Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

Bruno Carvalho em 05/12/08 | comentar

 

Em primeiro lugar, gostava de saudar os meus companheiros de blog pelas suas reacções ao meu post “Ensaio sobre a Cegueira”, que vêm demonstrar a vitalidade deste nosso blog.
 
É para mim claro que o “Novo Benfica” tornou-se um espaço de debate de ideias em torno do Benfica, que é aquilo que eu queria quando decidi, com o António Souza-Cardoso, lançar este projecto.
 
Não posso deixar de agradecer ao Paulo Ferreira o facto de ter transferido o seu habitual post das sextas-feiras para domingo para que eu pudesse responder, em tempo útil, aos reparos que me foram feitos.
 
Feita esta pequena introdução, gostava de deixar as seguintes notas:
 
1.
 
Quanto ao que escreveu Pedro Ribeiro (P) no seu texto “História do Cerco de Lisboa” tenho a dizer o seguinte:
 
Eu também acho que o Benfica tem que reencontrar a sua identidade e formular um modelo ganhador próprio que não será, seguramente, igual ao do FC Porto.
 
No entanto, alerto para o facto de não ser eu que estou obcecado com o FC Porto, mas sim a actual Administração do Benfica, que gasta demasiado tempo a falar do Apito Dourado ou a fazer más figuras na UEFA (na companhia do Guimarães) a tentar ganhar na secretaria o que perdeu em campo, num ano em que ficou a 23 pontos do Porto.
 
Em vez de estarem tão preocupados com o Porto deveriam estar mais concentrados nos problemas do próprio Benfica como, por exemplo, a entrevista dada por David Suazo à imprensa do seu país.
 
Nessa entrevista, David Suazo, o jogador mais bem pago a jogar em Portugal disse o seguinte sobre o Benfica após o empate com o Setúbal: “devemos trabalhar com mais vontade nos treinos”.
 
É disto que eu falo… Isto é verdade? Seria isto possível no Porto?
 
E já agora, em que posição deixou Suazo o seu treinador Quique Flores e também Rui Costa que assiste a todos os treinos do Benfica? Será que eles não vêem o mesmo que Suazo?
 
E isto tem alguma relação com a corrupção no futebol português?
 
Finalmente, creio firmemente que o Benfica tem que olhar para modelos ganhadores e perceber em que pode melhorar (não imitar) de forma a construir o seu próprio caminho.
 
Por exemplo:
 
- o Benfica deve olhar para clubes como o Manchester United ou o Real Madrid para ver o que eles fazem ao nível do marketing, uma vez que são clubes campeões de receitas neste domínio
 
- o Benfica deve olhar para o Sporting e para o Ajax para perceber o que de bem fazem estes clubes no domínio da formação de jogadores
 
- o Benfica, não perde nada por olhar para o Porto, para perceber quais são as verdadeiras razões do sucesso do Porto.
 
 
2.
 
Quanto ao comentário que o Pedro Fonseca (O Inferno da Luz) deixou ao meu post, penso que é melhor transcrevê-lo primeiro.
 
Pedro Fonseca escreveu:
 
Facto 1 - O guarda Abel nunca existiu;
Facto 2 - O apito dourado nunca existiu;
Facto 3 - O Carlos Calheiros nunca existiu;
Facto 4 - O Adriano Pinto nunca foi presidente da AF do porto;
Facto 5 - O Dias da Cunha nunca disse que os rostos do sistema eram o PC e o Valentim;
Facto 6 - O Platini nunca disse que o FCP era um clube corrupto;
Facto 7 - O FCP nunca foi acusado de corrupção desportiva;
Facto 8 - O António Garrido nunca existiu;
Facto 9 - O Lourenço Pinto nunca existiu e não é, agora, presidente da AF porto;
Facto 10 - O Guímaro nunca existiu;
Facto 11 - O Silvano nunca existiu;
Facto 12 - Os jogadores do Benfica nunca se equiparam nos corredores de nenhum estádio;
Facto 13 - Nunca nenhum clube colocou o balneário onde se iam equipar os jogadores do Benfica em estado impróprio para utilizar;
Facto 14 - Nunca nenhum dirigente do Benfica abandonou um estádio de futebol escondido numa ambulância;
Facto 15 - Nunca nenhum ex-árbitro inglês escreveu qualquer livro a denunciar as "recepções" que o FCP fazia aos árbitros estrangeiros nos jogos internacionais;
etc., etc., etc...

Relativamente a estes factos apontados pelo meu amigo Pedro Fonseca, gostava de esclarecer de uma vez por todas que não tento branquear as situações de corrupção que se têm vivido no futebol português. Uma leitura atenta do meu post “O Porto, o FC Porto e Pinto da Costa” deixa isso bem claro para quem saiba ler português.
 
É que para muitos essa dita corrupção explica tudo. Para mim não só não explica tudo, como não explica quase nada.
 
Efectivamente, eu acho que há outras explicações para o facto de o Benfica não ganhar que vão muito para além dessa cartilha que nos é impingida diariamente e que, repito, é muito conveniente aos dirigentes que se têm revelado incapazes de combater a supremacia do Porto.
 
Daqui pergunto a todos que relação têm as coisas que o Pedro Fonseca enumera com o facto de:
 
- o Benfica não ir a uma final europeia há 18 anos
 
- o Benfica ter perdido em Vigo 7-0
 
- os benfiquistas terem elegido Vale e Azevedo para Presidente quando nessas eleições tinham um candidato da categoria de Luís Tadeu. Será porque Luís Tadeu não seria um “Presidente do Povo”?
 
- o Benfica ter ficado de fora das competições europeias 2 anos seguidos, quando tinha até então participado sempre
 
- o Benfica ter ficado em 6º lugar no campeonato de 2000/01
 
- o Benfica ter sido deixado de fora de uma organização da importância do G14
 
- o Benfica deixar sair Mourinho, Deco e Maniche para o Porto
 
- o Benfica não conseguir transferir os seus jogadores para os grandes clubes da Europa enquanto outros o fazem sistematicamente
 
- o Benfica ser eliminado das competições europeias por equipas sem categoria como o Getafe, Español ou Celtic e de estar, este ano, em último num grupo cheio de equipas vulgares
 
- o Benfica não ter uma política de manutenção de treinadores que foram campeões, como aconteceu nos casos de Toni, Trapattoni, Beto Aranha ou Aleksander Donner
 
- o Benfica ter despedido o seu treinador ao fim da primeira jornada por ter empatado um jogo fora, sendo que era o mesmo treinador da época anterior
 
- O Presidente do Benfica anunciar que tem a melhor equipa dos últimos 10 anos e depois ficar em 4º lugar
 
- o Benfica contratar camiões de jogadores de péssima qualidade
 
- o Benfica, desde que há Liga dos Campeões, ter passado a fase de grupos por uma única vez
 
- o Benfica não conseguir formar nenhum jogador de indiscutível qualidade desde Rui Costa
 
Pergunto, a todos, e a ti Pedro em especial, o que é que isto tudo tem a ver com o Guarda Abel, com o Carlos Calheiros, com o Guímaro ou com o estado do balneário em que o Benfica se equipa?
 
 
3.
 
Uma nota final para os comentários que o Júlio Machado Vaz colocou no meu post.
 
Devo dizer publicamente que acho sábias as suas palavras. Também acho que não se devem dividir os benfiquistas em “bons” e “maus”. Isso, de facto, não aproveita a ninguém.
 
Dito isto, confesso que estou um pouco cansado que ponham em causa o meu benfiquismo apenas porque expresso as minhas opiniões.
 
Mas esse será o tema do meu próximo post.
 
 
Um abraço para todos e em especial para o Pedro Ribeiro, para o Pedro Fonseca e para o Júlio Machado Vaz.
 
Bruno Carvalho
 
 



65 comentários:
De Carlos a 19 de Fevereiro de 2009 às 11:30
As "frutas" "apitos, dourados ou finais" estão arquivados no caixote do lixo, ao lado da factura em nome de José Amorim (vulgo José Amorim). "Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara." In Ensaio sobre a Cegueira. Esta conversa redonda sobre "Verdeiros Benfiquistas" e...os outros, tem apenas o mérito de mostras as opiniões de fundamentalistas do "é tudo culpa do sistema" ou do "Está tudo mal no Benfica" e assim poderem pensar o que de facto interessa ao nosso Benfica. Importante sim é que "frutas", rebuçados" ou outros "petit rien" possam não voltar a surgir.Quero mesmo é que a bola entre. Quanto a toda a teoria da conspiração, em frente, a conversa já basta. Deixo a minha opinião, e conta apenas isso sobre o assunto. Terão bastado cerca 5 anos de puro ataque ao "Sul" para que a velha máxima de “se contares uma mentira várias vezes” até te convences ser verdade. Bom, pós esses 5 anos (era Pedroto) o dinheirito entrado permitiu compras de Futres e Co. Óbvio que pós Corrupção descarada de 5 anos, a actuação da antiga secção de Boxe do Futebol Club do Porto (Reinaldo Teles Pinto da Costa, etc) se tem limitado a “acções cirúrgicas” sempre que “as coisas possam não estar dentro das leis das Antas. Guímaros, quinhentinhos, calheiros, viagens ao Brasil, rebuçadinhos, fruta são apenas Post Scriptums de verdadeiros livros, ditos enciclopédias, de como via futebol se consegue que um clube de bairro chegue a Viena e com todo o mérito consiga com um calcanhar de um argelino ganhar uma TCE.



De SouTrofense a 5 de Janeiro de 2009 às 17:38
Sou portista
Depois de ver os posts fico mais descansado em relação aos 'verdadeiros benfiquistas'. Felizmente não pensam como o Bruno…
Se calhar depois do Trofense…
E o Trofense também deve ter sido muito ajudado pelos arbitros porque para ganhar ao SLB é quase como o FCP ganhar ao Arsenal…

Já agora os túneis são o do jogo com Nacional?
Continuem!!


De Nuno Figo a 10 de Dezembro de 2008 às 19:25
Justificar o insucesso do Benfica com a corrupção do Porto é, naturalmente, simplista.
O Benfica tem uma imensa quota parte de responsabilidade, fruto de erros de gestão financeira e desportiva e de um leque de dirigentes incapazes ou pior (entre os quais não coloco Luis Filipe Vieira e a actual direcção. Terão feito erros, alguns até bem grandes, mas o trabalho de recuperação que fizeram foi duro e bem feito).

Internamente temos culpas. Há que enfrentá-las, encará-las, aprender com elas e não as repetir.

Mas o caro Bruno "ignora" o resto.

Esquece-se que desporto é competição e ninguém compete sozinho.
E neste contexto, esquece-se das forças que se moveram contra o Benfica, nestes últimos 25 anos.
Quando apresenta no "Ensaio" o rol de conquistas do Porto, há que saber interpretar as mesmas, e não dar as respostas - perdoe-me a expressão - estúpidas que pôs na boca dos "Verdadeiros Benfiquistas" às mesmas.

Vejamos... A mecânica de vitória do FCP baseia-se em duas componentes:
- a interna: visando, através de todos os meios, melhorar o rendimento do Porto.
Isto fez-se com boas aquisições, bons treinadores, uma equipa de gestão estável, uma claque orquestrada (a que se somam as más aquisições, maus treinadores e os devaneios da claque - afinal, criaram um monstro) e a criação de uma cultura "à Porto".

- a externa: com o objectivo de, através de todos os meios, prejudicar o rendimento dos adversários.
Isto fez-se com uma campanha permanente de vitimização e guerrilha (o "Terreiro do Paço", o "Estádio de Oeiras", os "Poderes da Capital". Lembrar o célebre discurso da bomba no pavilhão das Antas), com corrupção desportiva contra os seus adversários (não só acusada, como incompletamente diz, mas provada e sentenciada), com uma política de "parcerias" com clubes e associações (nem sempre ou raramente transparente) e com um controlo - por várias vias - dos media e opinião pública (relembro, a propósito, que nos últimos anos o Benfica passou subitamente a ser o "clube do regime Salazarista").

A reboque das estratégias do Porto minou-se o futebol.
A Olivedesportos (que foi parceira de todos... mas uns são mais parceiros que outros) tratou das receitas televisivas. A violência alastrou-se, tirando muita gente dos estádios e baixando o grau de "clubite". Os clubes mais pequenos passaram a negociar preferencialmente com o Porto (em alternativa, sofriam - vide Portimonense, entre tantos outros).

Com isto o Porto ganhou massa crítica. Tanto que há vários anos não precisa de corrupção para vencer - tem pelo menos o maior orçamento dos clubes portugueses. Mas isto não apaga 2 décadas de roubo descarado. E mesmo assim mantém as acções ilegais (diz a justiça desportiva). Porquê? Porque é um clube menor, com menos potencial de receita, que se não agir "fora da normalidade", cairá na mesma: como o 3º maior clube português, que é.

A ligação disto ao Benfica é óbvia.
Afastando os "simpatizantes" do futebol (pelos media, pela violência, pela guerrilha), sobram os "adeptos": em simpatizantes o Benfica é de longe o maior clube português. Em adeptos, é "apenas" e marginalmente o maior.
Também pela forma como geriu os clubes parceiros/amigos, o FCP conseguiu criar uma hegemonia a todos os títulos bizarra.
Usando o poder da AF Porto, transportou para Norte o centro de gravidade do futebol Português (nunca estranhou o facto de as regiões autónomas terem sido, durante anos a fio, "Sul". Ou que o Sul começasse em Leiria? Em nenhum mapa de regionalização isto é visto... só no mapa do futebol).

Concluindo: Nos últimos 25 anos há culpas a apontar ao Benfica para os seus maus resultados. Há também mérito desportivo dos seus adversários. Mas o Benfica foi também alvo de inúmeras acções e de uma estratégia global de inimigos (e não adversários) que o visaram como óbvio alvo.
Não sejamos ingénuos.

E findo com aquilo que é o meu princípio condutor: no desporto, como na vida, quem corrompe, rouba ou prejudica o seu semelhante deve ser condenado e nunca pode ser aplaudido. Desejar ser como o Porto, não desejarei nunca.

Saudações Benfiquistas.


De Gil Lopes a 10 de Dezembro de 2008 às 11:35
Já diz o povo.
O maior cego, é aquele que não quer ver.
Não se trata de justificar as más opcçõe que o SLB e os Benfiquistas tomam, porque como toda a gente, erram.
Mas percebam uma coisa de uma vez por todas. É complematemte impossivel, lutar contra a corrupção de igual para igual, sem se ser corrupto também.
Como essa, e muito bem, não é a posição do meu clube, por isso sou orgulhosamente Benfiquista, parte sempre em desvantagem em relação aos outros.
Senhor Bruno Carvalho.
Não ponho em causa o seu benfiquismo, pois certamente deverá sofrer tanto como os outros com as derrotas, mas entenda uma coisa de uma vez por todas.
Sem a corrupção o Porto não tinha chegado onde chegou.
E sem ela vai ser muito dificil, se não impossivel tirar os "galos do poleiro".
Ou acham que as arbitagens deste ano tem sido obra do acaso???
Abram os olhos.




De Jose Cardoso a 10 de Dezembro de 2008 às 10:21
Sr- Bruno Carvalho eu sou leitor assiduo deste blog e quando tomei conhecimento dele pensei que este blog fosse uma boa maneira de todos os benfiquistas expressarem as suas opiniões em relação ao nosso clube e ao futebol em geral mas infelismente estou a reparar que este blog se esta a tornar numa “Guerra de palavras e provocações” lamento que assim seja.
A minha educação sempre foi respeitar as opiniões embora não concordando, mas não prestar vassalagem e quando discordo tento fazer ver o meu ponto de vista.
Não vou discutir quem é mais benfiquista porque para mim são todos iguais, eu costumo dizer que só há dois clubes em portugal o Benfica e os outros, portanto até aqui esclarecidos. Muitas das vezes concordo consigo com as analizes que faz á gestão que tem sido praticada no nosso clube mas tambem deixe-me dizer-lhe que o nosso clube tem sido muitas mas muitas vezes prejudicado para bem de outros e já estou farto de jogadas por baixo da mesa, e não me parece que o FCPorto seja exemplo para minguém porque todos nós sabemos como é que esse clube tem acomulado titulos e boas equipas, mas enfim isso fica para outras conversas. E até mesmo esta época que estamos mais fortes temos jogado contra 14 em campo e não houve um unico jogo esta época da liga que não tenhamos sido ROUBADOS nem um, até mesmo na madeira que gánha-mos por 6-0 na 2º parte do jogo um jogador do Benfica não podia sequer olhar para o arbito que era logo admolestado com cartão amarelo.
Agora peço aos blogueres que se deixem de se provocar uns aos outros e discutam ideias e nada mais que isso para bem do blog. Seria de bom tom acho eu que o senhor tivesse respondido ao seu colega de blog de outra forma mais em privado para não deixar a ideia que há divisão entre os blogers.
E por favor não vinque muito essa ideia que o FCPorto é um bom exemplo porque não o é. Manchester United, Liverpool, Real Madrid, Milão,Bayerne Monique etc é que são bons exemplos pelo que sei não precisão de recorrer a jogadas de subornos para vencerem e serem grandes.

Fico-me por aqui agora Um abraço e saudações benfiquistas


De paulo a 9 de Dezembro de 2008 às 18:08
tens razao o porto ganhou tudo em 25 anos so gostava alem do benfica ser campeao esse ano ke o benfica fosse um dia campeon europeu outra vez


De UmaNoCravoOutraNaFerradura a 9 de Dezembro de 2008 às 17:47
Bruno,

Li os teus posts sobre a cegueira.
Tu tens razão. A história da corrupção como tema central acaba por funcionar como areia para os olhos. Não creio que deva ser ignorada, mas certamente que não deve ter a atenção que se lhe dá por cá (talvez por fazermos parte de uma cultura latina ?).
No campeonato nacional até acredito que um "ventinho" a favor por parte da arbitragem seja decisivo para determinar o campeão numa época ou outra, mas certamente que não o é num ano em que o vencedor tem mais de vinte pontos de vantagem sobre os outros (!).

Mas atenção. Ao enumerares de forma tão exaustiva os insucessos do Benfica dos últimos vinte e tal anos, estás a magoar muita gente. Nota-se uma certa cólera nas tuas análises (provavelmente devida ao "negative feedback" que tens tido nos últimos tempos). Tens que ter calma. Tens que ser mais eufemista.

Com tantos altos e baixos, os Benfiquistas acabaram por se tornar bipolares. É o oito ou o oitenta...


De HCorreia a 9 de Dezembro de 2008 às 13:19
Porque no te callas?


De PMCA a 9 de Dezembro de 2008 às 10:34
Caro Bruno,
Mais um texto com pistas interessantes, para quem pretender reflectir seriamente sobre o passado presente e futuro do benfica.
Tenho a certeza que é um grande dia para um grande Benfiquista, como o Bruno, sair à rua na cidade do Porto - Como diz o nosso treinador, temos que salientar este bom momento.
Saudações Benfiquistas.


De Bruno Carvalho a 8 de Dezembro de 2008 às 21:10
Caros frequentadores do Novo Benfica,
A minha vontade é sempre a de responder a todas as pessoas que aqui deixam comentários.
No entanto, devido ao número elevado de comentários que tenho recebido é-me, de todo, impossível fazê-lo.
Peço desculpa a todos e prometo fazer um esforço para voltar a responder a todos.
Cumprimentos,
Bruno Carvalho


Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds