Segunda-feira, 20 de Abril de 2009

Pedro Fonseca em 20/04/09 | comentar

O “sistema” está bem e recomenda-se. O “sistema” não dorme, raramente se distrai e a notícia da sua morte era exagerada. A história de construção do “sistema”, ou “polvo”, como quiserem, é mais ou menos conhecida, mas façamos uma breve viagem ao passado.

 

No início da década de 80, o fc porto tentou montar um esquema que permitisse consolidar os campeonatos ganhos em 78 e 79, quase 20 anos depois do último título. O primeiro a perceber essa necessidade dava pelo nome de código de “Zé do Boné”.
A estratégia era amadora, embora inteligente. O alvo era o Benfica (aliás, o alvo sempre foi o Benfica – que o sporting não conta e nunca contou) e os jornais da época começaram a divulgar as célebres tiradas do Zé, entre as quais a histórica expressão dos “roubos de igreja”.
Escusado será lembrar que o grande “roubo de igreja” desses anos tinha dado o título ao fc porto, em 78, quando o árbitro marcou um livre que não foi junto à área do Benfica, que deu o empate aos azuis e brancos, a 7 minutos do fim.
Com o desaparecimento do estratega-mor, entrou em campo o engenheiro-chefe, o gerente de caixa, o padrinho ou o papa – tudo nomes de código, claro. A estratégia mudou, foi mais burilada e mais adaptada aos tempos modernos.
O objectivo era o mesmo: tornar o Benfica um clube domesticado. Ao contrário do que muitos julgam, as benesses aos homens de negro era apenas uma das peças de um puzzle variado e diversificado. Imaginação não faltava para aqueles lados.
Nem gente disposta a submeter-se por um prato de lentilhas, entre as quais, infelizmente, temos de contar com alguns ex-presidentes do Benfica, que por ignorância, negligência ou oportunismo, fizeram o jogo do inimigo.
O engenheiro-chefe foi paciente, meticuloso e sabichão. Aproveitando o declínio, por motivos políticos, de clubes do Sul, como o Barreirense ou a CUF, ou económicos, como o Portimonense, tratou de “substituí-los” por clubes do Norte, que ascenderam à 1ª Divisão à custa da magnanimidade do grande clube do Norte. O exemplo mais paradigmático foi o Leça, mas outros podiam ser referidos.
A dívida de gratidão era paga com enormes hinos à verdade desportiva que campeonato após campeonato o País assistia, com o beneplácito das autoridades desportivas – também elas já condicionadas pelo “polvo”, como a Federação e a Liga.
O passo seguinte foi o do empréstimo de jogadores a esses clubes, a esmagadora maioria com os seus salários a serem pagos integralmente pelo grémio azul. Volto a lembrar o exemplo do Leça, mas podia referir muitos outros, e só não o faço porque alguns deles pagaram bem caro o terem querido libertar-se do jugo azul e estão agora paulatinamente a regressar do inferno.
Era ver como estes jogadores emprestados se “empenhavam” nos jogos contra o fc porto e sofriam uma metamorfose total quando defrontavam o Benfica. Era a verdade desportiva em todo o seu esplendor.
O puzzle estava ainda incompleto. Era preciso ir mais longe e mais alto. Aos árbitros? Ainda não. Aos observadores, aqueles que tinham por missão classificar os árbitros e, assim, fazê-los subir e descer de divisão ou, mesmo, torná-los “internacionais”, árbitros FIFA, com a consequente rentabilidade económico-financeira para os seus bolsos.
Assim, estes observadores, gente com necessidades básicas, eram sempre muito acarinhados pelo exército de voluntários ao serviço da missão papal. Nunca se saberá ao certo o volume das dívidas de gratidão que daí nasceram.
Mas há mais. A “cadeia alimentar” ainda estava incompleta. E os observadores, não tinham ninguém a quem obedecer? Claro que tinham: os delegados da Liga. Era então preciso condicionar estes delegados, para que tudo ficasse na ordem natural das coisas.
Depois, sim, lá teriam de vir os homens do apito, para que nada fosse deixado ao acaso. Este era o degrau mais complexo e mais perigoso. Porque o mais exposto. Era preciso muito tacto e muita disponibilidade.
Mas, claro, a coisa gozava de tanta impunidade que mesmo a melhor organização cometeu os seus deslizes: o “caso” do árbitro Francisco Silva (irradiado para ser o cordeiro de sacrifício essencial para esconder o “esquema” e desviar as atenções); a factura brasileira da viagem do senhor Amorim; e, por fim, os processos dos apitos.
Porém, a máquina não se engasgou. O edifício era (e é) quase impenetrável. A teia e a rede de cumplicidades, promiscuidades, gratidões, dívidas, favores, envolvem milhares de nomes, nos mais diversos cargos – uns dependem dos outros. A escada nunca se quebra, nenhum degrau fica vazio.
Falo disto para lembrar uma tese que entra directamente no compêndio dos esquemas montados pelo “polvo”. Um esquema muito engenhoso e que tem enganado muito boa gente. A estratégia passa por prejudicar o Benfica em alturas chave do campeonato e, depois, beneficiá-lo quando tudo está já decidido.
Esta época (e podia dar exemplo de todas as épocas) esta tese foi evidente no Benfica – Nacional, com o erro de Pedro Henriques; no Benfica – V. Setúbal, com a expulsão perdoada a um setubalense e o golo anulado ao Benfica); no Belenenses – Benfica (com 3 penáltis perdoados aos azuis do Restelo) e, exemplo máximo, no fc porto – Benfica, com o penálti marcado contra o Glorioso. Em todos estes jogos, que o Benfica empatou, a vitória permitia-nos alcançar o 1º lugar.
O inverso também é verdadeiro. O fc porto é beneficiado em alturas chave. Querem melhor exemplo do que o de ontem, em Coimbra, com o escandaloso penálti perdoado ao fc porto, com o resultado em branco?
O “sistema” ou o “polvo” tem muitas histórias para contar, mas ficamos por esta breve abordagem. É por isso que o Benfica não lhes pode dar tréguas. Ainda estamos a pagar o preço de algumas alianças espúrias entre o engenheiro-chefe e alguns dos nossos ex-presidentes. A esses, a História não os absolverá.



83 comentários:
De MM a 25 de Abril de 2009 às 17:27
Sabem qual a semelhança entre os benfiquistas e os portistas? ambos passam a vida a pensar no Porto...


De Anónimo a 23 de Abril de 2009 às 12:52
horrivel post e da maneira ke vejo os blogs benfiquistas das 2 1 ou anda tudo de barriga cheia a comer e a beber dado do lfv o manipulador o pior presidente da historia do benfica ou entao a maioria dos blogs benfiquistas nao sao de benfiquistas como e possivel comparar o benfica da decada de 80 já com o suposto sistema em andamento comesse benfiquinha do sec.21 o benfica da decada de 80 so foi a 3 fianis europeias ganhou o seu ultimo bicampeonato ganhou 3 taças de portugal seguidas inclusive 3 a 1 ao porto incrivel nao acredito ke sejam tao tapados.e a continuar assim enfim vou desistir


De MAFARRICO a 23 de Abril de 2009 às 10:36
Caro Pedro
Muito me alegra vê-lo de novo ao lado do BENFICA, na luta contra a máfia instalada por esse padrinho do norte.
Tudo o que diz corresponde inteiramente á verdade, só que talvez por esquecimento, não mencionou a imprensa, essa imprensa que tem dado total apoio a todos os atropelos, a todas as vigarices e a todas as sacanices feitas por essa sinistra figura que é o presidente do clube mais corrupto do mundo.
E o apoio da dita imprensa, não está só em esconder os erros dos árbitros, que como muito bem diz, são cometidos cirurgicamente, está também na sistemática campanha de destabilização do BENFICA, ora compram carradas de jogadores, ora vendem todo o plantel,ora contratam meia dúzia de treinadores, ora despedem o treinador, ora arranjam conflitos sem fim, tudo serve para criar destabilização.
Portanto também a imprensa foi e continua a ser controlada pele máfia instalada, e todos sabemos como uma "boa" imprensa o jeito que faz.
Abraço
BENFICA SEMPRE



De anónimo a 23 de Abril de 2009 às 21:07
Ora aqui está o exemplo concreto do que a malta aqui quer ler e aplaudir....
Se o BC tivesse este discurso era já presidente, virtualmente falando.
Não ganhamos nada? Não há problema, a explicação está aí: o "papa" e os seguidores nortenhos têm tudo na mão.
(que importância e poder dão a tal personagem).
O clube regional agradece e pró ano aqui estaremos novamente sem ganhar nada e com estes lamentos da praxe.


De Xander_Aguia a 22 de Abril de 2009 às 18:39
Boa tarde.

Lamentável que um Comentário meu sobre o Artigo acima não tivesse sido aceite.

Censura a um Benfiquista num Blog Relacionado com o Sport Lisboa e Benfica????

Muito mau.....Sr Pedro Fonseca......


De Anónimo a 22 de Abril de 2009 às 16:54
Vamos a votar em Pedro Fonseca para Presidente. Com ele a dominar o sistema todo, vamos ser novamente campeoes....


De Luis Negroni a 22 de Abril de 2009 às 00:58
"Esta época (e podia dar exemplo de todas as épocas) esta tese foi evidente no Benfica – Nacional, com o erro de Pedro Henriques; no Benfica – V. Setúbal, com a expulsão perdoada a um setubalense e o golo anulado ao Benfica); no Belenenses – Benfica (com 3 penáltis perdoados aos azuis do Restelo) e, exemplo máximo, no fc porto – Benfica, com o penálti marcado contra o Glorioso. Em todos estes jogos, que o Benfica empatou, a vitória permitia-nos alcançar o 1º lugar."

Santa cegueira vermelha! Haja Deus! Tantos jogos que esta época o SLB ganhou e que poderia ter empatado e perdido, perdendo tantos pontos, se tivessem sido marcados penaltis evidentes, que ficaram por marcar! Por exemplo, com o Braga, por varrimento de Luisão a Luís Aguiar (com a agravante de o SLB ter marcado o seu único golo em evidente fora de jogo) . Por exemplo, com o Rio Ave e o Estrela, onde David Luiz (que pela cacetada constante em quase todos os lances de todos os jogos, vou passar a designar por David Luizão) corta a bola na área com o braço bem aberto. Por exemplo, com o Paços, onde Rúben Amorim, em plena área, dá um valente pontapé num jogador do Paços. Entre Braga, Rio Ave, Estrela e Paços, já eram "só" 9 pontos que o SLB teria feito a menos. Coisa pouca, para 4 jogos, bem se vê.

E nem sequer falo no que aconteceu nos jogos com FCP (Luisão e Nuno Gomes por expulsar, penalti de Quim sobre Rodriguez por marcar, na Luz, e penalti sobre Lucho e Sidney por expulsar, no Dragão, muito antes do lance de Lisandro), com Leixões (golo mal anulado ao Leixões por pretenso fora de jogo e + 2 foras de jogo mal tirados com jogadores do Leixões isolados), com Académica (penalti inventado pelo sócio Proença num mergulho de Reyes e expulsões perdoadas a Yebda e David Luizão), com Marítimo (onde o SLB foi tão levado ao colo pelo senhor Artur Soares Dias, com tantos erros grosseiros desde o penalti inicial com expulsão de Marcos, passando pelas não expulsões de Luisão e David Luizão, até aos fora de jogo mal assinalados a jogadores do Marítimo, que um jogo onde provávelmente nem empatado teriam. Porque senão eram 15 pontos a menos para o SLB, que estaria na sua justa posição na tabela classificativa, em 7º lugar, atrás do Marítimo.


De SO VERMELHO a 23 de Abril de 2009 às 14:00
Caro Negroni
Vai pregar para marrocos pá!!!
Da-se; não te enxergas nem á lei da máfia.
Para camelos já nos bastam os do porto.


De Anónimo a 23 de Abril de 2009 às 14:38
Ya, com certeza. Com esse rigor todo, se fôssemos analisar os benefícios dados ao FCP, nesta altura estariam em 7º... a contar do fim !


De Luis Negroni a 21 de Abril de 2009 às 23:33
Onde se lê "Tree", deve ler-se, obviamente, "Three".


De Luis Negroni a 21 de Abril de 2009 às 23:16
O Pedro Fonseca, o HERR VON BOLAS (com maiúsculas) e o Viriato de Viseu, são 3 comediantes do melhor. O que eu não me divirto com as burlescas e divertidas teorias da conspiração que eles inventam. Fazem um trio de estarolas melhor que aquele que dava pelo nome de "The Tree Stooges" e fez rir a América durante décadas. Continuem, que precisamos de rir muito, para não morrermos de stress com a crise que vai por Portugal e pelo Mundo.


De OBSERVADOR ATENTO a 21 de Abril de 2009 às 20:26
Caro Pedro,

Muito bem definido o sistema. Todo o benfiquista que se preze deveria ter à cabeceira este seu post . Digo isto sem qualquer ironia e só não viu quem não acompanhou com a atenção a montagem do sistema contra o Benfica.
Dito isto, e sem prejuízo dos efeitos do sistema esta época, tenho pena dos sucessivos tiros nos pés dados pelo nosso querido Benfica, caso do treinador Quique Flores que foi escolhido com pouca ponderação e cujos resultados estão à vista. Penso, por outro lado, que LFV não deveria candidatar-se, porque não tem argumentos desportivos para isso, embora sinta alguma mágoa dado o trabalho de gestão que efectuou (Casas, Canal Benfica, Estádio, Centro de estágio, Fundação) mas no futebol, temos que ser realistas, nada avançou. A saída de LFV tem que ser a favor de um candidato credível, que não me parece ser o caso de um dos fundadores de este Blog, neste caso prefiro claramente LFV . Este bloger não tem a mais pequena hipótese de ganhar as eleições. Basta ouvi-lo falar do Apito dourado e da "grandeza" do clube regional do Douro.
Um abraço, caro Pedro, e saudações benfiquistas


De SOCIO 11.554 - Águia de Prata a 21 de Abril de 2009 às 17:30
Pedro Fonseca

Excelente post! Porém convém não esquecer uma peça muito importante deste edifício de corrupção que grassa no nosso futebol : o célebre acordo secreto assinado entre essa grande potência futebolística da Palermo Portuguesa e a sua filial Lisboeta. Esse acordo, denunciado por João Rocha de forma clara e indiscutível, celebrado no tempo de Vale e Azevedo, permite que hoje toda a comunicação social esteja absolutamente controlada pelo "italianos" e seus satélites.


Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds