Terça-feira, 16 de Novembro de 2010

António de Souza-Cardoso em 16/11/10 | comentar

Depois do "Estado de Choque" o Benfica precisava de um impulso positivo.

 

E apesar da Naval ser lanterna vermelha a verdade é que nunca tivemos facilidades contra esta aguerrida equipa da Figueira da Foz e, para além da ausência importante de Óscar Cardoso, tínhamos as restantes mazelas do Dragão, com a indisponibilidade de Carlos Martins (que grande campeonato tem feito), Maxi Pereira e Luisão.

 

O jogo, ao contrário de outros, correu-nos bem. A Naval resolveu jogar e isso ajudou o Benfica que no modelo hibrido de jogo por onde tem variado desde a pré temporada, tem dificuldade em jogar com equipas demasiados fechadas atrás.

E o Benfica jogou bem. A começar por Roberto que começa a fazer defesas daquelas que poucos guarda-redes fazem - as que justificam o preço que custou.

 

Destaque também para Pablo Aimar - que grande jogo, enchendo o campo e só não marcando por manifesta falta de fortuna. Até Sálvio - que grandes pés, só precisa de tempo este jogador de equipe que me parece render mais encostado á direita. Até Nico Gaitan, finalmente liberto, a marcar dois golos de antologia.

 

Mas o momento certo para o Benfica, para a águia ferida na asa naquela pavorosa noite do dragão, estava reservada para os últimos minutos.

 

O Benfica é mistica e por isso vive e precisa dela. E quando Jorge Jesus (a lesão de Kardec ajudou, para não falar na de Cardozo) mandou aquecer Nuno Gomes, sentiu-se no Estádio da Luz aquele calor, aquela emoção que só sobressaem nos Clubes verdadeiramente grandes.

 

Nuno Gomes entrou nos últimos minutos de jogo. E vê-lo com aquela tempera e vontade de lutar que sempre teve, já foi um sinal.

O gaulês guarda-redes da Naval que até ali tinha sido o melhor jogador adversário em campo, não contava com tamanha determinação.

 

E por isso falhou naquele momento mágico em que Nuno Gomes se superou, tirando-lhe a bola  e ganhando força ainda para a empurrar para além do sonho.

 

Depois ergueu os braços ao Céu. Julgo que para agradecer e aplaudir o apoio de entes muito queridos.

 

E este fervor, esta emoção, passaram-lhe para o rosto e contagiaram-nos a todos.

 

E lembraram-nos que o Benfica precisa disso - da dedicação incondicional e da liderança que Nuno Gomes continua a demonstrar (veja-se a reacção de todos os jogadores).

 

É neste Benfica que é passado, presente e futuro, mas que preza os seus valores maiores, as suas memórias e os seus icones que me revejo.

 

Obrigado Nuno Gomes!

 

António de Souza-Cardoso




5 comentários:
De Rui a 21 de Novembro de 2010 às 23:46
Incrível como quando o benfica deixa de estar tão bem os comentadores deste blog são os primeiros a abandonar o barco e a deixar de escrever! Podem ser muito ilustres mas como benfiquistas deixam muito a desejar.

Parabéns a António de Souza-Cardoso por manter os seus comentários mesmo numa situação menos boa.

Cumprimentos,


De José Esteves de Aguiar a 22 de Novembro de 2010 às 14:21
Caro Rui:
Não costumo colocar comentários nos posts dos meus companheiros bloggers, mas como me sinto algo visado por este, não posso deixar de lhe responder.
Cada um fala por si, mas os meus motivos para menor assiduidade nada têm a ver com o nosso querido Benfica e sim com grandes alterações pessoais e profissionais pelas quais tenho passado nos últimos meses.
Tenho feito um esforço paa minorar as ausências, mas nem sempre tal tem sido possível.
Em todo o caso, não deixo de lhe afiançar que não abandonei o barco, nem tenciono fazê-lo, a não ser que tal me seja pedido por quem me convidou para nele "embarcar".
Um abraço,
José Esteves de Aguiar


De Miguel Ferreira a 16 de Novembro de 2010 às 21:56
António,

Concordo inteiramente com o post . O agradecimento foi inteiramente para o pai falecido há pouco tempo.

É talvez a minha grande crítica ao nosso treinador: não lançar mais vezes o Nuno Gomes. É que o Nuno Gomes não é, com todo o respeito, o Mantorras que o Jorge Jesus pôs de parte já o ano passado. Nuno Gomes está muito válido, como se viu neste jogo. É lamentável o Jorge Jesus não o lançar mais vezes, com o argumento de que ele é que sabe quem está melhor. Nós ao vermos o Weldon e o Jara a jogar como têm jogado, não podemos compreender estas opções.

Vejo Nuno Gomes, como o Inzaghi estava para o Milan (infelizmente lesionou-se gravemente). Para além da experiência e da mística que transmitem, tem ainda muita garra e muito futebol para dar. Pena que Jorge Jesus esteja a tratá-lo assim, e se assim é, mais valia para o Nuno ter saído, como fez o Raul no Real.

Um abraço.


De António de Souza-Cardoso a 16 de Novembro de 2010 às 23:36
Concordo com o que diz, Miguel. também eu sou um grande admirador de Nuno Gomes. Obrigado pelo comentário e participação.


De Baltazar a 18 de Novembro de 2010 às 16:02
Com aquele cabelo e a chorar a olhar para o Alto, só lhe faltava a barba para parecer Jesus Cristo!

Afinal talvez o Jesus seja um Judas...

O Messias está lá, mas não o deixam elevar o Benfica à glória eterna!


Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds