Sábado, 3 de Abril de 2010

Miguel Álvares Ribeiro em 03/04/10 | comentar

À falta de argumentos dentro de campo, os últimos tempos têm sido pródigos em movimentações fora das 4 linhas.

 

Em termos cronológicos a primeira foi a demissão de Fernando Gomes da SAD do Porto, preparando o terreno para a sua candidatura a presidente da Liga. Não conheço a pessoa em questão, para poder com seriedade fazer qualquer tipo de juízo sobre a sua capacidade para gerir com imparcialidade a Liga, mas a forma como o processo foi conduzido e o historial da actuação do Porto nestes domínios só pode deixar-nos a todos muito desconfiados.

 

A segunda terá ocorrido na reunião do CJ da FPF. A chamada de atenção encontrei-a no blog de António Boronha (que frequento com assiduidade e recomendo aos interessados no fenómeno desportivo) e remete para um artigo do Correio da Manhã.

 

Resumindo, afirma que

Finalmente, na passada 3ª feira ocorreram quase em simultâneo 3 entrevistas televisivas de pessoas ligadas ao futebol.

 

Ainda por ordem cronológica, a primeira foi também a mais fraquinha. Pouco incisiva, Judite de Sousa permitiu que o seu presidente se refugiasse nas habituais tiradas supostamente irónicas sem o confrontar com as suas próprias incoerências. Apesar disso, mesmo para quem, como eu, não gosta do seu estilo, Pinto da Costa apresentou-se claramente abaixo do habitual, limitando-se a umas “boquinhas” típicas do mau perder portista. Sem o anúncio da sua recandidatura à presidência do clube, a entrevista seria praticamente vazia. Uma das supostas “revelações” de Pinto da Costa seria mesmo desmentida logo a seguir por Ricardo Costa, na última das entrevistas, e mais tarde pelo próprio Hermínio Loureiro.

 

Apesar de entrevistado por um jornalista com um estilo muito aguerrido (para não exagerar na adjectivação) e assumidamente portista, Luís Filipe Vieira saiu-se bastante bem, adoptando uma postura muito mais resguardada e institucional do que lhe era habitual. Devo, no entanto, reconhecer que neste momento a sua posição é bastante confortável, dado o bom momento desportivo que a nossa equipa atravessa. Para comentar a sua performance posso recuperar a primeira das minhas crónicas deste ano: “Ao longo da entrevista sobressai a noção de que, depois de um período de recuperação da credibilidade da instituição Benfica, deixou de haver alguma ingenuidade e improviso na gestão desportiva. Para além de se notar uma visão estratégica para o posicionamento do clube no sistema desportivo nacional, vê-se que há um rumo definido, assente numa definição da política desportiva e num trabalho de organização e planificação rigorosos.”

 

A única crítica importante que faço a LFV nesta entrevista prende-se com o protagonismo que assumiu relativamente a algumas decisões tomadas e a naturalidade com que assumiu curto-circuitar decisões que deviam ser da esfera de competência de Rui Costa. Mesmo que tenha tido sido ele a assumir algumas decisões e mesmo que tenha sido contra a opinião de Rui Costa, devia guardar para o interior da sua equipa dirigente o crédito sobre estes sucessos, sob pena de minimizar (ou, no limite esvaziar) o papel de Rui Costa na condução do futebol profissional.

 

Finalmente, e vou ser breve que o post já vai longuíssimo, esteve muito bem Ricardo Costa (muito bem secundado por Ana Lourenço, que mostrou neste caso estar bem preparada e conseguir a melhor entrevista), demonstrando franca capacidade para explicar as decisões tomadas e deixando bem patente que na justiça desportiva é um caso à parte por não decidir como os demais, que olham antes do mais à cor dos clubes envolvidos.




2 comentários:
De Dylan a 7 de Abril de 2010 às 00:28
Costuma dizer-se que mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo. Serve isto para referir que o ex-presidente da Liga Portuguesa de Futebol desmentiu categoricamente Pinto da Costa ao negar que a sua demissão tivesse a ver com a permanência de Ricardo Costa à frente da Comissão Disciplinar da Liga. Indirectamente, Hermínio Loureiro foi solidário com Ricardo Costa, indignado com a decisão inquinada do Conselho de Justiça da Federação ao equiparar Assistentes de Recinto Desportivo a público! Farto de desmandos – inclusive por regulamentação aprovada pelos próprios clubes, no caso dos castigos a atletas do FC Porto -, farto de juristas de algibeira que não despem a camisola do seu clube, farto daqueles que se aproveitam de vazios legais para contornarem a justiça criminal e desportiva, decidiu bater com a porta provocando forte eco. Mas como se trata de uma guerra sobre o domínio do poder futebolístico, temo que a candidatura de um ex-administrador de uma SAD à presidência da Liga seja o regresso aos túneis intimidatórios e aos balneários pestilentos.


De OBSRERVADOR ATENTO a 4 de Abril de 2010 às 14:01
Caro Miguel,

Aqui está um post que todos os benfiquistas deveriam ler. Sem dúvida que o jogo fora de campo está animado. Por aquilo que se vê, o regresso do velho "sistema" está a mexer, e o Benfica não pode dormir, já que, ao que parece, Hermínio Loureiro sai pela porta pequena, apesar da lufada de ar fresco que deixou, e Fernando Gomes, uma das figuras das escutas do APITO DOURADO, em que aparece a autorizar o pagamento do hotel da "fruta para dormir", está lançado para conquistar a LIGA. Ouvi Vieira fazer elogios a este senhor e fiquei preocupado, porque este é um campo em que LFV tem muito que aprender. Espero para ver o que acontece, no momento em que a FPF perdeu o estatuto de utilidade pública e Madaíl faz o que sempre fez. Se se confirmar a regresso do "sistema" temos direito à indignação e mais que isso à revolução se os poderes públicos fingirem que não é nada com eles. Quanto à decisão do CJ nem vale a pena perder tempo, tal a vergonha e falta de consistência dos fundamentos. Eu tiro o chapéu ao Dr. Ricardo Costa pela coragem e competência reveladas.
Parabéns Miguel Ribeiro e saudações benfiquistas


Comentar post

bloggers
António de Souza-Cardoso (perfil)
Bruno Carvalho (perfil)
Eduardo Sá (perfil)
José Esteves de Aguiar (perfil)
Miguel Álvares Ribeiro (perfil)
Paulo Ferreira (perfil)
Pedro Fonseca (perfil)
Raul Lopes (perfil)
visitantes em linha
posts recentes

Temos Benfica!

Venha o Porto!

As grandes noites europei...

Estamos outra vez de Volt...

Não podemos ficar a "boia...

mais comentados
429 comentários
295 comentários
280 comentários
253 comentários
últ. comentários
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
Quem é o melhor guarda-redes do Benfica depois de ...
MiguelAgradeço a participação, sempre oportuna e c...
Meu Amigo Está engana. fomos nós, sem apoio ou ace...
arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds