Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008

Miguel Álvares Ribeiro em 16/10/08 | comentar

   

 

Dado a ausência anunciada do Bruno Carvalho não resisto a colocar um post hoje.
 
Ontem assisti ao jogo da Selecção através da televisão. De tão interessante que foi, na primeira parte adormeci ao fim de alguns minutos e só acordei no intervalo. Já mais desperto, assisti à segunda parte mas desejei estar ainda a sonhar, tão mau era o pesadelo.
 
Sou insuspeito pois até gosto de Carlos Queirós e concordei com a sua contratação, como escrevi aqui a 19 de Setembro:
 
"... Queiroz é a melhor solução para substituir Scolari. Pelo seu passado e perfil espera-se que, além dos cuidados com a Selecção A, se dedique a construir um projecto de futuro, desenvolvendo a integração com as Selecções mais jovens, para que o investimento na formação de novos valores possa representar uma aposta que assegure o futuro. Espero sinceramente que seja muito bem sucedido nesta sua experiência."
 
mas infelizmente querem-me dar razão, mais cedo do que eu gostaria, em relação ao que escrevi aqui também a 13 de Junho a propósito de Scolari:
 
"Nem sempre concordei com as suas opções e achei deplorável a sua atitude perante o jogador sérvio Dragutinovic.
... 
Apesar disso, acho que lhe devemos estar muito reconhecidos por uma gestão brilhante dos destinos da Selecção. Já tive muitas discussões a propósito deste tema, com pessoas que acham que o que Scolari fez é apenas normal (para não falar daqueles que acham que qualquer outro faria melhor), dado que nunca tivemos um conjunto de jogadores da qualidade dos actuais.
... 
só desde a era Scolari é que deixámos de depender de milagres nas últimas jornadas da fase de qualificação para estarmos, sistematicamente, presentes nas fases finais dos grandes eventos de futebol a nível mundial. O facto de termos perdido a final do Euro 2004 para a Grécia é frequentemente invocado para justificar a falta de capacidade de Scolari, como se fosse um desastre sermos SÓ vice-campeões europeus.
...
Evidentemente que, embora me pareça muito difícil, espero que quem vier faça ainda melhor. De qualquer modo, por tudo o que já fez e pelo que ainda espero que faça nesta campanha do Euro eu tenho que dizer: MUITO OBRIGADO SCOLARI!"
 
De facto, depois dos últimos jogos, já foi esbanjado um grande capital de afeição do público pela Selecção, fruto também de uma relação muito mais distante de Queirós que, nesse particular, perde de largo para Scolari.
 
Além das más exibições realizadas nos últimos jogos, estamos muito perto daquilo que eu mais temia e referi, voltarmos a ter de fazer contas aos milagres necessários para sermos apurados para as fases finais das grandes competições.
 
Este é um dos casos em que eu até preferia não ter razão, mas nunca tive dúvidas de que Scolari fez um trabalho superior na condução dos destinos da Selecção de Portugal. Por isso eu renovo o meu:
 
MUITO OBRIGADO SCOLARI!
 
e desejo as maiores felicidades a Carlos Queirós, esperando poder também daqui a algum tempo agradecer-lhe o que fez pela nossa Selecção.
 

 


sinto-me:


16 comentários:
De peixedeaguasprofundas a 18 de Outubro de 2008 às 10:01
Excelente post caro consócio, a irritação que Scolari
causava nas hostes portistas era uma das traves do seu carisma a nível nacional.
O apoio do treinador JF ao seleccionador nacional é um mau presságio. Nem o Mestre Alves o salvará.
O treinador do FCP, recém-convertido ao sistema, deve ter contraído uma variante do “Síndrome de Estocolmo”. Foram os ares do dragão. Mas isso será da competência do ilustre Prof. Júlio M. Vaz.
Digo eu…



De marley a 17 de Outubro de 2008 às 01:53
Eu diria mesmo obrigado Scolari por "quase" tudo e por nada porque houve o "quase tudo "e o nada na era Scolari . Contudo, estou-lhe agradecida pelos bons momentos que me fez viver com a Selecção. Não gosto de Queirós. Não gosto do "treinador" nem do nariz empinado. Agradeço-lhe o bom estado físico dos nossos jogadores. Como não os usou na Selecção, estão todos fresquinhos .O Benfica agradece e eu também! Portugal é que não lhe pode agradecer tamanha falta de competência na formação da equipa! Inexperiência? Não!...
Saudações benfiquistas


De Miguel a 16 de Outubro de 2008 às 23:25
Só vem confirmar aquilo que digo.

Sem o deco somos uma selecção banal. Só peço pelo amor de deus, alguém lesione o hugo almeida lá na Alemanha.. POR FAVOR.. Mas nada de grave, claro:)


De Terra Limpa a 16 de Outubro de 2008 às 21:09
Caro MAR

Ainda bem que voce adormeceu. Pelo menos teve a hipótese de sonhar com coisasmais agradáveis.
De facto estar acordado em frente ao televisor é ficar sujeito a pesadelos ao ver uma selecção a jogar daquela maneira.
Terá sido culpa dos jogadores? ou estes apenas terão cumprido religiosamente as instruções que lhe são dadas pelos responsáveis técnicos.

mas veja-se que não é só a selecção principal, já que os sub tem o mesmo comportamento.
Quanto a mim parece-me serem instruções técnicas.
Aqui há dis estive a assistir a um jogo dos sub e na apresentação e toque dos hinos, os nossos "representantes" durante esse tempo, estiveram todos de boca fechada.
Estariam convencidos de que só iriam entrar moscas?
mas depois só disseram asneiras ao defender o péssimo desempenho.
Não, assim não gosto de ver selecções nacionais a actuar.
Será que já ganham tanto que o facto de representarem o país para alguns será um frete?
Não haverá mais jogadores para substituir aqueles que parecem estar a fazer um favor?
Esta geração de representantes não me convence.
O Rui Caçador, quando falhou o apuramento e ainda antes, disse que se demitiria.
Depois da desafio contra a Ucrânia, já dizia que tinha contrato até Junho e que estava nas mãos da FPF.
Afinal, dizem-se as coisas conforme mais jeito dá, mas o que é preciso é não fujir do tacho.
Que falta de palavra.
Como pode gente desta ter credibilidade e fazer-se impor perante o grupo de trabalho?
À semelhança de outros sectores da vida nacional, tudo o que respeita à FPF e selecções também anda a precisar de uma bela barrela.
Ontem contra a Albãnia a ser necessário ganhar, ama-se a equipa para não perder.
Tirando o Quim, jaga-se com 4 defesas, mais 4 médios e apenas com dois avançados.
Então a partir do momento em que os adversários ficaram reduzidos a 10, pouco se fez para melhorar o desempenho e as trocas foram de jogadores e não de agressividade.
Para completar o ramalhete, só começou a jogar com dois pontas de lança de raíz a 15 minutos do fim.
Quem viu o Belgica/Espanha terá visto o que é o querer ganhar e a forma de jogar em equipa, não a forma desgarrada de cada um jogar para si, para depois ser considerado o melhor pelo jornalismo luso.
ESpero que a equipa técnica aprenda depressa com todod os eros que acumulou ao longo desta breve carreira de apuramento em que estamos inseridos e os resultados comecem a aparecer.
Esperemos que tudo isto não passe de um sonho e que ainda possamos escrever e dizer que de facto tudo não pasou de um precalço de rota.
Temos de continuar a acreditar, mas também é preciso que quem está ao leme tenha a humildade suficiente para reconhecer o erro e rectificar a rota.

Cá esperamos.

Um abraço

EEBot.


De PB a 16 de Outubro de 2008 às 19:41
Queiroz tem algumas responsabilidades no inexito

possível explicação em

www.lateral-esquerdo.blogspot.com


De Simão72 a 16 de Outubro de 2008 às 16:44
Boa tarde a todos.
Eu sou benfiquista assumido, sempre que entro no estádio da Luz arrepio-me, sempre que vejo jogos do Benfica e oiço cantar o SLB , SLB , Glorioso, Slb fico arrepiado, não consigo ter este sentimento por mais nenhuma equipa portuguesa, seja em competições nacionais ou internacionais, a única excepção a este sentimento, e mesmo assim os arrepios que sinto ficam muito aquém dos que sinto com o SLB , é quando joga a selecção, e esta selecção do Carlos Queiroz deixa-me tudo menos arrepiado de emoção.
Infelizmente, o Carlos Queiroz vem confirmar uma coisa que sempre achei dele: Não é e nunca será um bom treinador principal, nem em nenhum clube e nem em nenhuma selecção.
Muito sinceramente, vejo que a qualificação para o Mundial 2010 está a um passo de ser uma miragem.
A selecção portuguesa sempre teve muito bons jogadores, alguns dos melhores que havia no mundo, o que acontecia muitas das vezes era não se conseguir criar um grupo devido às rivalidades clubísticas .</a> Esse foi o grande mérito do Scolari , conseguiu sempre criar um grupo unido, sempre, para o bem e para o mal era um só grupo. Hoje esse grupo não existe, e não existe não porque a razão seja as tais rivalidades clubísticas ,</a> mas porque hoje as rivalidades são individuais. Olhamos para a selecção e é cada um por si, cada a um querer mostrar ao mundo as habilidades que sabe fazer, a mostrar ao mundo que sozinho consegue resolver tudo. A ideia que tenho é que os actuais jogadores da selecção (com excepção dos mais velhos e não são muitos: Quim , Nuno Gomes, Paulo Ferreira, Ricardo Carvalho) têm consciência que representam uma das melhores montras do mundo do futebol, a selecção portuguesa, e é cada um a querer mostrar-se a ver se arranja o contrato da sua vida. O Carlos Queiroz não une o grupo como o Scolari , até porque em abono da verdade a ideia que tenho é que também ele é um vaidoso e está a querer mostrar-se como O seleccionador , mas a verdade é que ele nunca soube ler um jogo e continua a não saber, não tem tempo de reacção, e não sabe contornar os improvisos. Enfim, lá voltámos ao tempo das contas, em tempos por rivalidades clubísticas .</a> agora por rivalidades individuais.
Só mais uma observação, é inadmissível aquela reacção a um capitão, e por consequência um suposto líder, da selecção.
Esta selecção deixa-me muito a desejar, e então se compararmos com a chamada geração de ouro, esta está a milhas de distância de qualidade em todos os aspectos como profissionais de futebol, bastava só pensarmos o que cada uma das gerações ganhou nas selecções jovens para atestarmos da diferença substancial de qualidade entre gerações. A anterior geração tinha muito mais qualidade e personalidade.
Saudações Benfiquistas.


De OBSERVADOR ATENTO a 16 de Outubro de 2008 às 16:11
Caro Miguel,

O que aconteceu com a selecção nacional, ontem, não constitui qualquer surpresa. Bastaram 3 jogos para ver que a selecção volta ao seu estado normal, ou seja, trapalhadas e insucessos sempre com a mesma desculpa: falta de sorte. Ora bem, a história da selecção nacional diz-nos, claramente, que o problema nunca esteve na falta de jogadores de qualidade, mas sim na falta de liderança, seja da parte do presidente da FPF , seja dos sucessivos treinadores, com excepção de Scólari e por um curto período, talvez, Umberto Coelho. Portanto, quando se volta ao normal não há surpresas. OK? A organização de jogo as escolhas, as substituições a falta de motivação dos jogadores que vimos ontem são preocupantes e reveladoras da falta de liderança de Carlos Queirós. É bom lembrar que Carlos Queirós era adjunto no MANCHESTER UNITED , cargo que, apenas, exige bons conhecimentos de futebol do ponto de vista físico-táctico , passando ao lado do desgaste provocado pelas escolhas de jogadores da responsabilidade do treinador principal e verdadeiro quebra-cabeças dos treinadores. Também tenho simpatia por Carlos Queirós, mas, sejamos francos, o nosso sistemático provincianismo leva-nos quase sempre na direcção errada, até na política. Queirós, de facto, não tem curriculum " e não é pela situação de ter estado em Inglaterra como adjunto que passa a ser bom líder. Adjunto é adjunto. Não quero ser pessimista e desejo, como é óbvio, o melhor à selecção, mas lanço aqui um desafio aos benfiquistas: (Queirós foi abordado por Rui Costa no início da época) quantos benfiquistas trocariam, hoje, Quique Flores por Queirós?

PS: vai ser difícil igualar Scolari em resultados, porque não aparece facilmente alguém com a sua extraordinária capacidade de liderança, que fez, pela 1ª vez, da selecção o clube de todos nós.


De Miguel Álvares Ribeiro a 16 de Outubro de 2008 às 16:22
Boa tarde

Acho que tem toda a razão; além de ser um excelente líder, Scolari conseguiu a extraordinária proeza de fazer da Selecção de todos nós (bem ... de quase todos já que os amigos do Vítor nunca lhe perdoaram).

Um abraço


De GOSTO MUITO DE FRUTA a 16 de Outubro de 2008 às 16:03
"...assisti à segunda parte mas desejei estar ainda a sonhar, tão mau era o pesadelo."
Ó Miguel tenha calma, também não é pra tanto. Pesadelo é se o Benfica não for este ano, pelo menos, campeão nacional.
Gostaria de aqui registar a minha indignação para com o, por muitos considerado, "MELHOR JOGADOR DO MUNDO". Independentemente, de ser impressionante, o que o markting consegue fazer nos dias de hoje, considero o ronaldo o JOGADOR MAIS ARROGANTE, PROPOTENTE E MALCRIADO DO MUNDO. Para mim, são esses os seus principais atributos.
Ontem, mais uma vez se provou que Mourinho tinha razão. Vergonhosa a forma de como mais uma vez, O MELHOR JOGADOR DO MUNDO, se virou prá bancada e vomitou para o público, que ignorantemente o idolatra, o que ele realmente é. Um selecionador com nível, tinha a obrigação de o tirar nesse preciso momento, e obrigá-lo a vir a público pedir desculpa pelas suas ordinárias atitudes. O dinheiro não compra tudo e é uma verdade...Comigo, tão depressa não vestia a camisola.
Queiroz não tem mao nestes insolentes e maus profissionais e isso ficou bem patente ontem. Também não foi por acaso, que uma das condições pra tomar conta da selecção, tivesse sido o cumprimento do contrato na integra. Só não sei como irá aguentar...
O jogo de ontem, apenas teve um momento mágico: SUBERBO PASSE DO NUNO para o pés de quem não sabe mais.
Gostaria de fazer um apelo: QUIM, CARLOS MARTINS E NUNO GOMES, dediquem-se ao Benfica e borrifem-se na selecção.
Vá, agora tudo a votar na petição para o MELHOR JOGADOR DO MUNDO, aquele que ás vezes vos mostra o dedo e vos manda para o c........., para além de não jogar metade do que o markting vos diz que joga.



De Miguel Álvares Ribeiro a 16 de Outubro de 2008 às 16:10
Boa tarde

Pelos vistos não fui o único que achou que o Nuno Gomes deu outra vida àquele ataque e que teve pena de não ver Carlos Martins a criar jogo no meio campo.

Um abraço


De Miguel a 16 de Outubro de 2008 às 23:22
"Vá, agora tudo a votar na petição para o MELHOR JOGADOR DO MUNDO, aquele que ás vezes vos mostra o dedo e vos manda para o c........., para além de não jogar metade do que o markting vos diz que joga.
"

Quem é mesmo o defesa esquerdo titular do benfica neste momento? LOL


De GOSTO MUITO DE FRUTA a 17 de Outubro de 2008 às 10:23
Meu caro, vou dar-lhe a mesma resposta que lhe deram á dois postais atrás: não tenciono polemizar consigo. Mas uma vez sem exemplo:
O defesa esquerdo que lá está, não está por minha vontade e assim o afirmei em vários postais por altura das aquisições. Mas esse defesa esquerdo a que o meu amigo se refere, agiu da mesma forma que o Sr Lucho Gonzalez e principalmente o Sr Lizandro Lopez estão a reagir na sua casa. Possivelmente será a forma sul americana de mostrar o dedo e mandar o clube pró alho. No entanto, esperemos mais um tempo, até estarem completamente embuidos no espirito português. Ah! e o cebolinha? parece que anda a mostrar o dedo a toda a gente lá pelo balneário. Imagine quando ele souber dizer alho em portugues. Cebola e alho...que tempero. Ou irá ser destempero?
Caro Sr. Miguel, a sua função neste blogue é meter carvão. Desde já lhe agradeço pelos seus comentários circences, pois nestas alturas em que o campeonato está parado e a selecção apresenta este triste espectaculo, é voçe o cabeça de cartaz. Sinceramente, gosto de alguns dos seus numeros, pois fazem-me rir. Sejamos honestos e admitamos que nos dias que correm não é facil intrepretar essa nobre arte de ser palhaço. O unico senão, é que deveria arranjar um nome mais artistico:)
Cumprimentos e grato desde já pelos pequenos momentos de boa disposição que proporciona. Só uma questão:
Por altura do natal onde costuma actuar? ouvi dizer que este ano era na barraca que o sr.costa costuma montar para dar de comer aos pobrezinhos. Verdade?? bem haja por esse bondoso coração.


De Miguel a 17 de Outubro de 2008 às 18:08
Numa coisa concordo consigo, para ser-se palhaço é preciso ter classe. O Senhor não a tem, logo é só uma amostra de palhaço.


De GOSTO MUITO DE FRUTA a 17 de Outubro de 2008 às 18:35
Ainda por cima é pretensioso:)
Não lhe disse que tinha classe, muito pelo contrário:)
Apenas referi que a sua profissão não é fácil nos dias que correm.


De xelb a 16 de Outubro de 2008 às 15:31
Ao Queiroz agradeço desde já e muito:

Muito obrigado por não ter ido para o Benfica...


De Miguel Álvares Ribeiro a 16 de Outubro de 2008 às 15:35
Caro xelb

Não sei se Carlos Queirós chegou a ser verdadeiramente encarado como opção para o Benfica, mas também acho que fiámos muito melhor servidos.

Um abraço


Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds