Domingo, 6 de Julho de 2008

Júlio Machado Vaz em 06/07/08 | comentar

Escutei com a maior atenção as explicações do Senhor Presidente do CJ, não fazendo mais do que  minha obrigação, de resto! Não me debruçarei sobre os aspectos legais, a sua opinião diverge claramente das expressas por três especialistas em Direito Desportivo. Mas um facto me chamou a atenção, e admito que se trate de deformação profissional de psiquiatra - apesar de ter dado a palavra a toda a gente, um Magistrado descreve requerimentos que punham em causa os seus procedimentos como "actos de vingança"! Fiquei estarrecido... Se o Presidente os tivesse descrito como ilegais, cá teria o ignorante sido obrigado  a esperar por outras declarações e a telefonar aos amigos com paleio angustiado à moda do Porto - "Ó pá, sou um mísero médico, tu é que sabes de leis, que me dizes, carago?". Mas não, o senhor fulmina os colegas com o diagnóstico de obcecados por intuitos de vingança pessoal:(. Todos? Alguns? Os suficientes para recear perder as votações? Desde quando se varre contestação processual num órgão colegial pelas motivações psicológicas que lhe é atribuída? Ou seja: no ambiente bem menos formal e exigente de uma reunião das minhas equipas profissionais, e perante o desacordo expresso por um dos técnicos quanto a uma directriz por mim defendida, eu não deveria ouvir os outros, reflectir sobre a argumentação apresentada, avaliar se ainda mereço dos meus pares o respeito - e não medo... - que permite uma liderança credível, mas decretar que o desacordo traduz rancor pessoal vertido em procedimento vingativo. Assim é fácil, caramba!, se concordam tudo bem, se não... amuo,  vou-me embora e digo que não havia condições para decidir com isenção. Depois de eu próprio ser culpado de um evidente processo de intenções?????? Inacreditável.

Amanhã, Gilberto Madaíl terá uma escolha a fazer, por mais assessores jurídicos que escute: tornar-se o balão de oxigénio de uma forma de estar no desporto português que  torna este motivo de estranheza,  chacota e desconfiança por essa Europa fora; ou surpreender-me - admito-o sem problemas! - e por uma vez separar as águas em vez de apenas e melancolicamente nelas boiar ...    




27 comentários:
De ohomemquecopiavamal a 6 de Julho de 2008 às 23:55
Notícia da Rádio Renascença:

“O Futebol Clube do Porto vai reclamar junto do Tribunal Administrativo por considerar ”aberrantes” as decisões do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol FPF ), que ditaram a perda de 6 pontos.”

Então o FCP não recorreu da pena da subtracção de seis pontos e agora invoca as decisões “aberrantes” do Conselho de Justiça “que ditaram a perda de seis pontos”?


Isto vai meus amigos, isto vai…


De GOSMA a 6 de Julho de 2008 às 22:19
Aqui à uns anos o Queiroz bateu com a porta e disse que a federação precisava de ser varrida. Nunca houve limpeza e o lixo foi-se acumulando ao longo destes anos todos. Agora quer voltar numa altura destas...é estranho?? será que ele sabe alguma coisa? será que é desta que vão limpar o lixo todo?


De marley a 6 de Julho de 2008 às 21:43
Qual Estorilgate? Refere-se ao Estoril/Benfica no Algarve ou ao Estoril/Porto em Torres Novas?
SE FÔR AO YOUTUBE ESTÁ LÁ O JOGUINHO PARA QUEM QUISER VER E O PORTO GANHOU POI 3-1(18ª JORNADA). Mas aí pode ser não é verdade? Não há mal nenhum......
Santa paciência!...


De manuel silva a 6 de Julho de 2008 às 20:30
E já agora depois da limpeza no futebol, sigam para a politica..., e Portugal ficará num paraíso!!!!!


De Sergio a 6 de Julho de 2008 às 18:58
Esta farça vai directamente para o livro do Guiness como o episódio mais ridiculo/vergonhoso/inacreditável da história do futebol mundial.

Segundo o Presidente do CJ. o impedimento do conselheiro João Abreu só é valido nos casos especificos do Pinto da Costa e do Boavista porque foram os únicos a requerir o impedimento. Ou seja, se o Boavista não tivesse feito um requerimento não havia problema com o conselheiro! Fantástico.

Já para não falar que os recursos só foram avaliados, ou melhor, só alegadamente foram avaliados no último dia antes do sorteio da Liga! Melhor que isto só mesmo marcarem uma reunião para segunda-feira no meio das bolas do sorteio...

O sistema está mais forte que nunca!

Onde está o Madail??? O secretário do desporto?? O Sócrates??? Que mediocridade grassa em Portugal...

Eu propunha encher os estádios na primeira jornada da Liga com camisolas e faixas negras.

A verdade desportiva está morta e enterrada.


De SR Milhafre a 6 de Julho de 2008 às 18:49
Calma, esperem pelo ESTORILGATE, que é o próximo capitulo, não atirem os foguetes antes de tempo!!!!


De anticorruptos a 6 de Julho de 2008 às 20:33
Alegar Inocência? Não... qual quê!

O que vale aos CORRUPTOS ASSUMIDOS é dizer que o Platini é corrupto, que o Benfica é corrupto, que os vogais do CJ são corruptos, etc...

É tudo contra eles... pena que se tenham assumido CORRUPTOS!!!


De José a 6 de Julho de 2008 às 21:47
Sr. Abutre...

Vamos a ele... E depois verá o quanto ingénuos são os meninos de coro do SLB... Para essa recordo-me apenas de um V. Setúbal*Benfica nas Antas... será????


De Zé Marafado a 6 de Julho de 2008 às 16:57
A cena da CJ da Federação revela bem ao que chegou o futebol.
Num órgão colegial, o Presidente, que não está ali por mero acaso, conta as espingardas e conclui que o lado oposto ao que ele defende tem mais uma e vai daí expulsa um para que se forme a maioria que lhe convém, por sinal coincidente com os interesses do Pinto da Carolina e do outro clube da cidade invicta.
Todos ficamos a saber a cor do Presidente.
Dos outros, só conheço de vista o Dr. João Abreu, o tal que o Presidente quis afastar da decisão.
Advogado numa cidade da margem Sul do Tejo, nunca me constou que coma à mesa de qualquer clube, ou que se pessoa para ser "pau mandado" de quem quer que seja, dizem que é simpatizante do SCP , mas sem ligações próximas a esse clube, terá sido indicado pela Associação de Futebol de Setúbal.
Ou seja, parece que estará na CJ como jurista e não para exercer qualquer outro papel, que será pessoa isenta e sem dever favores aos indirectamente beneficiados com a certificação como corruptos do /Pinto FCP .
Agora resta esperar pelas consequências, mais um ou dois anos de confusão, com acções nos Tribunais Administrativos e uma imagem negra no exterior, não se excluindo a hipótese da UEFA dar um murro na mesa e não admitir os clubes portugueses e a selecção em competições internacionais até que existe um sistema de justiça desportiva credível.


De ohomemquecopiavamal a 6 de Julho de 2008 às 23:02
Caro Zé

Já pensei na hipótese da UEFA impor um ano sabático ao futebol português. A ser assim que se tirem as devidas ilações. Tudo é preferível a continuarmos nesta impunidade, subjugados ao poder de um “papa” que nada tem de santo.


De Algarviu a 6 de Julho de 2008 às 16:30
Li algures que o futebol português mais que de juristas está sobretudo a precisar de psiquiatras.
O doutor não esta disponível para dar uma mãozinha?


De necas a 6 de Julho de 2008 às 15:51
Pessoalmente existem 2 soluções para acabar de vez com estes casos.

1º- A Uefa aplica a suspensão durante 1 ano a todo o futebol portugues. Isto quer dizer que nenhuma equipa e selecção participará ness epoca ns várias competições.

2º O governo deve organizar e clarificar as regras do futebol profissional para que o futebol continue a ser um estado dentro do próprio estado. Mas para isso tem que proibir a promiscuidade entre politicos e dirigentes desportivos.


De JS a 6 de Julho de 2008 às 17:00
Caro necas, concordo. A sua visão e uma visão de futuro. O futebol português precisa de voltar ao ponto zero.

E isso, só será possível se existirem 2 condições:

1- Serem afastados os pintos da costa, reinaldos teles, valentins, gonçalos pereiras, andreias coutos, laurentinos dias, madails, que minam o futebol português e conseguir-se desmantelar toda a máfia (não esquecer o oliveirinha, o jorge mendes e outros empresarios que fazem o que querem e ganham fortunas).
E aqui, também os filipe vieiras, paulos gonçalves, soares francos, etc.. devem sair porque são mais do mesmo, o futebol português precisa de uma verdadeira renovação.

2 - Existir uma geração de novos dirigentes, profissionais que separem os clubismos e não façam do ganhar sem olhar a meios uma forma de vida.

Infelizmente, não vejo que 1 e 2 sejam possíveis.
Por isso, resta-nos lutar contra as grandes causas deste cancro: a máfia de pinto da costa, valentim e companhia. Por sorte, ainda há pessoas como os 5 membros do CJ que não se deixaram intimidar pelo Mugabe português, coisa nunca vista.
Mais uma vez, os mestres da mentira, do sistema, tentaram dar o golpe. E, para mim, vão conseguir. Porque há sempre um artigo juridico que lhes dá a mão. Porque há sempre um amigo bem colocado.

Quando ao post do Julio Machado Vaz, brilhante e incisivo, como sempre.


De Glorioso a 6 de Julho de 2008 às 19:55
Afastares os nomes e deixar tudo na mesma é adiar o problema, daqui a uns anos estará tudo na mesma. Ou então podemos seguir o exemplo Italiano, punir exemplarmente e criar regras para que tudo não se repita, mas não pode ser na Liga ou Federação, tem de ser superiormente alguém que imponha ordem na corja que rege o futebol.


De JS a 6 de Julho de 2008 às 21:51
Certo, tens razão. Eu estava a competar o comentário do necas que já refer a questão das regras e reorganização.

O ponto fundamental é: regras claras (nada destes labirintos criados por adrianos pintos, lourenços pintos, guilhermes aguiares, etc) e punições exemplares por um organismo autónomo.

Só uma sombra: esta País não está preparado para isto, basta ver o que se passa com a inJustiça portuguesa a todos os níveis.


De Zaca a 6 de Julho de 2008 às 20:03
o meu receio é esse

que durante os próximos 5 anos nem clubes nem selecções possam participar em provas internacionais


De Anónimo a 6 de Julho de 2008 às 15:49
Terralimpa

Caro Prof.

O país é tão pequeno e os cargos são tantos que há necessidade de nomear para todos eles as mesmas pessoas.
Só estes garantem uma transparência e uma aplicação de justça que defenda os interesses nacionais.
É triste vermos que sistematicamente, tem de ser nomeado um caramelo qualquer para desempenhar um cargo onde aparece como especial interessado um major ou o grupo que representa o clube a cidade e o norte.
Sou nortenho, não, nordestino e não me vejo reresentado por esta sucia.
Parece que o negócio dos electrodomésticos tem boa aceitação para essas bandas.
Os sistemas mais vendidos para as bandas do Porto são as caixas de eco, pois a sua difusão é feita em grande estilo.
Já não há pachorra para ouvir o sarcasmo do Padreco das Caldinhas.
Pode continuar a representar o FCP, pois segundo parece estão bem uns para os outros.
Podem nomear os representantes que quiserem, mas para o controle no seu estádio, para a compra de combustível para pôr o dragão a botar chama pela boca, para controlar o crescimento da relva, para instruir as suas juventudes para acções de diversão e de destruição de bombas de gasolina, mas vamos ter de fazer força para que não apareçam em órgãos de decisão.
É tempo de a FPF, espelho da bagunça que grassa no meio desportivo seja metida na ordem por quem de direito.
É tempo do Secretário de Estado do Desporto despir a camisa de forças em que está metido e das duas uma:
-Ou se demite
-Ou actua.
Não venham falar de independência das instituições, pois a prática que tem imperado é de uma dependência (de alguns) atróz.
Será por medo, ou porque tem qualquer apendice preso nalgum lado?
Será que o tacho está grudado e não permite que saiam dele?
Será o pagamento de favores em tempo feitos que lhes tolhe os movimentos?
São estas as perguntas que as pessoas honestas e sérias que ainda há neste país fazem a elas próprias.
Mas também tem que se meter no mesmo saco os juízes de futebol, (árbitros e componentes das várias comissões disciplinares da Liga e da FPF)
pelo facto de serem juízes julgam-se acima de toda a verdade e o recurso ao chavão de errar é humano, já não serve para nada, pois a quantidade de vezes que eles erram e sempre para o mesmo lado até prova que deixa de ser humano e passa a ser premeditação.
Quanto à atitude do presidente da C.D. da Federação, só se pode aplicar o povérbio de " PELA ARAGEM SE VÊ QUEM VAI NA CARRUAGEM".
Prof. parabéns pelo seu trabalho.
Nunca seremos demais a denunciar as arbitrariedades e prepotências de uns tantos.
Saudações de sã convivência social, cultural e desportiva.

Terra Limpa



Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds