho vá mudar alguma coisa com António de Sousa Cardozo, são dois naiffs do futebol português cheios de ingenuidade e de desculpalização do estado miserável a que se encontra o futebol português. Seriam mais dois bonequinhos e dos puppets on strings do Pinto da Costa, que vê mais a dormir do qualquer deles acordado.



De PR a 24 de Abril de 2009 às 04:40
Falam muito da arbitragem e até de arbitros estrangeiros para Portugal, deixo só aqui um simples comentário : Sem árbitros Portugueses o Sporting levou 12 do Bayern e 8 do Barcelona. Sem árbitros Portugueses o Benfica foi humilhado por gregos, turcos e ucranianos e acabou em ultimo na Taça UEFA. Afinal quem é que precisa dos Lucílios e Paixões de Portugal?

justificam sempre tudo com contradições


De Malak a 23 de Abril de 2009 às 11:50
Não acredito neste futebol português o sr jorge nuno estragou o nosso futebol com os seus jogos de ineresses corruptos...é pena porque eu penso que tinhamos condições para termos um campeonato muito competitivo e com muitas receitas para todos...mas como isto está não vai durar muito este modelo competitivo com clube completamente individados e falidos algo vai ter de ser feito para que isto não feche as portas....eu gosto de futebol mas eu perguntos a todos os que aqui escrevem:quando olham para um jogo seja ele na tv ou ao vivo acreditam naquilo que estão a ver?


De Yur@n a 23 de Abril de 2009 às 11:14
Caro MAR

A estratégia do Benfica em relação ao sistema tem de passar em primeiro lugar por derrotar o mesmo onde nós temos possibilidade de o fazer, em campo. Se nós conseguirmos apesar de todas a manobras ganhar titulos, o sistema acaba por definhar e desaparecer, a perpetuação deste depende dos resultados e respectivas contrapartidas financeiras.
Em segundo lugar denunciar, os critérios duvidosos dos àrbitros, os critérios duvidosos dos orgãos disciplinares, a linha informativa da imprensa. Para tudo isto existem meios objectivos para comprovar. não vale a pena continuar com a história das escutas, nada vai acontecer, as mesmas apenas comprovam a existência do sistema sem que no entanto possam contribuir para o seu fim. Que se assumam claramente os beneficios e se exponham os prejuizos, na certeza que na contabilidade final vai cair por terra a máxima de que "os grandes são sempre beneficiados/prejudicados de forma igual".


De RIVUS a 24 de Abril de 2009 às 22:43
Ó meu caro Yur@n, mas então não vê que o problema está mesmo aí? Conseguir ganhar-lhes em campo? Então para que julga que eles querem o sistema e são mesmo o sistema? Ando a dizê-lo há muito e o meu amigo diz muito bem; só derrotando-os em campo é que eles poderão cair. E eles sabem muito bem disso. Mas é quase impossível, mantendo-se o sistema como está e com a pujança que tem. Por isso eles não facilitam, dado tratar-se de uma questão de sobrevivência. Também se torna um círculo vicioso: quanto mais ganham, mais reforçam as coisas e mais sobrevivem; e quanto mais reforçam o sistema e sobrevivem, mais ganham. Entendo que a estratégia correcta é mesmo desmantelar o sistema, com acutilância e persistência.





De 3aneldaluz a 23 de Abril de 2009 às 10:55
Concordo plenamente que existe um sistema montado há muito e com ramificações extensas. Eu próprio já presenciei "in vivo" esse mesmo sistema em pleno funcionamento (mais não digo).

Mas a minha questão é a seguinte...se todos sabemos que está um sistema montado e perfeitamente instalado e impune no futebol português, porque gastar-se 60 milhões de Euros em duas épocas, sabendo de antemão que dificilmente ganhariamos o campeonato? Valerá a pena continuar todo este investimento, pondo em causa a viabilidade financeira do clube?

www.3aneldaluz.wordpress.com


De GOSTO MUITO DE FRUTA a 23 de Abril de 2009 às 12:29
"Eu próprio já presenciei "in vivo" esse mesmo sistema em pleno funcionamento (mais não digo)."

E não foste á judiciária???????


De 3aneldaluz a 24 de Abril de 2009 às 11:12
Jogo FCP Vs Lens / Quartos Final Uefa / Pós jogo Reinaldo Teles / António Gomes / Mais uns quantos da SAD / 4 àrbitros / Putas / Tamariz / Porto

Chega?


De Miguel a 24 de Abril de 2009 às 21:38
Típico cobarde.. Viu e não chamou a polícia? Então o criminoso é o sr. (mesmo que passivo não deixa de ser criminoso).

Esta é a realidade deste país, qualquer prostituta, qualquer anormal, acéfalo, pode acusar alguém, de algo, sem factos, nem provas.

Vá dizer isso a um tribunal seu cobarde, vá. Pobre País o meu. O tribunal não é um blog não é seu pobre coitado? Enfim.


Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds