Domingo, 3 de Outubro de 2010

Miguel Álvares Ribeiro em 03/10/10 | comentar

 

Para quem ainda pudesse ter dúvidas, foram publicados 6 novos vídeos com escutas do processo Apito Dourado, no youtube:

 

1, 2, 3, 4, 5, 6

 

Como é que é possível, perante tudo isto, que os portistas continuem a idolatrar Pinto da Costa? Só se explica se considerarem que os fins justificam os meios e que esta é a única maneira de o Porto conseguir ganhar.

 

E como é que é possível que a justiça portuguesa deixe passar isto em claro? Cumplicidades documentadas nos vídeos dão boas pistas quanto a isso!

 

 




12 comentários:
De Francisco a 4 de Outubro de 2010 às 13:46
Curiosamente. Em vésperas de 2 jogos importantes, lá aparecem no youtube mais conversas com mais do mesmo. Ou seja. Nada.

É extraordinário como nos momentos certos, e em períodos de maior aperto do Benfica aparecem outra vez estas jogadas, com elementos de prova (que não serviram para condenar, por nada demonstrarem) usados em tribunal e que não deveriam ser do domínio público (vê-se logo que o Porto controla tudo..).

Estratégias conhecidas de quem desde sempre jogou baixo para tentar contrariar a falta de qualidade dentro do campo de jogo.


De Miguel Álvares Ribeiro a 4 de Outubro de 2010 às 14:07
Caro Francisco

Partindo do princípio que é sério e honesto, não percebo como pode dizer "mais conversas com mais do mesmo. Ou seja. Nada."!!!

O que lá está é bem explícito!

Como costuma dizer o povo, o pior cego é o que não quer ver e já percebi que o Francisco é um dos tais portistas que continuam a idolatrar Pinto da Costa, que acha que os fins justificam os meios e que esta é a única maneira de o Porto conseguir ganhar.

Cumprimentos


De Francisco a 4 de Outubro de 2010 às 23:37
Começando pelo fim.

As deduções que tirou sobre o que eu penso ou deixo de pensar, só se fosse capaz de me ler a mente. Não percebo como chegou a essas conclusões fantásticas. Eu, honestamente (aí acertou no seu diagnóstico) não consigo tirar nenhuma conclusão sobre si. Apenas 2 hipóteses, ou é ingénuo ou simplesmente pretende denegrir a imagem do Porto com as armas que tem. Seriamente não posso indicar como certa nenhuma dessas hipóteses.

Sobre as "novas" escutas. Fez-me perder cerca de meia hora a ouvi-las. E o que apareceu de novo ou relevante? Nada!

As conversas sobre o Augusto Duarte (acho que era esse) e o famoso Nacional-Benfica. Já são velhas, um assunto mais do que conhecido e discutido. O Benfica perdeu 3-2. E daí? Foi prejudicado? O painel de árbitros que avaliou a arbitragem desse jogo não teve dúvidas que não foi. Perdeu porque mereceu, como tantas vezes.

O Pinto da Costa é escutado a comentar sobre vários árbitros mimoseando-os com palavrões, e depois? Talvez tivesse as suas razões. Eram conversas privadas ao telefone. Eu também chamo nomes ao Sócrates, e nem o conheço! O que é que isso prova? Que esses mesmos árbitros tenham favorecido o Porto, não me parece.

As conversas com o Pinto de Sousa. São novidade? Não. Toda a gente no futebol tinha concerteza o número dele. A diferença é que não foram escutados.

Finalmente os juízes. São adeptos do Porto!!! Não sabia que os juízes gostavam de futebol! Está tudo comprado. E alguns até parecem amigos do Pinto da Costa. Deviam escolher melhor as suas amizades!

Por acaso algum deles julgou algum processo do Apito Dourado? Não me parece. Mas isso não lhe interessa, todos os outros também são portistas, e corruptos. A justiça está podre.

E já agora, por falar em justiça? Como é que essas escutas saíram cá para fora? Alguém que faz parte do aparelho da Justiça cometeu alguma ilegalidade, as escutas não deviam ser publicadas, acho eu. Mas isso também não lhe interessa, claro.


De Miguel Álvares Ribeiro a 5 de Outubro de 2010 às 00:22
Caro Francisco

O seu comentário só merece uma resposta, embora me repita, o pior cego é o que não quer ver.

Cumprimentos


De Carlos a 6 de Outubro de 2010 às 17:21
Caro Álvares Roibeiro, a sua indignação com a promiscuidade do bas-fonds do futebol, seria legítima se não esbarrásse num nome : Luís Filipe Vieira ! Não me vai querer convencer que este cadastrado, antigo peão de brega ao serviço do Pinto da Costa contra o Benfica (como é possível que seja agora presidente do clube ?) é um cidadão impoluto e não se envolve na promiscuidade do futebol !? Isto para não lhe falar do Vale Azevedo, que também é outro aldrabão, mas com a vantagem de não ser um homem violento como é o LFV. Quem tem 2 presidentes de clube deste calibre, não tem autoridade moral para vir dizer seja o que for sobre FCP ou PdC.
E tenho amigos benfiquistas, que pensam como eu e não apoiam o Benfica,enquanto este homem lá estiver a enriquecer à custa do clube e a proteger-se da jústiça.


De rui pereira a 5 de Outubro de 2010 às 22:36
Caro Francisco, tem razão quando diz que as escutas não serviram para condenar, queria apenas lembrá-lo que não foi por, como diz, "nada demonstrarem" (demonstram bastante na realidade), foi por não serem consideradas como meio de prova.
Em relação à sua divulgação, acho sempre muito interessante que haja pessoas que fiquem mais indignadas com o "insidioso crime" de divulgar as escutas, do que propriamente com os "inocentes actos" que elas amplamente demonstram.
Na verdade nem é de admirar, já que mesmo durante o processo Apito Dourado, convenientemente se discutiu mais a validade das escutas do que o seu conteúdo.
Quanto ao facto de usar a divulgação das escutas como prova de que afinal o Porto não controla nada, essa está boa.
Controlar a informação na net não está ao alcance de governos, quanto mais de uma qualquer organização.


De Francisco a 6 de Outubro de 2010 às 11:49
Sr. Rui Pereira.

Desculpe-me desiludi-lo, mas está enganado, da mesma maneira que muitos benfiquistas.

As escutas foram tidas como válidas nos processos que correram nos tribunais cíveis e da Relação. Apenas não podem ser usadas como meio de prova em processos do âmbito disciplinar.

Retire daí as conclusões que quiser.

Já agora, não sei se viram o Trio de Ataque de ontem? Se não o viram aqui vai o link http://ww1.rtp.pt/multimedia/progVideo.php?tvprog=17798&idpod=45484

Eu também não lavo a cara no bidé.


De rui pereira a 7 de Outubro de 2010 às 11:37
Caro Francisco, não sei onde está o meu equívoco.
O Sr. é que se equivoca, quando diz: "que não serviram para condenar, por nada demonstrarem".
As escutas demonstram, e muito. Não podem é ser utilizadas como meio de prova, por causa da moldura legal em questão. Ou seja, apesar de perfeitamente legítimas, não foram consideradas, por imperativos legais.
É quase como se tivessemos imagens de alguém a assaltar a nossa casa e não pudessemos provar a identidade do ladrão, porque uma qualquer tecnicalidade da lei inviabiliza as imagens como meio de prova.
Será que nesse caso apareceria alguém indignado com a divulgação de tais imagens?
Talvez o ladrão.
Foi o que aconteceu com as escutas, provam, mas não podem ser utilizadas.
Cada um indigna-se com o que lhe dá mais jeito.


De Francisco a 7 de Outubro de 2010 às 12:24
Caro Rui Pereira

Desculpe-me lá, mas não deve ter lido bem o que eu escrevi. As escutas foram consideradas válidas em tribunal. Foram ouvidas, analisadas e tidas como meio de prova. Mesmo assim PC foi absolvido.

Volto também a repetir. As escutas apenas não podem ser usadas em processos disciplinares como foi o caso do CD da Liga.

Para se fazer um julgamento, seja do que for, é preciso todo o contexto e não apenas uma parte.


De rui pereira a 8 de Outubro de 2010 às 17:06
Caro Sr. Francisco, diz o Sr. que as escutas foram tidas em conta em tribunal.

Não sei onde colheu essa informação. Se puder disponibilizar a sua fonte, ficar-lhe-ia muito agradecido.



De Francisco a 8 de Outubro de 2010 às 21:38
Caro sr Rui

Contacte algum advogado e saiba como se tem acesso aos acórdãos.


De Anselmo Damásio a 3 de Outubro de 2010 às 18:47
Dúvidas perante estas escutas e as outras que já conhecíamos não existem nenhumas.
Duvidas quanto à isenção dos tribunais em Portugal tenho muitas, mais parece que vivemos numa autêntica republica das bananas, em que os mafiosos e os chicos-espertos da nossa praça com meia dúzia de tostões e com a distribuição de géneros alimentícios vão alimentando uma corja corrupta de políticos, policias, advogados, juízes, árbitros, jornalistas, etc.

SAUDAÇÕES GLORIOSAS

P.S.: Hoje contra tudo e contra todos, mas a jogar futebol dentro das 4 linhas, vamos mostrar a essa gente a força do Glorioso que é simplesmente o Maior Clube do Mundo e ganhar ao braga.


Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds