Terça-feira, 27 de Setembro de 2011

António de Souza-Cardoso em 27/09/11 | comentar | 5 comentários

Estive no Dragão na passada sexta-feira. O Benfica esteve bem. Aguentou um Porto que não mostrou qualquer superioridade individual e colectiva. Emerson "calou" Hulk e julgo até que o Benfica se tivesse forçado o jogo depois do empate, sairia do Dragão com uma vitória.

 

Tinha dito aqui que num campeonato que se acredita seja apenas disputado a dois, os jogos entre eles podem ser decisivos.

E, apesar de ainda haver muito campeonato, o empate do Benfica no Dragão promete muito.

Até porque acrescenta confiança na nossa equipa e, ao contrário, hesitação e intranquilidade no F.C. Porto que fez uma vez mais, este ano, a aposta arriscada num treinador que ainda só foi adjunto.

E como os "Andrés Villas Boas" só saem de vez em quando, o mais certo é esta intranquilidade acabar com a mudança do treinador e uma revolução na equipa no mercado de inverno.

É um filme que já vimos, até no nosso Benfica, e que não augura nada de bom.

 

Hoje passamos para a liderança (com o surpreendente Basileia) do nosso grupo na Champions. Ganhamos bem a uma equipa romena bem organizada tacticamente mas sem o fulgor e a atitude que é necessário ter em provas deste gabarito.

 

O Benfica, sem deslumbrar, mostrou-se uma vez mais uma equipa mais estruturada e equilibrada que na época anterior. O empate em casa do Manchester United, apesar de mostrar um terceiro candidato - o Basileia, permite ao Benfica, por outro lado, sonhar com o 1º lugar do grupo o que, como sabemos, pode fazer a diferença toda.

 

Acredito (agora sim) que temos a equipa certa para vencer em Portugal e quem sabe na Europa.




Quarta-feira, 21 de Setembro de 2011

António de Souza-Cardoso em 21/09/11 | comentar | 8 comentários

Acho que o jogo de depois de amanhã no Dragão vem na melhor altura para o Benfica.

A possibilidade de termos vencido ao gigante Manchester United e a circunstancia de estarmos em igualdade pontual com o Porto depois do nosso rival ter perdido dois pontos em Santa Maria da Feira, dão ao Benfica a confiança e a superioridade psicológica que necessitamos.

 

A equipa começa a ganhar rotinas e a par da intermitência de opções pelo modelo de jogo, a verdade é que as novas contratações foram mais valias indiscutiveis que ajudaram a equilibrar a equipa e dar-lhe um lastro diferentes.

 

O Benfica faz lembrar na fluidez do seu futebol e na atitude que foi retomada em jogo, o Benfica de há dois anos que foi um justissimo campeão.

O ano passadp vi no dragão o inferno e o céu para o Benfica.

 

Para sexta-feira só espero um Benfica a "comer a relva" e a perceber que jogará taco a taco com o Porto (não me parece que haja mais nenhum candidato). E desta forma perceba que estes são pontos a dobrar e podem ser decisivos quando existem duas equipas, competitivas e a lutar por um único lugar.

 

O facto de James não jogar, para além de decorrer de um pena que só peca por ser escassa, não alterará significativamente o estilo e atitude do Porto - ainda para mais a jogar no Dragão.

 

Esperemos para ver, mas tenho a sensação que vamos ter uma alegria,

 

 

António de Souza-Cardoso 




Quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

Miguel Álvares Ribeiro em 15/09/11 | comentar | 2 comentários

 

Com a pequena surpresa de Rúben Amorim, a equipa do Benfica apresentou-se algo cautelosa na sua primeira partida da Liga dos Campeões, contra a forte equipa do Manchester United. Mas também o Manchester United mostrou que respeita o Benfica e entrou com muitos cuidados na sua organização defensiva.

 

Apesar de o Manchester United ter maior posse de bola, era o Benfica que atacava com maior perigo e o golo apareceu aos 24 minutos numa boa jogada de Gaitan, que desmarcou Cardozo com um passe longo. Cardozo dominou bem a bola, fintou o seu opositor enquanto se virava para a baliza e atirou de pronto, com o pé direito, para um golo de belo efeito.

 

O Benfica serenou com este golo e começou a controlar melhor o jogo, não concedendo grandes hipóteses ao adversário, mas numa distracção, perto do final da primeira parte, com Witzel a dar espaço e os centrais a serem um pouco passivos, Ryan Giggs criou uma oportunidade de marcar e não falhou.

 

Na 2ª parte o Manchester United entrou melhor e tomou conta do jogo, empurrando o Benfica para a sua área defensiva, mas sem criar grandes hipóteses de golo. O Benfica foi ganhando confiança e respondeu, criando boas oportunidades de marcar por Gaitan (grande defesa de Lindegaard), Aimar, Nolito e Emerson, mas o resultado não sofreu alteração.

 

Boa exibição global do Benfica, frente a um adversário muito forte, a mostrar que esta equipa ainda nos vai dar muitas alegrias. Rúben Amorim fez um bom jogo, ajudando nas tarefas defensivas mas também criando espaços no ataque, mostrando que tem lugar nesta equipa. Destaque ainda para os restantes atacantes: Gaitan, Cardozo e Aimar (e Nolito que entrou para o lugar de Rúben Amorim). Os sectores mais defensivos, sem comprometer também não tiveram grande brilho; excepções pela positiva para Maxi, Luisão e Javi e pela negativa para Witzel que jogou abaixo do nível a que nos vem habituando.

 

Não sendo uma vitória, o empate frente à principal equipa do nosso grupo mantém vivas todas as possibilidades de apuramento. Força Benfica!




Quinta-feira, 8 de Setembro de 2011

António de Souza-Cardoso em 08/09/11 | comentar | 5 comentários

O tempo, o sol e as férias têm destas coisas.

Planeamos regressar aos "relvados" do novo Benfica mas fomos "morrendo na Praia"....

Agora que o campeonato já acelera que vamos em segundo, ou melhor que estamos quase em primeiro e que passamos à fase de grupos da Liga dos Campeões tudo parece mais "colorido".

Até porque há Witzel, Nolito, Artur e até Emerson que também parece ser um reforço acertado.

Se Gaitan cumprir a exuberancia que promete, Cardozo não morrer parado e Aimar mantiver a jovem frescura do até agora, temos Benfica em todas as frentes. falta digo eu acertar bem na dupla de centrais e não variar demasiado o modelo de jogo.

 

Mas para já tudo vai bem ou tudo vai a 3 pontos de ficar bem.

 

E por isso cá estaremos sempre com a esperança em alta, para animar o Benfica a voltar aos dias de campeão.

Que são os únicos que devia conhecer.

Tentaremos manter a regularidade que as férias nos "roubaram" atrevendo-nos a pedir a todos a mesma participação do passado.

 

Vermelhas saudaçoes!




bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds