Sexta-feira, 13 de Março de 2009

Paulo Ferreira em 13/03/09 | comentar

O Bruno Carvalho anunciou ontem que se iria candidatar à Presidência do Benfica e não poderia dissociar o meu post deste facto.

 

É importante clarificar que neste blog provavelmente existirão bloggers que o apoiarão e outros que não o farão, e como tal faz sentido que este espaço continue a ser um local de discussão e não de tendência ou de propaganda em que cada um defende e promove o que entender e está sujeito aos comentários de quem nos julga.

 

Concordando-se ou não com as opiniões de cada um, existe um mérito inequívoco neste passo de candidatura do Bruno. A partir de agora, ninguém o poderá acusar de criticar sem apresentar soluções! As soluções do Bruno serão ele próprio e a sua lista e projecto. Cabe-nos a todos julgar esta candidatura e todo o projecto e decidir no momento próprio se queremos ou não uma mudança na liderança do clube.

 

É um passo de coragem que gostando-se ou não tem de ser registado.

 

A minha posição, conhecendo o Bruno mas sem conhecer a fundo o projecto, é que será uma boa opção de viragem no clube e como tal terá o meu apoio. Reconheço e manifesto gratidão sobre o trabalho de LFV, mas entendo que está na altura de mudar. E está na altura porque o anunciado novo ciclo de mérito desportivo apregoado nunca chegou a acontecer e neste momento o “nervosismo” por tal começa a afectar o próprio equilíbrio financeiro devido à tentativa de ganhar a qualquer custo (não, não estou a falar dos métodos reprováveis dos outros…e ainda bem que por aí nunca fomos).

 

Depois de vários ciclos de novos treinadores, novos jogadores, este é o “click” da mudança que o Benfica necessita.

 

Boa Sorte Bruno!

 

Mas não desfoquemos do essencial porque existe um campeonato para ganhar antes de nos preocuparmos com as eleições. E esse filme de vitória tem mais um capítulo amanhã frente ao V. Guimarães.

 

Força Benfica!

Paulo Ferreira




117 comentários:
De Nelson Ferreira a 17 de Março de 2009 às 10:34
Para mim, a solução está na política / estratégia a seguir - a qual deve ser sufragada pelos sócios.

Esta política envolve controlo de custos - numa perspectiva de redimensionamento à realidade do futebol português - essencialmente suportada numa política de formação de jogadores e imposição de limites mínimos para a integração de jovens valores no plantel sénior.

A proposta mais rigorosa e clara, assente em princípios orientadores, que persiga firmemente estes objectivos (formação - controlo de custos - redução metódica, mas determinada e intransigente, do passivo), que venha a ser apresentada a votação por uma lista candidata à presidência do Benfica - merece sem reservas o meu voto!


De Almeida a 16 de Março de 2009 às 18:28
Eu como portista, o melhor elogio que posso fazer, é esperar que o senhor Bruno Carvalho não ganhe as eleições e que o Luís Filipe Vieira fique lá por muitos e bons anos (para nós)... :)

Mas, é sempre bom ver que afinal ainda existem benfiquistas que conseguem ver além das ilusões que mantêm o actual presidente no poleiro. Que conseguem manter os olhos abertos apesar das constantes lufadas de areia que o Luis Filipe Vieira atira sempre que se vê apertado. Desculpa atrás de desculpa.

Não fosse esta guerra santa (em que o seu principal propagandista, LFV, não tem nada de santo) contra o FCP e o Pinto da Costa e acham que o LFV ainda estava na presidência do clube? Com a performance em todas as modalidades a ser medíocre na melhor das hipóteses, com as contas do Benfica envoltas numa névoa que não deixam ver o que realmente se passa ou se é verdadeiro o que esta direcção proclama que está a abater a dívida (o que é deveras estranho para quem tanto apregoa a transparência).


Eu como portista quero acreditar que o Pinto da Costa está inocente, mas não sou burro, e obviamente não ponho as mãos no fogo por ele. Assim como vocês também não deveriam pôr pelo vosso presidente...

O LFV é tão inocente como o Pinto da Costa, com a diferença que os indícios de um são investigados e os de outro não e são constantemente abafados.




Agora, independentemente disso, não tentem fazer as pessoas de burras como o vosso presidente tenta fazer dos adeptos do Benfica. Eu sei que uma mentira dita muitas vezes passa a verdade, e é com isso que LFV tenta disfarçar a sua performance medíocre, tentando ficar mais uns anos à frente do Benfica, mas felizmente existem pessoas que conseguem ver mais além. Aqui e em qualquer "ramo" da sociedade.


Não queria entrar muito na polémica da corrupção, pois não é o tópico deste thread, mas dizer que todos os títulos conquistados pelo FCP nos últimos 30 anos foram comprados revela um QI muito baixo já para não falar em alguma tacanhez futebolística que o impede de ver o que está à vista de toda a gente e que é que o FCP foi o melhor clube (reparem que eu digo clube e não apenas equipa) em grande parte desses anos.




Será que jogadores como Madjer, Futre, Juary, Celso, Branco, Fernando Gomes, Fernando Couto, Rui Barros, Jorge Costa, Vitor Baia, Jardel, Zahovic, Drulovic, Ricardo Carvalho, Deco, Maniche, Costinha, Quaresma, Raul Meireles, Lucho, Bosingwa, Maccharty, Jorge Andrade, Anderson, Derlei ou Hulk não valem nada e os títulos que eles conquistaram foram todos comprados?

Será que treinadores como Pedroto, Tomislav Ivic, Bobby Robson ou Mourinho também não valem nada?



A diferença, é que o FCP tem uma estrutura estável, muda de treinador quando tem que mudar e não quando dá jeito mudar. Não muda de equipa todas as épocas comprando jogadores ao quilo e de qualidade duvidosa. Aproveita uma grande percentagem (ou pelo menos bem maior que o SLB e Sporting) dos jogadores que contrata, muitos deles rejeitados pelos outros grandes (Deco? Maniche? Jardel? Só para lembrar alguns). A diferença é que o balneário do FCP 95% das épocas é completamente imune à comunicação social. A diferença é que o FCP além de formar e de ajudar os jogadores a evoluir, torna-os profissionais (ou pelo menos uma grande parte deles), faz com que corram, que mereçam o ordenado (se é que é possível merecer tamanha quantidade de dinheiro a dar toques na bola).

Enquanto o Benfica não mudar a mentalidade, a estrutura e organização não vai sair da cepa torta... Não foi por acaso que alguém que já foi importante para o clube disse que o Benfica tinha que ser como o FCP, porque independentemente do vosso ódio pelo meu clube, o FCP é a única equipa em Portugal no verdadeiro sentido da palavra...






E muito sinceramente, e apesar de portista, não pude deixar de concordar com grande parte do que o senhor Bruno Carvalho escreveu. E como tal, uma vez mais digo....


...espero que perca as eleições. :)








P.S.- É de lamentar que ninguém possa ter uma opinião contrária ao do sentido da "maré" sem que se entre logo em ataques pessoais e insultos. Muita gente devia ter vergonha do que escreve em blogs desta e outra natureza...


De Odete Coelho a 16 de Março de 2009 às 17:47
Então não responde a uma senhora que o interpela educadamente?!
A pergunta pode ser um bocado incómoda, mas mesmo assim...

Já não há cavalheiros como antigamente...:)



De Paulo Ferreira a 20 de Março de 2009 às 15:37
Por um motivo qualquer a sua mensagem passou para um arquivo e por isso não foi publicada (nem respondida) em tempo útil. As minhas desculpas por tal


De MANICHE a 16 de Março de 2009 às 14:40
Boa sorte, Bruno!
E para fazer melhor que o LFV nem será preciso muito esforço.


De slboogle a 16 de Março de 2009 às 13:06
O slboogle tem disponível uma nova secção de cartoons, com o objectivo de trazer um pouco de humor ao teu motor de busca preferido! :)

http://www.slboogle.com/parlapier/parlapier.html

Aproveita e da já uma olhadela! :)

VIVA O SLB!

http://www.slboogle.com


De SLB Sempre a 15 de Março de 2009 às 23:54
Se depender do meu voto nunca será Presidente do Clube do meu coração, o Sport Lisboa e Benfica. Força Luis Filipe Vieira. Não faltam por aí benfiquistazinhos a mando do clube de bairro do nuorte.


De Paulo a 12 de Abril de 2009 às 23:16
Só porque vem do porto já vem a mando do PC? essa já e velha, mas se preferes um Benfica a jogar com exibições como Guimarães ou Estrela da Amadora, ou ter em media um treinador por ano e no final não ganhar-mos nada tu e tantos benfiquistas que irão votar no LFV lá sabem, não posso votar por não ser sócio , mas o meu benfiquismo que NUNCA seja colocado em causa, e caso tivesse direito a voto este senhor Bruno Carvalho teria certamente o meu voto


De Odete Coelho a 14 de Março de 2009 às 21:56
Desculpe lá voltar à carga...:)
Li melhor o post e fiquei um pouco perplexa, confesso.
"...sem conhecer a fundo o projecto...terá o meu apoio."

Como é que apoia uma candidatura sem conhecer o seu projecto?????!!!!!!!
Assina cheques em branco?
Mesmo que discorde de LFV, se aparecerem outros candidatos com projectos mais válidos, o que fará?

Cumprimentos.



De Anónimo a 14 de Março de 2009 às 18:15
São mesmo capangas de mafiosos como o nazi e ex-juiz dos Tribunais Plenários que defende o Pinto da Costa.
Estão bem retratados embora com "bitola" baixa.


De Anónimo a 14 de Março de 2009 às 18:13


Menos por menos
Opinião: A ordem dos advogados
14.03.2009 - 16h51 Pedro Mexia
Um navio naufraga e afogam-se cem advogados. É um desastre? Não, é um bom começo.

Sempre ouvi anedotas destas. E não percebia porquê tanto azedume. Era como se os advogados fossem a escória do mundo. Conheço a classe: tenho primos e amigos advogados e até já me amiguei com causídicas. Eu próprio estive quase a ser da tribo. Depois de um curso penoso, fui o estagiário mais incompetente desde o cavalo de Calígula e chumbei na prova oral, entalado com perguntas inclementes sobre registos e notariado, assunto a que eu tinha devotado tanta atenção como à diferença entre as etnias balanta e bijagós. Em vez de repetir o exame, como outros faziam, senti que aquilo era um sinal divino e suspendi a inscrição. E lá continua suspensa, há tantos anos que já deve ter caído ao chão, exausta.

A verdade é que se tudo tivesse corrido mal eu hoje seria advogado. Estava tudo encaminhado para que me tornasse, como toda a gente, "casado, quotidiano, fútil e tributável". Não escapei totalmente a ser “gros bourgeois” (mais “gros” que “bourgeois”), mas escapei à advocacia. Num texto chamado “Why I Am Not a Lawyer”, o ensaísta americano Joseph Epstein imagina-se um advogado de sucesso, atravessando a cidade no seu descapotável, com um belo casaco de caxemira, um relógio com um mostrador gigante, as unhas de manicura esmerada, os lavados e muitos dentes brancos à mostra. É isso que eu seria, se tivesse sido um advogado de sucesso, e também para ser um coçado advogado da comarca de Lamego não teria valido a pena. Joseph Epstein diz que o que o afastou da advocacia foi em grande medida a literatice e a impaciência com temas entediantes. Faço minhas as palavras do ilustre colega.

O grande Tocqueville escreveu que os advogados americanos eram a aristocracia da democracia. Mas Tocqueville nunca conheceu um perito em evasão fiscal de Boca Raton. Reconheço a nobreza da ideia de “advocatus”, "aquele que é chamado". A defesa dos ofendidos e a administração da justiça são bens necessários. Mas não é preciso ter passado pelos bancos da faculdade para perceber que a vida jurídica tem pouco a ver com a Justiça maiúscula. É antes uma questão de provas, cláusulas, argumentos, interpretações, truques. Faço parte das pessoas que na juventude se interessaram pela profissão por causa dos advogados criminais das séries televisivas, litigantes de barra janotas e retóricos, que lidavam com casos fascinantes e eram gente decente. De” Perry Mason” às “Teias da Lei”, foram anos de doutrinação, e só no estágio percebi que até o direito criminal é um tédio (consiste basicamente no contacto com janados, larápios de automóveis e caloteiros).

Se a vida dos advogados é menos excitante do que parece, a nobreza da profissão também é bem menos evidente do que o ideal. O Estatuto da Ordem dos Advogados proclama, no seu artigo 82º: "A honestidade, probidade, rectidão, lealdade, cortesia e sinceridade são obrigações profissionais." É um artigo anedótico, uma notável anedota de advogados. Se isso fosse assim, porque é que uma sondagem recente punha os advogados quase no fim da lista das profissões simpáticas aos portugueses? É que levavam um banho dos bombeiros que nem com agulhetas.

O exacerbamento da dimensão "virtuosa" da advocacia lembra aquele delicioso preceito da Constituição jacobina de 1793: "Todos os cidadãos devem ser bons." Claro que há muitos advogados honestos, leais, corteses e o mais, mas nada disso é característica especial da profissão. Quanto à ideia de que os advogados são "sinceros", diria que é o adjectivo mais improvável de entre todos os contidos no dicionário Houaiss. Basta lermos as notícias: hoje em dia os advogados são muitas vezes empresários, lobbyistas, capangas de mafiosos. A mentira é para eles um dever profissional. Não creio que a classe se encontre moralmente abaixo da dos picheleiros ou dos talhantes, mas daí a tecer elogios à sua elevação ética vão uns quantos jantares em restaurantes da moda.

A autoconfiança da espécie é um espectáculo que eu contemplo todos dias com renovado pasmo. Alguém dizia que um advogado é um tipo que se senta e compõe a gravata à espera que todos exclamem: eis finalmente um tipo que se sabe sentar e compor a gravata


De herr von bolas a 14 de Março de 2009 às 17:32
Depois de vários ciclos de novos treinadores, novos jogadores, este é o “click” da mudança que o Benfica necessita.

Diz Paulo Ferreira.

Meu caro, não me vai dizer como vai BC programar garantidamente e com que meios crediveis a sua pretendida presidencia para resolver esse magno problema dos ciclos?
Esclareça-me e a todos os que aqui postam.
..........
Bora ganhar ao Guimarães e aos outros até final da Liga.


Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds