Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

Pedro Fonseca em 17/11/08 | comentar

Cada clube tem a sua matriz genética, cada presidente o seu estilo. O ideal será uma comunhão entre as características mais marcantes da massa associativa e o perfil pessoal do líder.

O Benfica atingiu esse ponto de convergência entre aquilo que é a essência do clube e a forma de estar, a filosofia de vida, do actual Presidente do Glorioso. Passemos a explicar.
Clube do povo, o Benfica não nasceu em berço de ouro, como os seus dois mais directos rivais. Escolheu a cor vermelha, como forma de melhor expressar essa ligação indelével às camadas mais pobres e de estratos sociais mais baixos.
O contraponto com o Sporting, clube da aristocracia e do regime, e com o FC Porto, da alta burguesia portuense, foi evidente e notório. As vitórias no campeonato, a conquista da Taça Latina, em 1950, e, principalmente, a epopeia dos anos 60, com as duas vitórias na Taça dos Campeões Europeus, fizeram do Benfica um fenómeno de aceitação em Portugal e nas antigas colónias.
Se a base, onde estava a esmagadora maioria dos adeptos, sócios e simpatizantes, era preenchida com a gente pobre e assalariada, os golos de Julinho e de Eusébio, mas também as vitórias de José Maria Nicolau, na Volta a Portugal em bicicleta, garantiram um apoio transversal em todas as camadas da população.
Mas o Benfica nasceu povo, é povo e será sempre povo. Nem sempre os líderes do clube souberam perceber esse toque divino à nascença. Uns por distinção social, outros por estilo.
Não é o caso de Luís Filipe Vieira. O actual presidente do Benfica pode vir, no futuro, a ser identificado como o “Presidente do Estádio”, ou o “Presidente da Credibilidade”, ou, ainda, o “Presidente da Recuperação Económico-Financeira”, ou, mais ainda, o “Presidente do Regresso aos Títulos”.
Mas, verdadeiramente, o que lhe vai garantir um lugar ao lado de Joaquim Ferreira Bogalho, Maurício Vieira de Brito e de Duarte Borges Coutinho, é o facto de ser (ter sido) o “Presidente do Povo”.
Por debaixo da capa de negociador implacável, de empresário de mérito e de gestor de sucesso, está a alma de um adepto comum, igual à de milhões e milhões de adeptos do Benfica espalhados pelo Mundo.
O homem que não troca o bom nome e a credibilidade do Benfica pelas vitórias (mesmo que isso não seja totalmente entendido); o homem que prefere manter os pés na terra, cumprindo os contratos que celebra (mesmo que isso lhe acarrete algumas incompreensões); o homem que não hipoteca o futuro do Benfica mesmo que lhe agitem ilusórias e efémeras vitórias – esse homem é o mesmo que vibra com os êxitos e com os títulos, sejam os do futsal ou os do futebol; é o mesmo que desde que há cinco anos assumiu a liderança do Benfica, não se cansa de percorrer as Casas do Benfica, de Norte a Sul, para estar junto do “povo benfiquista”.
Em 2004/2005, no Bessa, na última jornada do campeonato, com o Benfica a conquistar o título depois de 11 anos de jejum, Vieira foi o adepto comum, que entrou no relvado para abraçar um a um todos os jogadores que tinham acabado de cumprir um sonho.
Aliás, escrevo-o com conhecimento de causa, às vezes essa paixão irracional de adepto transfere para segundo plano o rigor do gestor de créditos firmados. Por um momento, Luís Filipe Vieira também deixou que o seu “coração vermelho” se aventurasse e fugisse para fora do controlo do frio e imprescutável guardião do rigor e do equilíbrio das contas do maior clube do Mundo.
No ano do título (2004/2005), após a inesperada e quase catastrófica derrota em Penafiel, o Benfica precisava de vencer o Sporting (fulgurante com Peseiro) na Luz para unicamente depender de si para chegar ao título.
Logo nessa fatídica noite, Vieira fez saber junto da Direcção do Boavista que estava na disposição de comprar toda a bilheteira do estádio do Bessa, onde o Benfica disputava o último jogo do campeonato.
O arrojo e a coragem teve um preço. Alto. Quase um milhão de euros. Em Óbidos, no primeiro dia de estágio com vista ao jogo com o Sporting, o Presidente do Benfica reuniu todo o plantel e colocou em cima da mesa os caixotes com os bilhetes adquiridos. Disse apenas que o que estava ali dentro era o sonho de milhões de benfiquistas e que esse sonho não podia ser desfeito.
Luisão avançou e batendo com a mão no peito garantiu: “Presidente, vamos ganhar e vamos ser campeões”. Na Luz e no Bessa, a história é conhecida. Onze anos depois, o Benfica era, de novo, Campeão. E Luís Filipe Vieira, o “Presidente do Povo”.

 

Post-Scriptum: O "post" do António Souza-Cardozo sobre o Bruno Carvalho tem toda a minha solidariedade e o meu apoio. Sem me querer alongar, apenas digo isto: o Bruno é um verdadeiro benfiquista, de corpo e alma - com a coragem que eu gostaria de ter e com um coração do tamanho do Mundo. Voltarei a este assunto no "O INFERNO DA LUZ".


música: Ser benfiquista


40 comentários:
De Vitoria do Benfica a 18 de Novembro de 2008 às 08:22
Bom Dia Pedro restantes amigos e outros visitantes do blog

Estou de acordo com tudo o que diz sobre o actual presidente do nosso clube. Mas o que me encanta é o facto de comparar o seu Post com o último do Bruno Carvalho e identificar a amizade a tolerância o respeito mútuo entre vocês . Este respeito eu pude constatar no Estádio da Luz, onde os conheci pessoalmente e nos Posts que se sucederam e onde o jantar foi comentado.

Ontem assisti a mais um programa A Bola é Redonda, quero mais uma vez dar-lhe os parabéns extensivos ao Raul pela forma cordata como se pronunciam e conversam sobre Futebol. Mas ontem a grande surpresa foi a substituição de Manuel Serrão por outro adepto do FCP, educado, cordato inteligente e pouco dado a opiniões brejeiras ou de incitação à violência e ao ódio entre clubes, ou seja o outro lado do Rio.

Depois de acabar o vosso programa mudei um pouco para o da SIC lá se discutia o Carlos Queiroz a e a sua reconciliação com o presidente do Sporting. Ficamos a saber que muito se deve a Dias Ferreira . Mas o curioso foi no programa anterior um dos representantes do Sporting , quando confrontado com a presença de Pinto da Costa junto a Soares Franco no jogo da Taça , afirmar que Queiroz não era bem-vindo a Alvalade. Foi infeliz o representante do Sporting porque para defender o indefensável não precisava de demonstrar que não está por dentro da diplomacia do clube.

Isto não acontece no Benfica e por isso para todos Saudações Benfiquistas


De O INFERNO DA LUZ a 18 de Novembro de 2008 às 09:45
Cara amiga Vitória, não faz ideia de como as suas palavras me fizeram bem. Tive um prazer enorme em a conhecer pessoalmente, e a sua lucidez e inteligência são um bálsamo no meio de muita intriga e maldicência. Obrigado, repito, pelas suas palavras. Obrigado por ver e comentar o programa A Bola É Redonda, do Porto Canal, e não deixe de passar a mensagem. Bem-haja por tudo e por ser benfiquista. Pedro Fonseca


De ANONIMUS a 18 de Novembro de 2008 às 03:27
O Pedro estragou o belissmo post sobre o Presidente do Povo com o seu Post-Scriptum.Ate parece encomenda.Mas tudo bem opinioes sao opinioes e ha que defender o companheiro mesmo que ele bata constantemente no Presidente do Povo que o Pedro tanto defende e ja o tenha rebatido atraves de um ou dois dos seus dos seus posts.Se o Bruno como "benfiquista" tem o "coracao do tamanho do mundo",pergunto, qual o tamanho do seu?


De O INFERNO DA LUZ a 18 de Novembro de 2008 às 09:47
Obrigado pelas suas palavras. Tanto o meu post e como o meu post-scriptum são exactamente o que eu penso sobre Luís Filipe Vieira e Bruno Carvalho. Um abraço e saudações benfiquistas. Pedro Fonseca


De ANONIMUS a 18 de Novembro de 2008 às 19:59
O mesmo sera dizer: (em sentido figurado,claro esta) "ADORAR E SERVIR DOIS SENHORES AO MESMO TEMPO", uma forma ambigua de nao condescendencia mesmo sentindo que um dos lados milita o sentido oposto ao que na realidade acreditamos.Enfim...


De Xander_Aguia a 18 de Novembro de 2008 às 00:07
Boa Noite.

Confesso que fiquei perplexo com a péssima escolha do Timing para este artigo.

Depois do Post do Bruno , que despertou muita participação , pois tocou na ferida e obviamente esgrimiram-se argumentos , mais ou menos racionalmente , mas era quiçá timing para mudar de assunto , ainda por cima com tanto assunto relacionado ao Benfica nestes ultimos dias.
Desde o Jogo para o Campeonato , passando pelo ANORMAL , na minha opinião , bloqueio a alguma imprensa depois de divulgados valores referentes a prémios para os administradores da Benfica SAD.
Passando pela questão da rusga aos NN...

Com toda a certeza que adiando uns dias este Artigo , seria a escolha mais racional.

Assim soa tipo.......Passar um atestado de Incompetência ao Bruno.....

Eu por mim falo , mas fiquei algo decepcionado com este desenlace.

Quanto ao artigo , não o comento para já.
Noutra altura que o faça , terei todo o prazer em contribuir com a minha humilde opinião.

Saudações Benfiquistas.


De O INFERNO DA LUZ a 18 de Novembro de 2008 às 09:57
Meu caro amigo, acredite que o "timing" dos meus posts não são condicionados por nenhuma "agenda" mais ou menos premeditada. São fruto de mais ou menos inspiração e são, essencialmente, fruto da minha vontade e do meu pensamento, que são inalienáveis. Quanto aos assuntos que me propõe, eu só dou importância aquilo que tem importância. No mais, apenas lhe digo que não deve tomar por verdadeiras as suas insinuações. Por fim, fico à espera de que comente o meu artigo e não perca tempo com coisas que carecem de fundamento. Um abraço. Pedro Fonseca


De nuno a 17 de Novembro de 2008 às 23:22
és um grande palhaço....
até metes nojo


De O INFERNO DA LUZ a 18 de Novembro de 2008 às 09:58
Caro Nuno, retribuo a sua amabilidade. Um abraço. Pedro Fonseca


De Benfica sou EU a 17 de Novembro de 2008 às 21:33
Mas que conversa é esta ? O presidente que devolveu os títulos ao Benfica ? Isto é para rir ? O Benfica merece muito mais do que UM título nestes anos todos, com o Trappatoni ( e sem convencer ninguém...).
O presidente do povo ? Só se fôr por ser ordinário e mal formado.
Eu sou sócio do Glorioso desde que existo e não voto nele, nunca votei e NUNCA votarei enquanto o cavalheiro fôr sócio do Futebol Clube do Porco e do Sporting.
O Benfica merece mais que isto, merece melhor que um LFV. Não brinquem com a nossa inteligência, se faz favor, tenham decoro.


De O INFERNO DA LUZ a 18 de Novembro de 2008 às 09:59
Meu caro amigo, respeito a sua opinião, embora discorde. O Benfica é plural. um abraço. Pedro Fonseca


De mafegos a 17 de Novembro de 2008 às 19:45
Parece que aqui o Pedro Fonseca vai ter um lugar na próxima direcção,mais um post,mais do mesmo e parece que quer fazer dos outros estúpidos.O Benfica nos últimos 14 anos ganhou um titulo,o Vieira já lá esta há 7 anos e a divida já vai em 300 milhões.
Depois de um fim de semana,onde se soube que os admnistradores tiveram um prémio por terem feito o o seu trabalho e que já ganham por isso e depois da prisão dos NN,nada melhor que ao bom estilo do Cazaquistão,faz-se a apologia de um presidente mediocre.
Em 7 anos
titulos
futebol-1
basquetebol-o
hoquei-o
andebol-1
voleibol-1
ciclismo-fracasso vergonhoso.


De O INFERNO DA LUZ a 18 de Novembro de 2008 às 10:02
Seja bem-vindo meu caro mafegos. Não tome por realidades as suas invenções. Quanto aos títulos, em breve volto ao assunto, mas para já fiquei a saber que o LFV é responsável por tudo, menos por ter sido campeão. Enfim... Um abraço. Pedro Fonseca


De Boca do Inferno a 19 de Novembro de 2008 às 17:52
A tua cegueira é tão forte que não falas no Futsal nem no Rugby. Saberás que também são modalidades?


De Joca Xavier a 17 de Novembro de 2008 às 17:34
Olá meus amigos. Falo-vos em directo de Neuxatel, na Suíça. Está um frio de rachar. Cheguei agora a casa. Só tive tempo de tomar um lanchezinho e uma banhoca quando vejo, em directo, na SIC Notícias algo que me incomodou profundamente: os "no name boys" foram detidos! Como é possível? Dois dos meus melhores amigos, pessoas que muito estimo, entraram para a claque e nunca fizeram mal a uma mosca. Não acredito. Estou chocado. Estive com o Celestino e o Jerónimo (sempre viveu em Samora Correia, trabalhou como picheleiro com o pai desde sempre, moço honesto e trabalhador) nas férias de verão quando estive aí em Portugal. Falamos sobre a vida e as dificuldades que o rapaz sentia em resistir à tentação de dizer não àquele vício nojento chamado droga. Lutou com todas as suas forças e posso vos garantir que chegou a pedir-me que lhe arranjasse trabalho aqui na Suíça. O meu amigo Gomes da Costa, como sabem é Presidente da Associação Luso-Helvética- Os-Galos-de-Neuxatel, arranjou-lhe emprego na apanha de morangos. Recusou à ultima hora porque o a claque lhe garantia outra estabilidade de vida. Sempre pensei que os "no name boys" fossem bons rapazes, nada que se compare com aqueles energúmenos do Porto. Esses sim, uns verdadeiros arruaçeiros. Estou triste meus amigos. Muito triste...


De O INFERNO DA LUZ a 18 de Novembro de 2008 às 10:03
Grande Joca Xavier, um grande abraço para si, daqui de Portugal até à Suiça. Um abraço do tamanho do mundo benfiquista. Pedro Fonseca


De O GLORIOSO a 17 de Novembro de 2008 às 17:07
Grande Texto concordo 200%.
Finalmente no Novo Benfica vem a verdade e a realidade de 1 Homem que não só salvou o Glorioso como o impulsionou para o novo seculo sendo aquilo que sempre foi: um clube pujante, popular, respeitado, glorioso e vencedor.
Vieira, quer por exemplo o sr. Bruno Carvalho queria ou não, é dos melhores presidente de sempre do clube e ficará eternamente na história do Glorioso SLB.
Como aqui já o disse tenho muito orgulho no meu presidente.

P.S- A história do Bessa já a conhecia mas as palavras do Luisão apenas confirmam que é de facto o grande patrão e força do balneario pelo que tem de estar sempre na equipa por muitas criticas que lhe façam. É de facto ingrato mas David Luiz, ou Sidnei é realmente umas grande dor de cabeça (saudavel) para Quique.


De O INFERNO DA LUZ a 18 de Novembro de 2008 às 10:05
Muito obrigado pelas palavras e pelo apoio. um abraço do Pedro Fonseca


De joaoaugusto a 17 de Novembro de 2008 às 16:42
Caro Pedro Fonseca:

LFV já está há uns anitos no "GLORIOSO" , há frente do seu futebol desde 2001, e o que ganhou um título de campeão nacional......de facto quanto a obras estamos conversados ele é o maior!
Mas, quanto ao resto já merecíamos melhor!
Cada um é para aquilo que nasce!
Faça-se uma estátua para o homem,já!
Agora chamar-lhe "Presidente do Povo"!
Haja decoro.
Quem salvou o "Glorioso" não foi nem Vilarinho e muito menos LFV, foi sim um grupo de sócios que constituíram o MOvimento da Cidadania Benfiquista!
Enfrentaram o "Vale Tudo" naquelas assembleias selvagens de 1997 a 2000.Eramos poucos,cerca de trinta ,mas enfrentámo-los.
Colocámos providências cautelares......e outras coisas mais para atrapalhar a "congestão do Vale Tudo"
Sabem os amigos onde andava LFV?
Não sabem?
Pois não!
Comemorava as derrotas do "GLORIOSO", com champanhe ,com o seu grande ex-amigo Pinto Da Costa.
Poi s é!
É a vida.
Mas o senhor Vilarinho?
Onde andava?
Nunca o vi em assembleias a defender o clube .
Vi homens como o Prof.Tadeu,António Figueiredo, Eng.A.Rodrigues,Jaime Antunes,Dr.Rui Santos e poucos mais...porque a onda era apoiar VAle e Azevedo!
Mas, uma mentira muitas vezes dita , passa a ser uma verdade.


De Manoel Barbosa a 17 de Novembro de 2008 às 22:20
Caro João Augusto,

Foi bastante dura (e perigosa !) essa luta, durante meses, contra V.Azevedo !! Se foi !!!
Nas assembleias e fora delas....

Ninguém até hoje foi capaz de contrapôr a minha conclusão: se não tivesse havido a luta, desde Maio até Outubro de 2000 contra V.A. protagonizada pelos membros do Movimento de Cidadania Benfiquista, Manuel Vilarinho, nem ninguém, teria vencido as eleições. O desgaste a V.A. foi eficaz e cirúrgico !
E muito possivelmente o S.L.Benfica teria sido mesmo transaccionado...Vendido ao tal Cooper&friends...

Vieira ? Pergunta bem: por onde andava Vieira na altura ? Você respondeu.
E quem foi, durante muitos meses, de 1997 até meados de 2000, o "presidente do povo" ? -- V.Azevedo.
E o que pensava esse "povo" dos membros do M.Cidadania Benfiquista ? -- o pior possível, com insultos e agressões (sim, agressões !), falsas acusações, etc, etc.

Especial abraço com Saudações Benfiquistas


De O INFERNO DA LUZ a 18 de Novembro de 2008 às 10:08
Caro amigo João Augusto, tem razão, o Benfica é dos benfiquistas, sempre será. Não é de um mas de todos. Uma estátua para LFV? Já aqui o escrevi, se juntar à obra uma série de títulos consecutivos, ninguém lhe tirará o lugar na galeria dos maiores líderes. É verdade, quem salvou o Benfica foram os benfiquistas como você e como todos os que votaram Vilarinho e depois Vieira. Mas um líder é um líder. Um abraço. Pedro Fonseca


De a 17 de Novembro de 2008 às 16:26
LFV “...O homem que não troca o bom nome e a credibilidade do Benfica pelas vitórias...”
Pedro Fonseca
Antes de mais, não sem lhe dizer primeiro que o respeito bastante, lamento o momento inoportuno em que este seu comentário surge. Numa altura em que o Bruno Carvalho é injustamente atacado por um sem número de benfiquistas(?) e o que se pedia era uma demonstração de solidariedade como a do Miguel, eis senão quando surge esse seu comentário, enaltecendo mais uma vez as grandes qualidades do nosso Presidente. Por um lado, escreve em defesa do LFV, como que subscrevendo todas as criticas ferozes ao Bruno, por outro dedica um Post Scriptum ao Bruno manifestando-lhe a sua solidariedade. Confesso-lhe, ainda que acredite não ter sido a sua intenção, que pareceu-me muito mal. No entanto, não obstante concordar com todas as qualidades do LFV patentes, entre outros, no seu post, preferia que revelasse a lucidez suficiente para perceber que o que acabou de dizer já tem sido repetido vezes e vezes sem conta, que é unânime que o LFV fez coisas muito boas, que devolveu a credibilidade institucional e financeira ao Benfica, que é de facto o Presidente do Povo, ou não fosse ele Presidente do Benfica! É verdade! Mas basta de demagogias! Eu enquanto Benfiquista, gostaria de ver, não só reconhecidos os méritos, mas também os fracassos, porque só uma avaliação ampla e lúcida pode ser justa. É irracional que um sem número de Benfiquistas insista em detorpar a verdade dos factos, branqueando os insucessos desportivos do Benfica com alguns dos sucessos financeiros alcançados. Sim Sr. Pedro Fonseca, é claro que o Benfica está mais saudável no capítulo económico-financeiro! Sim, é verdade que o Benfica está infra-estruturado como poucos e ao nível dos melhores do mundo! Sim, é verdade que o LFV está onde houver um Benfiquista! Tudo isto é verdade! Mas é toda a verdade? Não! Para isso é necessário afirmar que o LFV é tão responsável pelos sucessos do Benfica, quanto pelos seus fracassos. É indissociável. Como é que é possível que durante os seus oito anos de Benfica, desde responsável pelo futebol profissional a Presidente, se tenham contratado jogadores como Fyssas, Zach Thornton, Amoreirinha, Manú, Artur Futre, Paulo Almeida, Everson, André Luiz, Delisabic, Andersson, Beto, Moretto, Marco Ferreira, Manduca, Laurent Robert, Marcel, Paulo Jorge, Kikin Fonseca, Miguelito, Luís Filipe, Stretenovic, Butt, Andrés Diáz, EdCarlos, Zoro, etc, etc... Já viu a diferença de qualidade do actual plantel face aos plantéis anteriores? Reconheço, porque não sou autista, o esforço inestimável do nosso Presidente em ter disponibilizado quase 30 milhões para reforços. No entanto, reconheço-lhe muito mais por, finalmente, ter entregue a gestão desportiva do Benfica a quem percebe, neste caso Rui Costa. Será coincidência, desde então, o aumento substancial da qualidade do nosso plantel? Não creio. Então e oito anos com apenas um campeonato – e ganho graças a um milagreiro chamado Trapattoni – com um plantel fraquíssimo e um futebol assustadoramente mau? E ter que reconhecer, e reconheci na altura, que esse futebol horrível era o futebol possível? Será que isso não irrita qualquer Benfiquista? Como é possível não reconhecer que a gestão desportiva do Benfica durante a Presidência do LFV foi um fracasso? Basta analisar resultados, a política de comunicação, de contratações, a dispensa de jogadores que agora (e já na altura, sublinhe-se!!) brilham noutros clubes. Veja-se o exemplo de João Pereira, dispensado para ser substituído pelo L. Filipe. O Benfica vai muito para além de um Presidente, de um jogador. Para terminar, analisando o excerto do seu post que tomei a liberdade de transcrever e colocar no topo deste meu comentário, apetece-me dizer que, e em consonância com os inúmeros ataques pessoais ao Bruno em defesa irracional do nosso Presidente, se calhar seria melhor o Benfica fechar a equipa, fechar o clube de futebol, porque parece que, para optarmos pelas vitórias, teremos que abdicar da boa gestão financeira do clube, do seu bom nome e credibilidade. E eu, como bom Benfiquista que sou, nunca abdicarei desses princípios, NUNCA!! Quanto às vitórias, o Porto que fique com elas!!

Um abraço! Parabéns ao Bruno Carvalho pela sua lucidez e Coluna Vertebral


De O INFERNO DA LUZ a 17 de Novembro de 2008 às 16:55
Meu caro ZÉ: agradeço-lhe que diga que me respeita bastante, embora, que eu saiba, nunca lhe dei razões para o contrário. Eu também respeito quem me respeita. Em segundo lugar, quero que saiba (que todos saibam) que nunca me deixarei condicionar por qualquer facto ou opinião. Salvo em situações excepcionais, esta será a última vez que me vou pronunciar sobre este assunto (corrijo, vou escrever um texto no "O INFERNO DA LUZ"): tenho profunda amizade pelo Bruno Carvalho, já o manifestei várias vezes, em público e pessoalmente, continuar a carregar na mesma tecla parece algo hipócrita e hipócrita não sou. O Bruno sabe que pode contar sempre comigo, em qualquer circunstância. Respeito imenso as suas opiniões e a sua coragem. Ponto final. Tenho enorme respeito e amizade pelo António Souza-Cardoso. Ele e o Bruno Carvalho são do melhor que o Benfica tem. Ponto final. Respeito imenso todos os articulistas deste blogue. Respeito as suas opiniões, mesmo não concordando. Este blogue é uma mais-valia do Benfica e isso deve-se muito ao Bruno. Ponto Final. Uma coisa pode estar certo o ZÉ e todos os ZÈS: não recebo recados de ninguém, nem me limitam a opinião. Quando isso acontecer e verificar que não tenho forças para me opor a esse condicionamento, abandonarei este espaço. Fiz-me compreender. Um abraço do Pedro Fonseca


De a 17 de Novembro de 2008 às 18:52
Quando escrevi o texto de há pouco, dirigi-o ao Pedro e a todos os benfiquistas que leêm este blog. Não o dirigi ao Pedro e a todos os Pedros porque o respeito, e sei que, embora hajam várias pessoas que partilhem do seu ponto de vista, a opinião é sua e responde por ela. Quando se dirige e diz ao ZÉ (a mim) e a todos os Zés que não recebe recados de ninguêm, digo-lhe que lamento profundamente porque não pretendi dar-lhe nenhum recado nem limitar-lhe a sua opinião, apenas quis manifestar a minha. Da-la-ei sempre com respeito, educação e frontalidade, e enquanto sentir que este espaço e respectivos bloggers estejam receptivos a ela. Quando a critica construtiva e educada – ainda que bastante limitada pela impessoalidade do mecanismo - deixar de ser bem vinda a este blog, deixarei de o frequentar.


Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds